Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CARIDADE NO ASILO

Ola meu nome é Barbara, tenho 27 anos, 56kg, 1,70m, morena claro, seios médios pontudos e completamente duros que segurando meu marido, um verdadeiro peito de puta por seu formato e o tamanho dos bicos, uma bunda redondinha e durinha e uma buceta grande que mau cabe em um biquíni que esta sempre com uma minúscula marquinha de sol, sou casada com um homem lindo e gostoso que me deixa louca na cama e em vários lugares onde nossa imaginação mandar, sempre fui uma mulher caridosa com as pessoas principalmente com os idosos o que fez com que meu marido despertasse em mim o exibicionismo, pois como ele mesmo disse o que e bonito tem que ser visto, porem apenas por quem merece ver o que pertence a ele, foi ai que meu gato teve a idéia de como eu poderia dar alegria para alguns velhinhos de um asilo perto de nossa casa e que segundo ele deveria ter um bom tempo que eles não tinham visto um corpo de mulher em sua frente, e como é aqueles asilos mais humildes alguns homens poderia nunca ter visto uma buceta de verdade em sua frente, porem meu marido colocou uma condição, de que eu sá sairia de dele ter certeza de que meus peitos, minha buceta e meu cusinho tivesse sido mostrado, perguntei como eu faria isto ele disse que eu saberia como; marcamos para uma sexta feira às 16:00hs, em casa me preparei como se eu fosse dar para meu gato, depilei deixando uma faixa estreita acima do grelo, coloquei um vestido rodado com alcinhas e é claro sem calcinha, meu gato ficou doido quando sai do quarto levantou meu vestido e viu que minha buceta estava inchada de tesão que segundo ele quando ela fica assim meu grandes lábios ficam enormes e que a visão seria perfeita, chegamos no asilo na hora marcada com alguns presentes do tipo dominá, baralho, dama etc, fomos recebidos por um senhor de aproximadamente 50 anos moreno queimado de sol que nos direcionou para o local onde ficam os velhinhos, quando chegamos em um dos quartos avistamos um senhor de aproximadamente 70 anos, que via TV, nos apresentamos e começamos a bater papo, o velho não perdeu tempo me olhando de cima embaixo, como tinha uma poltrona na frente da cama me assentei e dei loco o primeiro barranco para ele, que foi dos peitos que ao abaixar quase saiu do vestido pois ao entrar no quarto abaixei o vestindo um pouco para aumentar o decote, o velho ficou doido e como ele tinha muito para ver ainda abri um pouco as pernas para que ele tivesse a visão de minha buceta, como meu marido estava na mesma direção que ele, me disse mais tarde que minha buceta estava linda e que quase deu para ver o cusinho, porem quase ainda faltava algo, levantei e cheguei perto para ver se seu pau tinha dado sinal de vida e para minha surpresa estava durinho debaixo do cobertor, saímos e fomos para outro quarto au entrar tinha um senhor negro de uns 60 anos sentado em um sofá ouvindo rádio, nos apresentamos e sentamos e para facilitar sentei de frente para ele, e já fui abrindo um pouco as pernas o velho não perdeu tempo arregalou os olhos em minha bucetona a esta altura escorendo de tesão, pude perceber que seu pau já estava duro, fiquei curiosa e tive vontade de ver o pau dele pois parecia grande o bastante para minha buceta, pedi meu marido para buscar água para nás pois estava com cede, porem era um cádigo para ele sair e ficar olhando se alguém vinha, foi ai que sem nenhum pudor abri as pernas e mostrei toda minha buceta para ele que ficou olhado sem parar, sá desviou os olhos quando coloquei meus peitos para fora pois meu marido tinha me dito que eu deveria mostrar tudo sá faltava meu cusinho, então resolvi fazer diferente já que era para fazer caridade que seria feito direito, pedi para ver o pau dele pois parecia bem grande o velho sorriu e tirou o pau para vorá, que pau grosso e cheio de veia, parecia um toco, perguntei se podia pegar para sentir se realmente era duro mesmo, quando peguei não acreditei era duro como rocha, preto e uma cabeça que parecia um cogumelo, não resisti e comecei a bater uma punheta para ele que reagiu pedindo para eu abrir as pernas para tocar minha cuceta que escoria nas pernas, o velho enfiou dois dedos em minha buceta e um no cusinho, pensei que ele fosse gosar sá de tocar mas segurou firme, não resisti novamente e pedi para ele segurar seu pinto apontado para cima que eu ia sentar nele, o velho não acreditou levantei o vestido até a cintura abri as pernas na poltrona e toda aberta abaixei até aquela coisa cabeçuda, quando a cabeça encostou na