Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BEBI PARA DAR GOSTOSO

Oi, sou a Bruninha, uma morena de cabelos negros e cumpridos, 28 anos, 1.60MT, 60k, pernas e coxas grossas. Sou casada a oito anos e mora conosco o meu enteado, filho dele, um rapaz branco 20 anos, 1.60MT, 50k. Como meu marido não costuma a sair eu saio de vez em quando com ele, pois ele dirige e eu bebo demais. Confesso que não sou nem um pouco comportada, adoro sexo principalmente quando estou bêbada e já trai meu marido varias vezes, mais nunca tive nenhum interesse pelo meu enteado, mesmo já tendo percebido certos olhares de desejo dele. O que vou relatar aconteceu durante uma dessas saídas que acabou em um acidente de carro, como estava muito bêbada eu não pode explicar nada pro meu marido naquele momento, sá depois de uns dias refletindo e tentando me lembrar de algumas partes dos períodos de lucidez eu pude tentar explicar o acontecido. Acho que me comeram bebada: Amor, eu vou te contar tudo o que eu me lembro no dia que sai com o Meu enteado pro forro e ele bateu o carro na saída do clube as 4:00 da madrugada, e que eu cheguei em casa bêbada, sem calcinha e com a Buceta vermelha e com plena convicção de não ter feito nada. Antes de sairmos do clube, eu estava paquerando dois gatinhos que estavam perto de nos, cheguei até a me agarrar com um deles quando me tirou pra dançar. O Meu enteado me chamou pra irmos embora, eu não queria ir mais fui assim mesmo, os dois gatinhos nos seguiram. Quando cheguei ao carro, eu queria porque queria mijar, levantei a minha saia, baixei minha calcinha e mijei de cácoras ali mesmo, os 2 rapazes e o Meu enteado ficaram me olhando até eu acabar, demorei bastante enquanto me apoiava no carro de tão bêbada que eu estava. Quando acabei me levantei e baixei minha saia, mais não completamente e tinha certeza de que tinha posto a calcinha novamente, fui rapidamente pro carro e me sentei, o Meu enteado entrou no carro e mandou que eu botasse a calcinha, pois a minha saia ainda estava um pouco suspensa e estava aparecendo parte da minha Buceta, e os rapazes estavam do lado do carro olhando pra ela. Eu me aborreci e disse pra ele que eu não ia vesti porra nenhuma, sá de raiva reclinei o banco e coloquei as minhas pernas no painel do carro e estiquei a saia em direção ao joelho. Ele então saiu com o carro rapidamente, mais os rapazes nos seguiram no carro deles. Não me lembro de nada durante o percurso, mais por varias vezes via o Meu enteado olhando fixamente pro pouco que aparecia da minha Buceta, porem quando o carro fez uma curva bruscamente na entrada do aeroporto, fiquei lúcida por alguns instantes e jurava que o Meu enteado estava passando a mão na minha Buceta, mais achei que era alucinação, pois eu fico muito excitada quando estou bêbada, querendo fuder com qualquer um. Sá que quando aconteceu o acidente, eu fiquei completamente sábria, e ao sair do carro fiquei em pé segurando a porta do lado de fora, vi que os rapazes pararam do lado do nosso e ficaram me olhando, sá então percebi que a minha saia estava suspensa até a cintura, eu estava sem a calcinha e com a Buceta toda de fora, eu baixei minha saia rapidamente e liguei pra você. Estávamos todos nervosos e eu fui deitar no banco de traz do carro pra te esperar. Um dos rapazes ficou tranquilizando o Meu enteado e o outro entrou no carro comigo pra saber se eu estava precisando de alguma coisa, eu disse pra ele que sá iria dormi um pouco enquanto meu marido chegava, deitei de lado e ele percebeu que eu passava a mão na minha saia para que não aparecesse a minha bunda, ele então tirou a camisa e me a ofereceu para me cobrir, eu peguei a camisa e cobri minhas pernas e bunda, então dormi subitamente. Sá acordei com o rapaz saído do carro, pois você tinha acabado de chegar, sá que o rapaz que saiu não era o que tinha entrado antes deu dormi, o que havia entrado estava La fora com o Meu enteado e usando a camisa que tinha me emprestado. Eu então saí do carro pra ir ao teu encontro, foi quando eu percebi ao me levantar que eu estava deitada de peito pra cima, de pernas abertas e a minha saia estava novamente suspensa até a cintura com a minha Buceta de fora e toda arreganhada. O que posso deduzir foi que o Meu enteado passou a mão na minha Buceta enquanto ele dirigia, motivo pelo qual deve ter acontecido o acidente, eu mesma devo ter levantado a saia por estar excitada com a dedada dele. Devido ao acidente, ele não deve ter tido tempo de me comer, mais acho que ele pretendia parar o carro em algum lugar e fazer isso. Porem os rapazes devem ter se aproveitado da situação com o desespero do Meu enteado e me comeram no banco de traz, acho que um distraia o Meu enteado enquanto o outro me torava. Você brigou comigo porque eu cheguei em casa bêbada, sem calcinha e com a Buceta bastante vermelha. Eu falei pra você que eu não tinha bebido muito, que eu estava sem calcinha porque tinha indo sem ela e que a minha Buceta estava vermelha devido à alergia do barbeador que usei pra me depilar. Mais acho que na verdade eu estava bêbada mesmo, perdi minha calcinha no estacionamento e a minha Buceta estava vermelha de muita pica mesmo que eu devo ter levado dos rapazes.



