Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESTAVA DE CALCINHA... E ELE VIU!!!!

Oi, meu nome é Bruno, tenho 26 anos, moro em Ipatinga, MG. Sou branco, 1,68, 66 kg, rosto bonitinho, tenho cara de mais novo. Corpo sem pêlos e, cá pra nás, uma bundinha que dizem ser muito gostosa.



Sempre tive tara por usar calcinhas, quando menor melhor. Fico horas no espelho experimentando e tirando, imaginando um macho tirando minha calcinha e alisando meu bumbum. A histária que passo a narrar aconteceu há uns 2 meses.



Sempre jogo futebol aos sábados com uma turma de peladeiros aqui em Ipatinga. O jogo começa por volta das 3 da tarde e 4 e meia já acabou. Sempre tenho a prática de ficar conversando com o pessoal, despistando para todo mundo sair e eu poder trocar de roupa sozinho no vestiário. Isso porque sempre trago comigo uma calcinha pequena pra vestir depois da pelada. E assim aconteceu neste dia.



Como todas as vezes, esperei todos saírem, tomei meu banho, enxuguei o corpo e vesti minha calcinha, pretinha, que fica linda na minha bundinha branquinha. Vesti uma camiseta e estava colocando a bermuda quando, de repente, o Marcelo entrou de uma vez no vestiário. Minha reação foi imediata, subi a bermuda rapidamente. Mas fiquei com a certeza que o Marcelo viu. Ele foi discreto, falou que tinha esquecido a chave de sua moto, pegou e saiu.



Marcelo era um cara totalmente normal (era o que eu pensava até então...). Da minha altura, rosto bonitinho, magro, com uma barriga de tanquinho de jogar futebol. Éramos bons amigos. Desde o acontecimento no vestiário que sempre que pensava nele ficava louco de tesão. Vestia calcinha e shortinho, tirava e batia uma punheta pensando nele.



Foi numa terça feira à tarde que a situação esquentou. Tinha ido até o centro de Ipatinga e deixei o celular em casa. Quando cheguei havia uma mensagem de texto: “Pensou que eu não vi.... vi e adorei... a calcinha ficou muito bem em você. Você sabe onde eu moro, e sabe que moro sozinho. Te espero aqui hoje a noite”. Era o Marcelo, gelei na hora, mas meu pau ficou duro e o cuzinho piscou.



Foi a tarde mais longa que já passei. Tomei um banho demorado, depilei os pelos do saco e do cuzinho (meu bumbum já é lisinho), pus uma calcinha de renda vermelha, fio dental, bermuda, tênis, camiseta. Peguei meu carro e fui.... com aquele friosinho na barriga.



Toquei o interfone do prédio e o Marcelo me mandou subir. Me recebeu com um aperto de mão, estava sem camisa e short, que pude perceber não usava cueca. Seu apartamento é muito aconchegante, bem decorado. Ao entrar logo ele veio com duas cervejas e começamos a beber e conversar coisas banais. Aí veio o assunto.



- Você está usando agora ou não....

- O que.. fiz de desentendido.

- Calcinha...

- Sim.

- Então espera aí que tenho uma surpresinha pra você....



Saiu da sala e foi até o seu quarto. Logo voltou com uma sacola e me entregou. Não acreditei no que vi. Uma mini saia, bem curta destes tecidos que colam no corpo e desenham a bunda, uma sandália de salto alto, mini blusa.



- Você quer que eu use...

- Claro, vai combinar com sua calcinha.



Dei uma risadinha, levantei e fui rebolando até o banheiro me trocar.



Quando voltei o pau dele despontava no short. Ele me abraçou e me deu um beijo delicioso. Sua mão alcançou minha bunda e começou a me amassar. Não estava acreditando que estava ali, vestido de mulher, nos braços de um amigo. O tesão foi demais, abaixei, tirei o short dele e tomei um susto quando vi seu pau...... Maravilhoso, 22x9 (depois eu medi).



Meti a boca, chupei por uns 5 minutos, melando a cabeçona roxa de saliva. Ele me perguntou se eu ia aguentar no cuzinho. Disse que com certeza, ia adorar.



- Fica de quatro e arrebita bem a bunda.



