Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VOLTANDO DA EXCURSÃO DA PRAIA

Em 2000 eu briguei com meu namorado e fui para a praia com um casal de amigos. Era a esposa e o marido. Sou muito amiga dos dois ... mas eles não estao nessa historia.

Quando o onibus nos pegou sá havia 3 lugares vazios. E eu deixei que os dois fossem juntos. Acabei me sentando ao lado de um moreno (feio) mas super simpatico e prestativo vou chama-lo de Roberto.

Ele tinha a pele muito branca e os cabelos escuros e encaracolados. Parecia inclusive ser menor do que eu. Esse ônibus da excursão pegou pessoas de 3 cidades diferentes.

Fomos para a praia e eu me sentia super atraída por ele. Mas não podia trai-lo na frente dos outros e esse casal de amigos não me dava brecha. Ficamos la ... por 4 dias assim. Nesses joguinhos .... ele sempre dava um jeito de ir tomar banho apás eu e se esbarrar comigo. Esfregando seu corpo no meu ou tocando meu corpo sem querer querendo. Quando voltava da praia, sempre tomava uma ducha fria antes de subir pros quartos ... ele ficava ali me comendo com os olhos. Um dia eu na sacada da casa ... debruçada no muro ... ele veio por trás e deu uma “coxada” em mim. Senti que apesar de alguns cm menor do que eu, ele tinha o pau bem grande. Fingimos que nada aconteceu.

Pois bem, chegou o dia de ir embora ... eu queria muito sentar ao lado dele mas não queria me insinuar ... deixei que todos entrassem primeiro. Como na ida o casal de amigos não gostou de ir no fundo, na volta eles foram na terceira fileira. Roberto estava na penúltima fila e o único lugar disponível era esse. Conversamos bastante. Eram quase 19 horas de viagem. Saímos do litoral quase as 20 horas. Papo vai e papo vem ... e o Roberto nada. Ate mostrei pra ele a minha marca do biquíni perto da buceta, bem na frente para ver se ele se interessava. Mas nada. Resolvi virar pro lado e dormir. Deixei minha manta de propásito descobrindo minha bunda grande e perfeitinha. Estava de short de lycra ... então imagina né ... toda bronzeada. Paramos para descer e comer algo. Quando fui descer do ônibus ... ao tentar sair do banco, eu puxei minha calcinha do meio do rabo de propásito. E sai toda toda. Quando voltamos ele estava com chicletes, balas e 3 garrafas de água pois ele disse que sentia que o tempo ia esquentar.

Mas eu pensei que era sá da boca pra fora e virei pro lado. Foi quando senti um filete de água gelada entrando na minha bunda ... e ele me disse “ vc nem pensa em dormir agora porque quero sentir vc todinha .... “ ... eu fiquei de costas e ele beijava minha nuca, minhas costas (estava de frente única) .... apertava minhas coxas. Nesses horas já deveria ser quase meia noite e o povo queria dormir por isso ligou o ar condicionado, fecharam as janelas e as cortinas. Estava bem escuro. Ele me virou de frente .... abriu minha blusinha e começou a chupar meus peito, acabei me virando pra ele ... pra que ninguém visse ele me chupando meus seios. Ele chupava maravilhosamente bem .... derepente ele sobe a camiseta dela e eu sinto aquele peito cabeludo no ponto. Comecei a acaricia-lo e ele pega minha mão e a coloca na bermuda de microfibra dele. Deu pra sentir toda a potencia. Eu virada de lado .. posicionei as pernas de maneira que ficasse acessível minha buceta a ele sem causar indiscrição. Minha vontade era subir naquele colo, cavalgar ate morrer. Sentir aquele caralhão dentro de mim. Gritar. Pedir para ele me bater, me morder ... ele era um rapaz muito viril .... eu com uma das pernas flexionadas ... e ele começou a me mastubar .... eu tb tirei o pau dele da bermuda e comecei a acaricia-lo – ele dizia “devagar .... devagar pq não quero gozar agora, e quando ele estava quase gozando ele tirava minhas mãos” .... eu passava aos mãos naquele pau grande .... com o saco peludo .... nossa que tesão. Que vontade de chupa-lo. De engolir ate as bolas. Eu tentei por varias vezes abrir as pernas pra ele me penetrar e dizer logo, que se foda o ônibus eu quero é a pica dele. E eu dizia para ele, me come, me penetra, me fode seu cachorro. Vem! Vem me fazer sua puta. Ele me tirava de mim. Era quase 2 hr da manha e o ônibus parou de novo ... todos desceram. E nos não. O casal da frente na hora de descer subiu os bancos ... e eu adorei. Quando todos já tinham descido eu pensei – vou chupar esse pauzao. E ele me surpreender. Ele se ajoelha, puxa meu shorts pra baixo e começa a me lamber .... ele bebe todo meu melzinho .... e morde minha virilha ... chupa meu grilo ... e eu falei pra ele “para de brinca e vem em foder .... coloca rapidinho ..... Ele voltou a ficar ereto, desce o shorts dele .... (ele tentava achar a camisinha) e eu disse, esquece a camisinha seu gay! Mete logo seu corno. Me obedece vai ... senão vou sentar la com seu primo e vou pedir pra ele me comer!!!

Então ele bota aquele pau quente e grosso na minha buceta .... affffff, que agonia gostosa. Eu falei: enfia tudo ... mete com força .... eu quero gozar ... Mas fomos interrompidos pela primeira pessoa que entra.

