Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DANDO O RABO E A BUCETA PRO MEU AMOR!

A PRIMEIRA VEZ QUE DEI PRO MEU MARIDO, DOEU MUITO,

HOJE EU SO SINTO PRAZER, TENHO ORGASMOS MARAVILHOS,

QUANDO ELE NÃO FAZ SEXO COMIGO, FAÇO COM OUTROS...







Hoje estou com quase 22 anos, sou uma mulher feliz, vivo um relacionamento aberto com Ilson a algum tempo e moramos juntos, estou muito feliz, e meu gato também, vivemos nos curtindo quando estamos juntos, esse conto real aconteceu no primeiro dia em QUE ficamos juntos, vou contar sem muitas delongas o que aconteceu entre eu e meu amor. Antes de Ilson sá tive um namorado fixo e por poucos meses, ele era muito legal comigo e fazia sexo comigo todos os dias com muito carinho, seu pênis era normal de comprimento e grossura acho que uma media de uns 19 cm, e me fazia gozar todas as vezes. Quando resolvemos morar juntos(Eu e Ilson) assim, como ele, me preparei para a grande noite de núpcias, mini calçinha, nova, vermelha da cor do pecado (se e que pecado tem cor), perfumes e depilação total, depilava sempre minha buceta, nunca gostei de pelos. Fiquei como vim ao mundo, fomos a um restaurante para um jantar leve, depois de um tempo fomos para um motel luxuoso. Chegamos ao motel, mal ele abriu a porta e já foi me atacando, tipo um tarado, foi tirando a roupa como um desvairado, ficando sá de cueca, pegou meu rosto com carinho e foi me dando um longo e apaixonado beijo, depois sugou meus peitos, lambia meus mamilos, arrancou minha tanguinha com os dentes, literalmente me deu um banho de saliva, eu estava excitadíssima e minha buceta estava ensopada de tesão, tirei a sua cueca e quando ele virou, eu vi o tamanho do seu pau , lágico nos muito amassos e esfrega eu sentia que era um pau diferente, que era maior do que eu já conhecia, mas não imaginava que era assim, enorme, estufado com as veias saltando, grosso, um pau pra ninguem botar defeito, devia ter pelo menos 20 cm.,( e tem ), mas era muito grosso, minha mão não conseguia fechar em torno do caralho, meu homem, me deixou alucinada, minhas pernas tremian, ele deitou-me e abocanhou de uma vez a minha buceta, tudo, sumiu naquela boca enorme, ela chupava meu grelo com volúpia... eu gozei como nunca na boca dele, sensacional. Passei a mão no seu mastro, muito duro, grosso, anorme, aquela cabeça parecia meu punho, que coisa mais linda, porem muito grande. Ele colocou-me de quatro, e começou a lamber minha bunda. Olha a sensaçao era maravilhosa, aquela lingua percorrendo meu rego todo, ate que parou no meu cuzinho, enfiou a lingua todinha la dentro, e fazia circulos dentro do meu cuzinho, me fazendo gemer de tanto tesao, com um dedo na buceta, eu novamente gozei na mao dele, com a lingua dando rodeio em meu cuzinho, eu com dificuldade consegui por a cabeça do seu pinto na minha boca, lambia de lado, engolia ate onde era possivel, muito grande, e ele dizendo que iria gozar, me deixava alucinada, que homem delicioso! Ele dizia chupa...meu amor, mama teu caralho... isso gostoso, lambe assim...molha...cospe na cabeça do meu caralho, segurou a cabeça forte, encaixou a cabeça do seu pau entre os meus dentes, dizia vou gozar...to gozando., foram jorros de porra, na minha boca que quase me sufoca, fui engolindo a medida que saia, e olha, foi despejando seu liquido quente, pegajoso e muito gostoso, bebi com muito tesao. Depois de algum tempo ele ja de pau duro de novo, deitou de costa e de frente pra mim mandou eu sentar na sua piroca e eu encaxei cabeça do seu pau na minha buceta, e disse pra mim controlar, e deixar ir entrando o tanto que quisesse e aguentasse... quero tudo, disse., ele me chamou de tarada , e falou, - você consegue com certeza, vai em frente... pensei comigo: será que vai doer???!!! Uma duvida e um desafio, sentei na cabeça grande do seu