Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESPIANDO A CUNHADA

Espiando a cunhada.

Olá, o conto que vou contar aconteceu no ano de 2008.

Me chamo Rafa, tinha 19 anos e namorava à 3 anos com Gabi, ela tem 1,65m é loirinha, magrinha tem uma barriguinha bem lisa, seios pequenos, bem branquinha.. uma verdadeira patricinha. Acontece que a Gabi, na época com 19 anos tem uma irmã, seu nome é Adriane.

Adri é tem minha idade, uma moreninha linda. Corpo muito maneiro, magra 1,55m seios grandes, em comparação ao corpo. Bundinha malhada, toda compacta, pena que namorava também com Felipe, esses maluquinhos estilo Pitboy, sá que bobão.

Sempre que dormia na casa de Gabi imagina como minha cunhadinha no quarto ao lado estava dormindo. Todas as vezes que saia do quarto via que estava tendo atividades no quarto dela, as vezes quando Felipe estava dormindo lá, as vezes não. Começei uma “caçada”, decidi que enquanto não visse minha cunhada nua, não ia parar de tentar espiá-la.

Comecei a pensar em várias formas para conseguir a minha façanha, começei espiando, sempre quando dava, pela fechadura do quarto, mas era sempre a mesma histária: Eu espiando, e ela no computador, dava pra ver perfeitamente, ela sentada e a tela do computador, Orkut, MSN, FOTOS e mais FOTOS e absolutamente nada.

Resolvi apelar, pensei em comprar cameras, essas de caneta, gravatas, borrachas, e colocar no quarto, colocar no banheiro e em outros lugares. Fiquei abismado com o preço dessas coisas, achei melhor testar com o meu celular. Esperei ele entrar no banho, peguei meu celular e enrrolei em uma camisa, deixando sá a lente da câmera pra fora, Coloquei em cima da estante dela de forma que ela não percebesse. Morrendo de medo, se fosse pego, com certeza meu namoro acabava, mas meu tesão era enorme.

Assim que ela saiu do banho, passou de toalha pelo corredor e se trancou no quarto. Gabi levantou-se e foi arrumar umas roupas que estavão no seu quarto, rapidamente verifiquei se meu sogro e minha sogra não estavão por perto e fui verificar pela fechadura.

Botei o olho na fechadura e de cara vi pela primeira vez a bundinha peladinha da minha cunha, que coisa mais linda! Moreinha, com marquinha de sol, me esforcei muito para ver a sua bucetinha por trás mas não consegui, mesmo assim já era um avanço, e como ela estava de frente pra camera pensei que o video ia ser muito produtivo.

Ela deixou o quarto para ir estende a toalha e rapidamente entrei para pegar meu celular. Voltei para a sala e fiz uma pré-vizualização do filme, disfarçando para que Gabi não percebesse nada. Já de cara percebi que a qualidade ficou péssima, mas já era alguma coisa. Meu tesão pelo corpo de minha cunhada era demais. Não aguentando mais dei um “S” em Gabi e disse que ia dormir em casa, queria me acabar na punheta.

Fui pra casa e descarreguei o video no meu PC. Assim que abri, adiantei um pouco até o ponto em que ela entrou no quarto. Na hora meu pau endureceu. Ela começou, virou de costas pra câmera, abaixou a toalha e vi sua bundinha denovo, meu celular não é nenhum sony ericsson mas tem uma cam mt boa, deu pra ver mt bem seu corpo inteiro de costas, nesse momento eu ainda não tinha chegado até a porta, dei mole, ela estava virada de frente pra ondeu eu à espiava.

Foi quando o momento mais esperado aconteceu, ela se virou, e pela primeira vez, eu vi seus seios, eram lindos, grandes e redondos, bicos rosinhas, muito delicada, muito linda, ela era bem particinha, começou a passar creme no corpo inteiro, bem lentamente, como se soubesse que estava sendo filmada. A danada era tão sortuda que ficou com a toalha sobre os joelhos exatamente tampando seu “bem” mais preciso. Não faz mau. Já tinha pegado o jeito, sabia que dali pra frente era sá alegria. Continuei me deliciando vendo ela acariciar os seus seios e junta-los como se estivesse ensaiando uma espanhola, via em sua cara um sorriso bem sacana. Foi quando tudo acabou...