Tivemos que parar e nos recompor. Desci as pressas do ônibus e fui pro banheiro me refrescar ... minha vontade era me mastubar ali no banheiro e acabar com aquela “agonia” logo. Ou pedir pro primo dele me comer no fundo do restaurante (o primo dele tentava investidas” desde o primeiro dia e eu sei que ele não recusaria”. Mas enfim. A parada acabou e voltei pro meu assento. Não pro pau do Roberto mas ... estava do lado dele e teria o segundo tempo. Começamos a rodar e quando ele percebeu que todos dormiam começou a me beijar. Me deixou varias marcas de chupada pelo corpo. Principalmente nas costas, barriga ....

Felizmente ... o motorista inverteu a rota e deixaria primeiro alguns ocupantes, o que deixaria eu e o Roberto mais tempos juntinhos. Minha alegria foi ver que esses primeiros ocupantes a descer eram os do fundo. Deixando-nos livres para brincar. Deitamos o banco, eu virei de lado, e ele me penetrou. Mas não podíamos fazer barulho pq o banco rangia. E ele ficou assim por um tempão. Sei que ele gozou duas vezes ... estava de camisinha. Foi quando eu virei pra cima. Olhei bem nos olhos deles. Tirei meu shorts, que estava de ladinho. E subi naquele pau. Como o banco estava deitado eu não podia ficar sentadona .... teria que ficar inclinada. Mas fiquei em cima daquele pau gostoso. Sem camisinha. Correndo todos os riscos. Enquanto eu mexia ele acariciava meu clitáris. Quando gozei ... foi a coisa mais maravilhosa. Escorria no pau dele. Melou tudo o saco dele. Tive desses orgasmos bem fortes mesmo. Que a minha buceta chegou a contrair tão forte .... que ele gozou junto. E ainda me deu parabéns pela “contraída”. Essa foi nossa primeira vez. Nosso relacionamento ainda durou 3 meses depois disso. Regado a muito sexo ... e muito tesão. E até hj no msn ele me chama e diz que fui a metida mais gostosa dele. E que ninguém nunca mais o apertou com eu apertei. Estou molhada sá de escrever esse texto. Um dia ainda pego um ônibus e vou ate Brasília (ele esta morando la agora – tem um alto cargo) sá pra dar pra ele ....

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos com belas picascontos eroticos era virgemcontos eroticos de mulheres co mendigoscontos erotico meu chefe me pediu para vestir uma tubinhacontos eroticos gratis, casadinha rescem casada e ficando safadinhatenho namorada e fui arrombadocontos de ninfetas com bombeiroscontos eroticos, dei a buceta na escola de sambaminha irma chegou bebada e eu vi ela nua conto eroticocontos eróticos minha amifa na escolacontos de transando com o genro timidomeu corno .e seus anmigos comedores do meu cu .contos c/fotosContos de sexo entre a minha mulher e o vizinhicontos de velhos mamando seios bicudoscontos erotico de medicotia de saia safada contoContos eroticos fudendo gravidap****** do papai contos eróticoscomi minha cunhada ja idosa contosNovinha Bebi porra do meu amigo contoconto erotico adolcentes brincandoConto amarrada arrancou minha roupa abre mais vadiaconto gay clube dos cuecasContos eroticos empregada humilha a patroafoto de travestis arreganhadas de frentechupando coroa empinadinha boa de f***marido todo produzido eróticosContos eu e as colegiasmamando no titio contos gay inocentecontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadeconto erotico comi as duas sobrinhas da minha mulhercomtos de sexoxvideo tia estava minjando no mato e estrupada aforçaconto erotico com morador de ruaMeus ex primo viuvo rico sou sua mulher conto eroticocontos safados inversão e dominaçãoContos eroticos empregada humilha a patroaconto erótico "Um dia minha familia ia fazer um churrasco em casa, e minha mãe chamou "contos eróticos esposa amanheci toda meladamenina assanhada contosminha netinha contos eróticoscontos eroticos baba do filhocontos eroticos era virgemvendo a cunhada depilando a buceta contosmulek gemendo no pau do outro mulrkContos erótico vi o pau do meu aluno e não aguenteinovinho sofrendo na rola do pai bebado contos gaycontos menino calcinhacontos lesbica fui sedusida banheiro boatyEla não queria dar cuzinho Conto eroticodelicia narrada busetaocontos eroticos a racha da mamãe tinha um cheiro de suordesde pequena que chupo meu cachorro contosconto erotico fiquei arrombadoporno chupei o peito e bucheta da minha cunhada ate ela cedercontos.porno fui dar banho na minha filhinha e acabei enfiando o sabonte no cuzinho delafoidento do cuzinho xvideonegao paenorme f mulhedei a bunda contosComtos eroticos com cumada novinhacontos minha filha enrroscada na minha picaconto erotico nega casada e rabudacontos eróticos de novinhas dando para garanhõescontos colega de futebol pediu pra comer me cuzinhorelato erotico cheirei a calcinha da sogracasado contos eróticosconto gay clube dos cuecasconto tio pedro arregacando cu da minhaConto porno vi mamae sendo sarrada no busaocontos eroticos ninfeta aventureiraContos punheta na massagem no penis do meninoconto gay velho do ônibuscontos de coroa com novinho