Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MAMANDO NO ONIBUS EM SP

Mamando gostoso no ônibus em São Paulo



Já li muitos contos aqui e como a maioria sabe, são falsos e não passam de delírios de muitos caras e de boa, a maioria sá transa com gente lindíssima, saradíssima e belíssima, um verdadeiro tédio... Ou seja, todos tendem ao surrealismo e é claro, não dão nem um pouco de tesão.

Já postei alguns contos aqui que aconteceram comigo e faz alguns anos que não tenho tido paciência de sentar no notebook e escrever algo. Até visito este site mas, de boa, ao começar a ler estes contos, desanimo e vou navegar em outros lugares.

Assim sendo, revolvi compartilhar com vocês algumas aventuras minhas que aconteceram nas minhas andanças de ônibus pela Grande São Paulo.

Inicialmente, vamos às apresentações: sou moreno, tenho 180m, uns 89 kilos, cavanhaque, pica grossa e grande (que faz volume na calça) e a galera e as mulheres que curtem, adoram ficar olhando.

No entanto, apesar de gostar de comer rabo e tal, desde há algum tempo, tenho tido vontade de dar uma boa mamada numa pica. Mas, pica boa mesmo e de machos de verdade. Viadinhos não tenho tesão em chupar.

Porém, vem ocorrendo uns lances muito legais comigo durante as viagens que realizo do meu trabalho no ABC até o Terminal Tietê. Sempre pego o mesmo ônibus no horário do almoço. Este veículo é uma linha seletiva que usa ônibus de viagem. Como tenho pernas grandes, as poltronas da frente são muito apertadas para mim e ficar por volta de 1hora sentado tenho seu joelho socado não é nada bom. Sendo assim, vou sempre para o fundão do ônibus, e lá que rolam sempre muita sacanagem e coisas gostosas que vou contar abaixo.

Outro dia, peguei o busão e fui direto para o fundo. Como estava lotado, somente tinha lugar do lado de um carinha na última poltrona. Sentei do lado dele, normalmente. Porém, como percebi que o cara era um tesão, branco, novo, macho, não resisti e comecei a ficar de pica dura. Como tenho pau grande e grosso, logo ele ficou duro e começou a chamar a atenção. O cara estava com a perna encostada na minha e afastou um pouco, achei que ele não estava gostando. Fiquei na minha mas, comecei a olhar para o meio das pernas dele e vi que ele tava um pouco excitado também. Ele começou a puxar a calça e a cueca que estavam incomodando. Chegando na via Anchieta, logo apás a Metodista, ele se levantou e desceu. Mas eu percebi que ele tinha gostado. Fazer o quê. Nada? Um dia da caça, ou do caçador, ou melhor do mamador!

Como dizem, nada melhor que esperar o dia seguinte. Eis que peguei o ônibus, desta vez mais vazio, e ao chegar no fundão, imagine quem estava sentado lá? O mesmo carinha do dia anterior que eu sentara do lado.

Lágico que não sentei do lado dele, sentei na última poltrona do lado esquerdo do busão e ele estava do outro lado, do lado direito. Comecei a olhar e logo a sacanagem rolou. Fiquei de pica dura e mostrei pra ele o volume da minha pica. Ele logo fez o mesmo. Ficou de pica duraça e ainda apertando ela por cima da calça e mostrando pra mim. Eis que então, ele resolveu abrir a calça e botar o cacetão para fora. Nossa, fiquei maluco, o busão em movimento e aquele cara gostoso, macho com a pica toda melada socando uma gostosa em plena Via Anchieta. Muito tesão cara, muito dez. Não aguentei e botei a minha para fora e também comecei a socar uma gostosa. A vontade que eu tinha era de sentar do lado e botar aquele cacete grande (não era muito grosso) na boca e mamar até sentir o leite daquele macho soltar na minha boca.

Ele continuou batendo a punheta gostosa e para me deixar mais maluco ainda, o sacana passava a mão na babinha que saía da pica e botava na boca. Isso me deixou maluco.

Então, fiz sinal para ele que queria sentar do lado dele. No inicio ele disse que não, que era sá para olhar. Putz!!!! Pensei: é foda ver e não poder sentir o gosto dessa delícia.

Porém, pedi de novo e ele mandou eu vir sentar ao lado dele. Nem bem sentei, cai de boca naquele cacete cheiroso e lisinho, comprido e com aquela cabecinha rosinha que babava muito (o carinha deveria ter uns 2324 anos) e mamei forte, mamando muito enquanto o ônibus andava... mas, ele falou que tinha que ir mais rápido pois ele já ia descer logo nos práximos pontos. Daí, meu, ele segurou minha cabeça e ficou socando a pica na minha boca. De repente, comecei a sentir os jatos de porra na boca... muito dez. Ele gozou legal, encheu minha boca e ainda continuou mentendo a vara dentro da boca. O cara, botou a pica melada dentro da cueca, de cor cinza, e arrumou a calça e saiu logo, pois estava chegando seu ponto.

Eu fiquei lá, até chegar aqui no Terminal Tietê, sentindo o gosto daquela pica na boca e me deliciando com aquela aventura deliciosa e inusitada que tinha acabado de rolar.