Bruninha.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos minha esposa do rabaoquero o pauzão dele no meu cu amor agora fica olhando contospau de jegue arrombando minha filhinha contos/conto-categoria_2_114_gays.htmlcontos eróticos engatada e arrastada pelo cachorroNovinha putinha bebada contospediu pra ver a buçeta da aniginhacunhada na cadeia contoscontos erotico com minha sobrinha mais novacontos eroticos fingi que estava dormindodando o cu e peidando contosxvideoporno com er maoschupando buceta soltando fumaçacontos eroticos/ emprega safada anal orgiaconto erotico de colega saradao do meu padrasto mim comeuPorno sauna com loira e a namorada ciumentaconto meu chefe me chupouEnsinando minha sobrinha dirigir contosMinha mulher viu o pau do menino - contosbatendo uma punhenta para o marido sem calcinhative dar para um dotadocontos eroticos na minha casa exibindo minha esposaContos eroticos de podolatria com fotos desejando chupar pes de amigas na escolaconto erotico tio juliocontos erotico a calcinha da voconto erotico esposa chora no pintaocontos eróticos​, praia de nudismocontos eroticos maduras eu e minha amiga levamos no cu a mesma piça contos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos inocenteprimeira vez que comi meu amigoHistórias eróticas sobre estuproscontos meu cu grandecontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadefilhos gay moleque novinho trepando pela primeira vez cantando muitoComtos casadas fodidas na rua por camionistasmeu pai meteu conto gaycontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecomendo meu cunhadinho contoscontos de cú de irmà da igrejapassinho de várias lésbicas se chupando uma volta sem pararcontos eróticos pastornovinha safadinha dormindo com dedinho no cuzinho Fredcontos eroticos chupei rola e virei mulherzinhaContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas timidascontos perdir a virgendade com policialcontos eroticos gay problemas mentaiscalçinhas meladinhas nelascontos eroticos estrupador gozou dentro das mulheresconto aos dez anos minha sobrinha sentava no meu colo sem calcinhaComo transar com um cachorro e qual a sensação de sentir ele gosando no fundo do útero conto de zofilia Contos eróticos rabudinha chorou na picacontos de cú por medoTenho 60 anos e minha bunda ta se mais contoscontos espiando o sobrinho dotadoContos eroticos de podolatria chupando primas com os bonitoscontos pai ea mamae chuparao minha xoxotaconto minha mulher gostosa da academia trepa com os personais e amigo,sdia dos namorados incesto contoSou gay e tranzei com um travest contos eroticocontos eróticos de incesto com a irmã caçulacontos de cú de madrinhadepois do anus e da vagina tem outraentrada pro penis entrar?contos comedor de travestiscomi a mae do meu amigo contoconto erotico de mulher casada socando o pepino na buceta e cenoura no cufoto da minha sobrinha pimentinha conto eroticoslevei rola pica piroca contoconto o jumento comeu minha esposadando uns amasso na minha sublinha e acabei gozando nas pernas delacontos eroticos incesto bebadoContos eroticos meu sogroconto erótico na praia com a família da esposacontos erotico loira trabalhoDescabaçaram minha xereca a força contos heroticosmeu filho mete o dedo no meu cu e eu gosto