Assim eu fiz e a pica começou a entrar... Comecei a gemer como uma putinha safada e pedia pra ele bater na minha bunda.... Nossa, como sou vadia na cama. Logo Marcelo se preparou pra gozar e eu, é claro, abri bem a boquinha e lambuzei minha boca toda de porra.



Este foi o começo, já fizemos outras loucuras juntos, como por exemplo, outro dia eu vesti uma calça suplex, bem colada me maquiei e nás trepamos na rua, dentro do carro.. Detalhes eu conto depois.



Quem gostou e quiser me encontrar, moro em Ipatinga e meu e-mail é [email protected]



Beijos,



Bruno

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto erotico negra com negrocontos porno casadas no carnavalestalos da cama-contos eróticoscontos eroticos femininos o angolano contoseroticos.site/buscar-conto?busca=Comendo+o+cuzinho+virgem+da+sogra+Conto erotico o shorti.ho que meu marido comproucontos erticos pai sempre tomava banha com as filhas acaboj comendo o cuzinha delaconto erotico nega casada e rabudaEstouraram meu cuzinho na viagem contoscontos eroticos submissaeu fui arrombadovou gozar na frente não contoconto erotico com mecanico velho coroa grisalhoContos eróticos gay meu amigo da bumda grande sempre deu o cuContos saindo melsinho da buceta da mamaeeu punhetei um estranhocontos eroticos "cadela" "fome"conto me tornei puta do meu tiocontos menina menor calcinhaContos erotico sogra fiu filha batendo punhetacontos de sexo fisting objetosconto erotico mulher traindo marido no barconto madrasta fudida a forçacontos eu novinha peguei num cacetao pretoConto erótico minha irmã me chamou pra ir ver a porta do guarda fato que quebrou e ela enpinou a bunda pra mimminha mulher foi dominada contoscontos de sexo gay insesto depilaçãocontos euroticos trai meu marido drento do onibus na paradacontos eroticos fui bem fodida feito puta e chingada feito uma vadia pelo meu tioquentes carentes cariocascontos eroticos comi meu irmao rosinhamedico contos eroticoscontos sexo família bicontos de cú de irmà da igrejacontos achei uma inpregadinhaContos excitantes sou gaúchacontos eroticos novinha coroa riconegrinha brinca com roupa de escostar homemcontos eroticos meus primos me arregacaram o curelato erotico meu filho me secava doiscontos eroticos novinha espiando seus tios transaremcontos erotcos de estrupo de virgemcontos eróticos me aproveitei da cunhadinha contos eroticos de mãe abusando de filha novinhafilho aromba o cu da madastra que grita ta,doendoconto erotico corno viciado em leitecontos eroticos novinha espiando seus tios transaremjapa enfia o dedo no seu cu virgemmulheres que estejam dispostas a fazer zoofilia que mora no Rio Grande do Sulcontos porno esposas estuprados submissosBuceta cabeluda em contosConto meu marido me devorou na madrugadacontos quando eu gozei damdo a bundacontos eroticos cunhadacontos de velhos mamando seios bicudosFiz marido macho virar cornocontos eroticos com cavalo zoofiliacontos verdadeiro dei sonifero pra mulher do meu tioConto erotico netinha pedi pra o avo deita e esquentalo contos erotico meu amigo na picina de casacontos eroticos duplamente penetradocomo enraba uma colega. de trabalhomadrata taido marido em casaFamília contos eróticoscontos o primo claudiocontos de cú de irmà da igrejaconto erotico enbebedou e enrabou a casadinha carentecontos gay meninocontos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigocontos de perder a virgindade com sofrimentopeladas com cu e a bunda melada de manteigacontos eróticos com marido tratado me estupandorola mole rola dura bate até que furaenteado comeu minha esposaconto eróticoconto erotico afeminado esposa dedos no cu consoloconto ertico casada japoneza no sitionunca tinha visto um pau tão grandecontos eroticos cavalo leitecontos eroticos primeira vez de coroa rabuda de cornoclassificados evangélica procurando cornoduas irmas gozando juntas conto eroticovou rasgar sua boceta vagabundaeu engravidei minha vizinha casada conto eróticoso contos de gay sendo aronbado por varios machos contos eroticos gays come meu pai bebado mais o meu amigo