Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ENFIANDO NA MINHA IRMAZINHA DORMINDO E GOZANDO

Bem, o que aconteceu foi alguns anos, quando por motivos financeiros tive qie morar na casa da minha irmã mais velha. Trata-se de uma mulher sarada, seios medios, pernas malhadas, e uma buceta bem peluda e grande.



Viviamos nesta casa, eu, minha irmã, seu marido e seus dois filhos. Assim que fui morar em sua casa, minha irmã disponibilizou uma quarto sá para mim, que ficava de frente para a porta do seu quarto. E eu, como tenho um tesão enorme por mulheres mais velhas, todo dia batia uma punheta pensando em minha irmã. Com o passar dos dias, minha irmã começou a ficar mais a vontade com a minha presença e passou a andar em casa sá de calcinha e sutia, aquela visão era maravilhosa para as minha punhetas.



Em um certo dia, decidi que iria me arriscar um pouco mais. Passe a observar a minha irmã tomando banho pela janelinha de vidro que tinha em seu banheiro, aquilo me proporcionava punhetas maravilhosas, ve-la nua. Ela passava bons minutos se olhando em seu espelho que tinha no banheiro, enquanto isso eu tocava a minha punheta ate gozar loucamente.



Um certo dia seu marido viajou para clinicar no interior, ate então tudo bem, sá não contava que a minha irmã tinha marcado uma saida com uma amiga, muito gostosa tambem. Sairam por volta das 8pm e para a minha surpresa chegaram as 1.30am. Minha irmã me acordou, para pedir que eu ajudasse a colocar um colchão no seu quarto para que a sua amiga pudesse dormir, nisso pude perceber que ela havia bebido muito, então logo pensei: "Essa é a minha chance."



Coloquei o colchão como ela havia me pedido, e voltei para o meu quarto, com alguns minutos minha irmã entra no meu quarto para me agradecer pela ajuda sá de calcinha e sutia. Fiquei logo de pau duro e pensei: " E hoje!" Ao me levantar da cama pude perceber que a sua amiga tambem estava sá de calcinha e sutia, porque para a minha felicidade, minha irmã havia deixado a porta um pouco aberta.



Dei um tempo para que o sono pudesse pega-las. Nisso já estava com o pau pegando fogo, louco para fude-la. Marquei 20 minutos, quando abri a porta do meu quarto e olhei para o quarto da minha irma com a porta um pouco aberta, pude ve-las dormindo. Nisso fiquei doido, de pau duro, fui bem devagar e quando entrei pude me deparar com a cena dos meus sonhos. Minha irma deitada na cama de casal sozinha de bruços, sá de calcinha e sutia, com as pernas abertas, que me proporcionava uma visão linda da sua buceta, e sua amiga gostosa, sá de calcinha, deixando a mostra seus seios lindo, tambem de bruços.



Foi quando parti para o ataque. Primeiro fui ver a buceta da amiga da minha irma porque estava curioso. Puxei a calcinha da amiga da minha irmã bem devagar, e para minha surpresa se tratava de uma buceta rapadinha como gosto. Nisso cherei, lambi bem devagar, e fiquei passando meu pau bem de leve e depois lambi seu cuzinho bem gostoso, mas bem de leve para que ela não acordasse. Com isso deixei a calcinha dela na altura do joelho para que eu pudesse ter a visão daquele cuzinho e da sua bucetinha enquanto atacava a minha irmazinha.



Passei para cima da cama bem devagar para não acorda-la. Com isso tirei a calcinha da minha irmã, e pude ver aquela buceta que eu tanto desejava. Passei a chupa-la com vontade, enquanto tocava uma punheta, depois passei a chupar o cuzinho, minha irma fazia movitos,mas dormia profundamente, tendo em vista a quantidade de alcool que havia tomado. Entao decidi enfiar o meu pau em sua boceta. Passei a enfiar bem devagar, e quando percebi já estava todo dentro, ohei para o lado e a amiga da minha irmã estava acordado olhando aquela cena, na hora fiquei sem folego, foi quando a gostosa virou-se para mim e começou a se masturbar para mim observando aquela cena, fiquei mais louco ainda.