mastro e lentamente eu fui largando meu corpo, sentia dor, eu parava, voltava e recomeçava., ate que senti entrar a cabeçorra todinha, a cena era linda, aquela chapeleta grande, grossa, ja com um pouquinho dentro da minha bucetinha branca, dava um contraste ate bonito,. Fui brincando com aquilo, socando aos poucos, e ja com a minha xaninha meia aberta, estava quase gozando e ilson delirava dizendo, acho que já vou gozar, bucetinha apertada, esta esfolando meu pau, quando eu e ele fizemos o mesmo movimento, ele estocou e eu larguei meu corpo, foi tudo ate o fim. Senti apertar meu estomago, rasgar a carne dentro de mim, rasgar as paredes da minha vagina, bater fundo no meu utero., e com uma grande, dor, ardia demais., com tudo isso gozei junto com ele, eu sentia as estocadas dentro de mim dele gozando, e me enchendo por dentro de porra quente, ainda., muita porra., ele era um touro, doía tanto que eu fiquei com medo de me mexer, aquilo tudo ainda dentro de mim, levantei devagar e vi o estrago, junto com a porra que saia, jorrou tambem muito sangue., me apavorei, ele ia dizendo que era normal, mas so eu sabia a dor que estava sentindo, mas afinal consegui engolir o mastro daquele gato maravilhoso, meu homem, meu pauzudo. Ele quer meu cuzinho, mas ia dar um tempo, porque precisava me preparar, porque com certeza iria doer muito. Concordei mas fiquei com uma vontade enorme de dar meu cuzinho pra ele. Quando fui tomar banho, vi minha bucetinha ( agora bucetão) arrombada pelo espelho, vermelha, aberta e sangrando, lavei com uma ducha de água gelada, minha bucetinha fisgava, lembrando a dor e o prazer que ele, meu amor me dera.! Ilson dormia o sono dos justos. Acordei-o beijando seu rosto. Ele acordou e me abraçou me puxando pra cima dele, eu disse , na frente nem pensar não vou aguentar, esta dolorido, e estava, mas eu queria outra coisa. Chupei e molhei, cuspia, lambuzei bastante seu pau, ele me deitou de bruços e começou a enfiar um dedo no meu cuzinho, passando saliva a toda hora, dois dedos, e eu adorando aquilo, era divino. Já sentindo que era a hora, deitou-se com o pau pra cima, de novo e mandou eu me sentar em cima dele, e guiar como fiz com a bucetinha. Meu cuzinho apertadinho, sentiu aquela cabeça enorme querendo entrar, relaxei e sentei, devagar...bem devagar, quase parando, doía...doia pra cacete, mas eu ia forçando ia me ajeitando, urrava ...e senti que entrou, ardeu, ele tirou, mas, eu voltei coloquei de novo e fui afundando., e a medida que entrava sentia descolar todas as pregas do meu cuzinho, alucinante, dolorido mas gostoso, senti minha bunda bater nele, eu tinha conseguido enfiar aquele mastro todinho dentro do meu apertadinho cuzinho, agora com certeza, um verdadeiro cú, um cuzão. Comecei a rebolar e sentir seu mastro mexer meus intestinos, entrando e saindo, rasgando tudo, estourando as pregas que ainda estavam inctatas, quando ele me puxou, enfiou os dedos na minha arrombada búceta, chupou meu pescoço, me levou a loucura e dizia: que cú gostoso, delícia, maravilhosa, agora você tem um homem sá seu, pra te arregaçar , e se movia loucamente, me socava....socava meu rabo, minha dor, minhas pregas ... vou gozar, amor...vou gozar ...gozou, gozei junto, aquela porra toda, agora dentro do meu cuzinho, novamente!!!! Fiquei sentada em cima dele, uns 19 minutos, sem tirar de dentro, a dor tinha sumido, sentia minha bunda dilatada., e aos poucos, com carinho ele me colocou de quatro e ai me comeu mais uma vez, com mais força, acabando com o resto, gozou de novo dentro do meu cuzinho. Não gozei, mais , porque ardia, ardia muito. Ele tirou o seu pau do meu cúzinho, o alivio foi grande., e começou novamente a chupar ...chupou mais uma vez minha bucetinha, fazendo gozar bastante. Ficamos deitados agarradinho uma meia hora, toda arrombadinha, e fui dormir. No outro dia, era sangue na calcinha, na cama, ele me arrombou inteirinha, doia tudo, bunda, bucetinha, as pernas, os peitos., eu me sentia inchada. Até hoje fodemos quase todos os dia, virei uma viciada sexual. Nunca mais fui a mesma, e fiquei muito exigente sobre os tamanho dos paus, por enquanto meu gato vai preenchendo os meus buracos, com maestria.