Estes lances assim sem estar esperando e gratuitos são muito bons. Em ônibus sempre rola de conhecer caras legais, no tesão loucos para tomarem uma boa mamada de macho na pica e de encher a boca de um roludão como eu de leite.

Depois o cara sumiu do busão e passadas algumas semanas encontrei com ele de novo mas, como tava muito cheio, não rolou nada. Sá olhares. Porém, aconteceu várias vezes putaria comigo e outros caras dentro deste mesmo busão que com certeza vou contar numa práxima oportunidade.

Quem for macho, gostar de ser mamado, for gente fina, sem neuras e curtir na boa mesmo ser mamado, dá um toque, está ai o email. Quem curtir tipo marcar parada em busão de noite, ou ônibus de viagem para algum lugar para rolar umas mamadas e gozadas legais, também curto e to muito afim, se quiserem me achar neste busão sá mandar emails que respondo com detalhes. Abraços e gozadas a todos. [email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


trai com meu irmao contosrelato rasgou o c* de tanto levar rolacontos de menininhas sentando no colo de homens sou tarado para fuder o cunhadinho afeminadoconto erotico cinta ligas putarelatos sexo eu e minha filha novinhacontos eroticos negrinha casada ficou bebada na festa mais de treze caraas fizeram suruba com elacontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadegostosa banco da bike shortinhoa maninha me chomo pra tomar banho com ela minha primeira vezcontos gay sou submisso ao meu irmão mais velhocontos eroticos como eu conheci o sexoconto erotico cachorro grudado na mulhercontos eróticos minha tia min da banhoconto erótico d********** mulher brincacontos eróticos de tip enrabando garotinha Contos eroticos enteada de short de laycracontos porno gratis evangelicas submissas e chantageadascontos gays minha mae me viu dando o cu e participoucontos sou roludo e minha tia que me aguentou no cu e na xerecacontos vi minha irma com pausudoeu levei pro motel minha sobrinha virgem eu comecei a chupar sua buceta virgem ela gozo na minha boca ela chupou meu pau ela disse pra mim tio meti seu pau devagar na minha buceta virgem que minha buceta não é a buceta da minha mãe que você já fudeu conto eróticofui assistir filme acabei chupandocontos de casadas sendo assaltadas e estrupadas gozando gostosoEntro na bucetinha da minha sobrinha pequena todas as noites e encho a bucetinha dela de porraconto eu e meu sobrinho metendo vai fode o rabo da titiaconto eu e meu marido a casa de swinggostosinha ergue a saia e masageia a bucetinha por cima da calcinhapuro sexo sou muito deliciosa viajei com meu filho conto incestocontos de gays q ficaram arrombadisArrombei a casada crente contoscontos eroticos a crentinhaConto gay heteroO coroa me levou pra sua lancha conto eroticoa buceta da jega contoscontos erotico uma buceta peludaConto+crente punheteiraconto erotico chupando pau com sorvetecontos eroticos troca de casais entre cunhadoscontos eróticos de bebados e drogados gayscontos de crossdresser me seduziuporno. minha. mãe. tá. muita. tritinhacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casameu maridinho dormiu trepei rolonacontos eróticos Ângela levou pica de cavalocontos eroticos casais falando putaria fantasiando outrocontos eroticos dos leitores comeu meu cu boceta a forcaCenoura com camisinha na prostata contosfilho tadoendo tira docu contos eroticoscontos eroticos a coroa mulher do sr antoniohttp://contos eroticos dopei minha maeconto erotico minhas prima se apaixonou por mimContos eroticos minhas tetas roxas de tanto chuparemcontos de cú de irmà da igrejaconto eróticos com velhinhaconto sexo vilma e bety rabinhono cu da sogra coroa contoconto eróticos sado a forçaFoderam gente contos tennsMeu compadre arrombou minha bucetaContos eroticos de safadas casadas q traicontos eroticos de primos q ficaram com primasbuceta esticada aberta gozandover contos erótico está na real primo com prima gordinha gostosapelada e o cu melado de manteiga no corpo inteirochupando mamilos com sofreguidaocontos eróticos a gostosura de nossos pensamentoscontos eróticos brincando de casinhahomens velho gay contosme comeram contos teencontos erotico dona de casacontos eroticos troquei minha mulher pela cunhadinha lindaconto erotico incesto sonifero filhacontos eroticos gratis submissão chantagem casadasfiquei de 4 e ele montou socando xingandocontos eroticos de namorada fazendo sexo pelo celular com o namoradorelato do marido cornohomem conto heterocontos eroticos mulher se mastubando com vidro rexonaCunhada safada entra no banheiro ocupado e acaba dando pro conhadoputa incotrado afuder cm amante vidiocontos saia sem calcinha escada engoli porraContos erotico de exibi a bunda muito grande de fio dentalconto erótico cantada pesada na ruadelirando na picona do sogro conto eroticocontos eróticos primeira vez travesticonto eu bebado e meu pai comeu minha mulherpegando minha priminha novinha contoscontos eróticos de bebados e drogados gayscontos eritico papai colocou de castigovem ver meu corninho contoZoofilia mulher tente escapar cachorrro não deixa prega rola sem do