Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ADORO CHEIRAR CALÇA MELADA

ADORO CHEIRAR CALÇA MELADA

Desde criança eu adoro cheirar calcinha usada, tudo começou quando eu tinha + ou – 6 anos de idade.Minha mãe tinha 46 anos, meu pai saia cedo pro trabalho e eu filho único ficava sozinho em casa com minha mãe.Um tarde de muita chuva eu e minha mãe em casa de repente chega Sergio um primo meu todo molhado, ele devia ter 19 anos e era sobrinho e afilhado de minha mãe.Ela pegou uma toalha, deu pra ele se enxugar e disse que ia dormir e não queria ser incomodada, ficamos eu e o primo na sala vendo televisão.Passados meia hora ele sentado ao meu lado, pegou minha mão e colocou no pau por cima da calça, o pau muito duro e eu não sabendo de nada fiquei pegando.Ele abriu a calça e tirou pra fora um puta pauzão, cabeção sem cabresto, muito duro e pediu pra eu beijar o pau, eu inocente beijei...ele pediu pra eu cheirar, eu cheirei a cabeça e até hoje não esqueço o cheiro da pica do Sergio.Em seguida ele disse que ia embora, guardou o pauzão e saiu da sala...eu fiquei vendo tv distraído e comecei a escutar barulho no quarto de minha mãe.Fui pé ante pé brechar na fechadura e vi o meu primo metendo com minha mãe, me deu um puta tesão, eu criança vendo o cara metendo aquele pauzão na minha mãe, tia dele.Ele metia fundo nela, tirava o pau melado e dava pra ela mamar, chupou a buceta dela, fizeram 69, botou ela de quatro na cama e meteu na buceta por traz, dava tapa na bunda dela, xingava de puta, vadia, biscate, vagabunda, tirava o pau e batia na buceta dela, batia na cara.E foi no papai e mamãe que ela gozou, ele metendo e ela falando...mete na titia...soca esse pintão na minha buceta, soca no meu útero e gozou...ele tirou o pauzão de dentro dela e esporrou muito na cara dela, seios, foi muita porra.Ela deu um beijo no pau dele, limpou o pau e toda a porra com a calcinha que pois embaixo do travesseiro, ele foi embora e ela foi tomar banho.

Aí eu entrei no quarto, fui direto na calcinha que tava toda melada de buceta e porra e cheirei, era muito suco de buceta no forro da calça e muita porra no resto, aquele cheiro de buceta de mãe...com cheiro de cândida do esperma me encantou.Lembro dele ter ido algumas vezes em casa meter com ela, sempre quando tava chovendo, às vezes tomava banho com ela e eu ficava escutando eles meterem atrás da porta do banheiro.Bom, foi assim que começou, passei a bater muita punheta cheirando a calça da minha mãe, ia ao cesto de roupa suja, pegava a calça usada e ficava batendo punheta e cheirando o forrinho até esporrar.Já fiz isso com calça da minha mulher, de duas irmãs dela, de cunhadas, de minha sogra, sobrinhas e várias outras mulheres.Minha mulher que é muito puta, certa vez descolou uma calça da mãe dela sá pra gente meter...vestia a calça da mãe e eu ficava contando essas coisas da minha mãe com meu primo e mexendo na buceta dela...falava que tinha tesão pela mãe dela...ela ficava toda babada eu descia e ia cheirar ela com a calça da mãe...a calça toda melada...aquele cheiro de buceta, puxava a perna da calça e metia muito na buceta dela...falando da mãe dela...ela gozava que nem louca.Teve também uma cunhada, mulher de meu irmão que tirava a calça melada, deixava no bidê, eu ia ao banheiro, batia um punhetão e esporrava na calça e deixava lá, ela ia ao banheiro e batia uma siririca.

Tenho muita putaria pra contar...vou contando aos poucos, pois agora vou bater um belo punhetão.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto coroa gorda tanajuracontos eróticos dotadocontos eroticos meu filho me fez gozarcontos de coroa com novinhocontos eroticos amigos heterosenchemos a boceta de porraConto de putaria com todos os machos da favelamalandrao dando o cuzinho pra boy malhado contohttp://contos eroticos mulher pega carona e estrupadacontos a devassa do analViciada em siririca contosFuderan meu cu e minha esposa ajudou os carasMinha tia coroa mostrou seu bucetao peludo contosSou gay e tranzei com um travest contos eroticoconto eroticos comendo a irma de perna quebradacachoro da familia gozando detro da buseta da mulhehttp://transei com meu tio na fazenda contos eroticos gayhistoria e contos lesbica primeira vez com minha babaconto erótico gay o guarda de trânsitoContos eroticos dei na festa em macaxeiracontos novinha rabuda deu p paise masturbar antes de durrmi faz bemcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto gay carona rebolei calcinhacontos a minha mulher masturba-seSou gay e tranzei com um travest contos eroticocontos erótico peguei no colo não resistir anal incestocontos eroticos com garotos mais novosAdoro ser estupradaconto dei pro mendigoMinha cunhada bebada querendo da pra mim contocontos eróticos de mulheres do b****** grandecontos eróticos meu pai comeu meu amigo gay ilustradoconto porra. do amante ocorrendo das coxaesposas depiladas na picina contoscontos eroticos com vizinhas casadasminha madrinha depilando a buseta contoeroticoconto erotico menininhas virgemcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casamiminha oze aminho pidinho rola bucetaMulheres peladas com a boceta toda regasada aberta saindo puisContos erotico dois policial dotadu fudel minha esposacontos o pau do meu genrocontoseroticos cavermacontos eroticos cornos que nao desconfiatirando o atraso contosuma aluna virgem, conto eroticocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos gay meu tio de dezenove me comeu dormindo quando eu tinha oito anosContos eróticos putaría no casamento noiva fode com todos os seus padrinhosconto erotico sou viado e vendi meu cucontos eroticos ninfeta detalhadoconto erótico bruna manicuconto fui pego na punhetaContos eroticos danadinha colo do velhomenina da bucetinha grande.ctosconto ele me convenceu a da meu cuzinhoConto érotic sentado no coloconto gay o velho casadomarido dormiu eu me depilei toda contosConto picante e real o genocogista da minha mae gay passivoMeu nome é dado (apelidio),tenho 35 anos e minha esposa mara tem 32 anos.Somos simpaticos ,com caracteristicas bem Brasileira .voyeur de esposa conto eroticocontos heroticos gay meu primo de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontos Praia de nudismo.putão na vara contoscontos eróticos férias com porracontos adoroo ser subimisso q mete coisa em mecontos de mulheres a levar com o punho na conaMAE E FILHA E TIA EM SURUBA CONTOcontos eroticos brincando com a primaporn contos eroticos casada na coleiracontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idademendiga pedindo pra comer seu cu apos o dela era vigemcontos sentando no colo novelaContos eróticos papai me quercontos eroticos minha mulher gosta de apertar minhas bolasContos eroticos a crente do bundao grande e o mendingocontos eróticos procurei meu irmão si ele mastubavacontos eróticos escrava é putonaconto erótico o capataz tarado pelo viadinho de calcinhacontos eróticos sou mais p*** das p**** meu marido sabe dissocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos eróticos apanhado chorei muito e fiqueicom a buceta toda vermelhacontos eróticos uma travesti chupou miha bucetona greluda no banheiro femininocontos erotico de puta tarada por rola