Com isso estoquei bem devagar na minha irma para que ela nao acordasse, enquanto olhava a sua amiga se masturbando, quando estava prestes a gozar tirei o pau de dentro da buceta da minha irma e coloquei na entrada do seu cuzinho, gozando loucamente em sua bunda, que chegou a escorer pela a sua buceta. Nisso a amiga dela que estava se masturbando, levantou-se do colchão bem devagar, subiu na cama da minha irmã e começou a lamber todo o gozo que estava escorrendo pela buceta e terminando no cuzinho da minha irmã, e com issi ela me falou bem baixinho no meu ouvido: "Agora voce vai ter que me fuder, senão eu vou gritar aqui!" E na mesma hora desceu da cama, deitou de frente no colchão que estava no chão, abriu as pernas para que eu tivesse uma visão linda daquela buceta raspada. Desci da cama, e com o pau duro passei a meter naquela bucetinha raspada com força, olhando o tempo todo para a minha irmã, com medo de que ela acordasse, quando ela disse que eu nao me perocupasse. pois a minha irma havia bebido muito, então nao acordaria, com isso passei a meter mais forte e mais rapido, quando disse que iria gozar ela pediu para eu meter em seu cuzinho porque ela queria gozar com o meu pau enfiado em seu cuzinho, nesse momento tirei meu pau da sua buceta, ela ficou de quatro, com aquela bunda (que era maior do que a da minha irma) bem empinada, foi quando meti bem devagar, com isso senti ela rebolando e mordendo os labios, quando ja não mais aguentando, falei em seu ouvido que iria gozar elame diz:" Goza seu cachorro, eu eu ja estou gozando" . Gozei maravilhosamente em seu cuzinho. Me levantei, dei uma lambida de despedida na buceta da minha irma e fui para o meu quarto. Quando vejo a amiga da minha irmã esta completamente nua no meu quarto e me disse: "Esqueci de chupar seu pau!!" E foi logo pegando e chupando meu pau, nisso pedi a ela que colocasse a sua boceta em minha cara para que eu pudesse chupa-la tambem, fazendo um 69. Gozamos nais uma vez. Ela voltou para o quarto da minha irma, ao acordamos no outro dia agimos como se nada tivesse ocorrido e com minha irma dizendo que havia dormido feito pedra.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos arrombei a bucetinha da minha entiada gordinha,sangrou bastantecontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadeconvidei o Celso para enrabar minha esposahumilhada e sem pregas contosconto erotico dona de casa dominada videornpossContos enteada acampandona academia com o padrasto contosxvidio.vagbuda.virgemcontos eróticos pegando a namorada bebada do amigo Contos eroticos coroa estrupadamulher de saia curta das pernas groça pornoirma vagabunda irmao caralhudo contos cunhado corninhocontos eróticos fudendo a prima e a tia com preliminarmenino safado do orfanato 2 conto erotico tenniscontos de cú de irmà da igrejacontos eróticos de pai fudendo filha no carroContos Mulatinha do titiocontos eroticos pai e tio me estupravam quando meninabeijo safado de um nerd conto eroticoMARIDO PÉ DE MESA CONTOS EROTICOS VERDADEcontos erotico comi cu da tia no conventoContos erótico a primeira vez conheci um pênisconto erotico familia praia nudismo sobrinha dormindo chãominha mulher tá ficando conclusão tem alguém comendo contos eróticostrepei com maninho contosContos erticos trouserao meu marido bebado pra casaRelato picante comi minha esposa no estacionamento do shoppingContos gay carnaval em Veneza conto tara crente bundudacontos reais de casais iniciando no swingcontos eroticos aposta na escolaconto eróticos gozei na boca da bahianinhaconto erotico ensinandocontos eroticos parte dois da helena e o padrastoEu tirei o cabaço da buceta da minha filha eu fiz um plano com ela era pra ela arranjar um namorado no colegio dela pra ela levar ele em casa pra ela fazer ele fuder a buceta dela pra ele achar que a buceta dela era cabaço conto eroticoEROTICO-minhas ferias lindascontos comeram a.bunda do marido e esposaConto erótico com neg contos eróticos metendo com casalUm tubinho uma menina virgem pode aplicar com ele dentro do burraquinho da vagina ou nao?conto erotico peguei meu marido trepando cõm minha irma na camaConto erotico, tenho.50 anos e transei com minha vizinha casada de 60 anoscontos eróticos comendo a cunhada gostosa em uma festa de fim de ano com família toda reunidahttp://contos eroticos completo peguei carona e fui estrupada na estradacontos eróticos de carona a mae e filhinhaPrimeira vez q dei o cu vestido de travestcontos eroticos anal iniciando minha filhinhaso contos de comendo a menina pobre da favelaEnsinando minha soblinha bunda grande a andar de carro contoContos eróticos teens tomando banho com meu irmãocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto eróticos dando o curso pra poder morarfilho adotivo contos eróticosconto erotico filha novinha puta gosta de apanharcontos eróticos esposa disfarçadoContos de mulheres que pegam marido com travesticontos eróticos vi meu marido mamandofudeno irma paralitica conto lesbicacontos de cú de irmà da igrejacomendo a mulher em frente ao marido contonamorado domado contos eróticoscontos eroticos nupcias mete amorgazar na vagina da sogra xvidioscontos eroticos meu amante arrombava eu e minha filha e meu marido descubriuarrombada no rodeio comtoscontos comi meu primo virgemcontos tia marta rabao e margaidasocando muita manteiga no cu e na bunda todaviagra pra minha mae contos eroticostenns gemeno e gritanocontos eroticos minhas filhinhascontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erótico meu dono colocou um alargador em.mimporno gay contos eróticos pegando priminho inocenteWwwloira casada negro da borracharia na casa dos contoscontos eroticos minha vo minha putaAmigos de meu filho eu provoquei e eles vieram conto eroticocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosdisvirginei a minha professora contos erodicosConto erotico entregadorconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeunoite maravilhosa com a cunhada casada contosmetendoo con vpontadi pornocontos eróticos homens sendo amamentadosVidio de bucetas emchadas napica grosacontos matei minha vontade sem querercontos eroticos pai e tio me estupravam quando menina