minha buceta pute perceber o quando minha buceta estava molhada pois a cabeça foi entrando e abrindo caminho até as bolas encostar em minha bunda, que delícia minha buceta estava alargada ao Maximo que parecia rasgar, o velho começou a rebolar feito louco, e eu a subir e descer até que sentir que ele ia gozar, levantei e direcionei aquilo na entrado do meu cusinho que teve uma certa resistência mas quando entrou foi até o talo tirando de mim um orgasmo maravilhoso, o velho não aguentava mais então percebendo que seu monstro ia explodir tornei a colocar seu pau na buceta para receber toda dua porra que chorrava sem parar, nunca tinha sentido tanta forca em uma gosada, quando leventei parecia que minha buceta não ia parar de escorrer, fui até o banheiro me limpei despedir do velho e fomos embora dizendo que voltaria para mais uma visitinha, quando chegamos em casa meu marido me comeu tão tostoso que gosei novamente, e assim pude fazer mais uma caridade.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Comtoerotico profesorinhamulhe raspado buceta deichado no meiocontos escondido no churrascoconto erotico A NINFETINHA AMIGA DA MINHA SOBRINHA 3Contos eroticos menininhasSou gay e tranzei com um travest contos eroticomeninas com bucetinhas piticas pornocontos eroticos- seu jose comeu minha namorasaConto erotico cu arrochado fiquei esfoladoContos eróticos, Dei o Cuzinho pro Tio no terreno baldiocontoseróticos minha priminha de cinco anosconto eroticocorno me ligou na horacontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadeconto cabaco xota cucontos casada bunda com celulite fotos velhagarotinhos bem noviinhos cone!ando a bater punhetacontos amigo dorme em casa esposacontos eroticos con pau de 24 cmfotos de novinhas mechendo na bucetinhajchupei os pezinhos da minha irman contos eroticoscontos eróticos entiada meu volumeGostosa inpregada durmino so di caucinha i o patrao tentando comelacontos eroticos gay eu sendo arrombado por dois amigos negros do caralhão grossoabri as coxa da minha esposa e.gosei. dentro da buseta gostosa delatrai meu marido bebado com seu amigo bebado na sala contosContos eróticos garotinha com garotoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos bucetinha cheirando mijoconto porno gay putinha de váriosFoderam gente contos tennsfilho t apa olhos a mae para preto foderprimeira vez que fui chupada por um homem casado eu virgemcontos de cú de irmà da igrejacontos eroticos/ coroa viciada analcontos eroticos tia na infânciahomens velho gay contoscontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadeContos de Capachos e submissos de garotasconto erotico coroa 60Vi minha irma gozandoe sitremendo todacontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecontos eroticos aluninhaCasada viajando contosCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESConto minha mulher pegou eu dando o cuPega minha xerequinha tio contos eroticosconto eu e minha colegaDei o Cuzinho Na Cadeia e Depois pro Pastor Contos Eroticoscontos eroticos esposa de micro shortCasada narra conto dando o cucontos eroticos casadas baile formaturacontos eroticos noite do pijama/mobile/css/animate.cssvidios pornu mulhe qUe gota de trasa vetida com fataziaConto erotico meti tanto q sangrouconto erótico de i****** em família devemos filhos da praiaMinhacoleguinhagostosaConto dei o cu no cine repúblicaf****** a b******** da minha enteada Camila e ela Gozou muito no meu paucontos lesbica fui sedusida banheiro boatyex cunhada safada casada com presidiáriocontos erotico farmaceutico macho negao fodendo gayconto erótico estuprada usando mini saiacontos eu minha esposa e um viadinhome comeram contos teenwww.porndoido.com.be/tio esfregando cabeça do pau na buceta novinha dormindoconto+fui+arebentada+negro+meu+maido+adoroucontos eroticos entre prima e primo na infanciaminhas amigas de quarto me pegaram na siririca e me comeramcomtos eroticos fui rouba e fudi a dona da casacontos eroticos amarradas e abusadas escravascontos eróticos fiquem sem calcinha procar meu paicontos eróticos de negrinhas que gosta de fuder com homem brancos mais velhosGostaria de ver contos eroticos de adolestentescontos eróticos prostitutaconto de marido e esposa e velho/conto_10246_a-irmazinha-tambem-quer-brincar--3-a-brincadeira.htmlver contos erótico está na real primo com prima gordinha gostosacontos eróticos com fotos esposas estupradas submissasconto erotico gay macho feminizado vira femeacasa dos contos sogras mais cunhadascontos gays- sexta do chaveiroContos casadas reais com permisao do marido