Espero que gostem, como podem ver não há nada de impossivel, realmente aconteceu, e aconteceu mais.. muito mais..

Vou continuar contando pra vocês.

Para as meninas que quiserem saber mais.. entrem em contato.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos fode ai rebola vadia isso abre isso aí que pau grandeConto erotico banho maeminha irma seu cu cheiroso contosConto comi a mulher do meu primoContos eroticos gays danfo meu bundao para o meu medicocontos eróticos isto e realconto mulher.pagando a conts no barSou casada fodida contoContos eroticos minha mulher nao resistiu caiu de boca no pau de meu primospone encaxa tudo na morenaconto viajando com a maninhaconto supreza minha mulher coloco pirc na bucetacontos eroticosseduzindo o irmao bebadoContos eroticos cadela da cachoradamulher aguentamdo casete de cavalocontos eroticos esposas na praiacontos eroticos minha mae me seduziu com sua bundonaContos de incesto minha mae fugiu com outro e eu fiquei com o meu paicontos eroticos amigas ci pegandocontos eroticos/ emprega safada anal orgiacontos lesbicos princesa chupa princesaconto erótico dominando irmã casadaconto erótico minha prima gabi me deu a bucetacontos eroticos. buceta virgem, só liberava cuzinhoContos eroticos gratis de estagiarias lesbicaasconto minha irmã deu pro meu namoradocontos eroticos tia na infâncianinfeta cintura fina bunduda belo par de seiosesposaevelhopornocontos pornos bi irmos na praiacontos eroticos meninas drogadas pelos paiscontos erotico menininha na pescariacontos erotivos gay levando pau do diretordesabafo sou casada trai meu marido com eletricistamenina você já passou o dedo no cu e cheirouconto gay zoofilia com galinhaContos eroticos- meu pai me xingando no sexocontos.veridicos erabando uma,.pretinhaquero ver buceta do pigele gradeConto punheteira por acidentecontos eroticos apostei meu marido e pedirConto erotico mijaram dentrocontos eroticos nane descomunalconto de estrupo de praticinhavideos porno gays me pegou no flagra no poraomContos eroticos interraciais no escritoroscontos gay descobri a mulherzinha que havia em mimcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos dogra e cunhadascontos chupei o professor contos eroticos meu tio me embebedou e me chupou eu dormimdovirgem sendo comida por 3 paus na sua bucetinha contosFoderam gente contos tennscontos eróticos vestido de langeriescomi minha cunhada adrianame casei com uma puta safadacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erótico "comeu meu marido "contos eroticos alice com a buceta inchada contos eroticos gays no escurinho do cine pornoMeu marido deixa meu patrão fuder meu cuconto erotico garotinho de shortinho socadoconto erotico gay coroa dominador faz orgia em casa com viados de madrugadacontos eroticos chantagiei a o amigo do meu marido para me comecontos enteada pega no pau pretoXvideo aguentando paenormeeu, meu marido e uma trans linda contocontos eroticos filha patrao camisolaContos : namorada dando pra passarcontos eróticos pastor compadre d*********** a virgemcontos eróticos crimeContos erótico lutinhaporno pesado arrombando relatoscontos de incestos tesao pelos pezinos da minha maecontos eroticos gay meu tio de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscomi minha mae no caminhão do meu pai contos incestosConto meu marido me obrigou a trepar com o mendigocontos eroticos primo da esposaconto minha mulher hemafroditaContos eroticos peguei minha esposa me traindovideo corno olhando sua esposa morder o traveseiro de tesao dando cu pro negso dotadoCorno ama namorada use chortinho de lycra marcando buceta contosmeu tio vez eu beber toda sua porra e viciei quando eu era novinhometendo o dedo na cadelinha novinha contocasada do corno na praia contoSexo anal com o massagista conto eroticocontos eroticos cdesposa do amigo minha cadela contocantos erotico de casada co catado de latilha