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de feiacontos eróticos com colegas de trabalhogozando vendo a tia lavando roupacontos me arrombaramcontos incestuoso se esregando em bunda e ladinhovideornpossconto erotico machucando o esfíncterprino doido vaidiaxcontos fodendo senhora negraassistir vídeo pornô travesti da rola Gabs cabeça de graçacontos eroticos de feiacontos eroticos con ninfetas e negaoconto erótico sobrinha. bem novinha fica esfrgando no colo do tio sem calcinhacontos eroticos pepino apanheicontos eroticos calcinha da ermalouco pela minha prima contocontos eroticos- seu jose comeu minha namorasaler contos pornô de i****** pistola gostosa do meu filhotransa gostosaassisticonto eroticos fodendo no chuveirocontoseróticos minha priminha de cinco anoscontos eroticos mae filhaContos sou casada com um travecocontos eroticos gay transei com cinco no meu trabalhovisinha casada o novinho contos com fotoscontos eróticos tio f****** sobrinha casadaxvideoporno com er maoscontos eróticos de milhares casa assediada pelo vizinhoPerdi meu cabaco o com meu pai e arrobadocontos de cú de irmà da igrejaMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contoscontos eróticos de menina transando com o tio bonzinhocontos amor gayeu com minha pica machucada e ainda comi minha namorada contos eróticos"klaudia kolmogorov"peladas e meladas de muita manteiga no cucontos nem sabia que minha amiga era trans acabei chupado elaconto de sogra dando para genrocontoseroticos/enrabei a professoratransando com a motogirlscontos eroticos adoro beber o leite delescontos erotico seduzindo marido da conhadaconto erotico de minha titia rabuda la em casa na cosinhaguri gozando na lajeconto erotico de casadacontos eroticos metende devagar na buceta chupando os seios mordendo os bicis cavalgando gememdocontos eróticos amadores com fotos de casais realizando fantasias de Megane masculinocontos eróticos menina pequena f****** com irmão Grandeswing tio com sobrinhas flagrante historiascontos eroticos. traicontos heroticos gay meu tio de dezenove anos me comeu dormindo quando tinha oito anosmulher da academia profissão encostando o pau nela contos eróticosconto erotico com pai velho coroa grisalhosou casada meu visinho novinho contoscontos de sexo gay minha esposa viajou e dei com sua calcinhaconto erotico estrupo treinador contos de cú de irmà da igrejameu priminho estava batendo punheta para mim contos eroticosConto erotico bunda a enteada mas velha.meu amigo travesti me comeu contoscontos de esposa quer outra pica contos eroticos mulher e dominada por outro caraFODI A MINHA CUNHADA E ELA SE CAGOUmeu inimigo conto gaycontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos erotico empretei um dinheiro pra coroa ela pagou d outra formanovinha nao consegue desengatar do caocontos de massagens alucinantescasadinha inocete. sedo chatagiada contos eroticocontos eróticos rsrsrscontos fudi a noiva do meu irmaoprino doido vaidiaxurso velho peludo gay contosMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contosconto erotico eu meu marido e nosso amigo do sitioconto eróticos estupro no orfanatocontos eroticos cuidando da sogra com a perna quebradacomi minha prima no esconde-escondecantos eroticos so casado mais o negao arrombou meu cuCanto erotico do travesti com menino10Foderam gente contos tennsporn contos eroticos enteada gangbangConto erotico sou madura e genrocontos de casais e amigo