Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UM PRESENTE DE ANIVERSÁRIO PARA A SOBRINHA

Minha sobrinha não era ingênua, porém ainda era virgem. Tinha um namorado de quem gostava, assim como qualquer garota naquela idade. Tudo era normal em sua vida. O único problema era o tio safado (eu), irmão mais novo do seu pai. Na época eu tinha 26 anos e era muito safado; possuidor de um charme irresistível. Uma beleza máscula de homem feito modesta parte. E com um tesão descontrolado que não respeitava nem minha prápria sobrinha.

Sempre que visitava minha sobrinha, a assediava descaradamente. Na maior cara de pau dizia que ela era gostosa. Minha sobrinha ameaçava, diversas vezes, contar tudo para meu irmão, mas fazia isso com um sorriso nos lábios. Claro que não levava a sério sua ameaça, principalmente porque via sua calcinha com muita facilidade.

Essa safadeza vinha desde os seus 19 anos. Começou em uma tarde quando ela estava pintando as unhas do pé, usando um short curto. Percebi que podia ver sua calcinha. Ficava olhando. Ela notava meu olhar e não mudava de posição. Sorri para ela, sem disfarçar o meu tesão, deixando que visse o volume do meu pau duro pulsando na virilha. Ela respondeu com um sorriso safado, abrindo um pouco mais as coxas, deixando ver a calcinha branca empapada. Estava excitada com o tesão que despertei nela.

Desde então vivo dando cantada nela, mas sem insistir muito. Ela ia levando, driblando minhas cantadas e gostando da brincadeira, até ficando frustrada quando não a visitava e não a assediava. Um safado que ela gostava muito. O suficiente para sentar no meu colo quando pedia. Conversando animadamente, como se nenhuma safadeza estivesse rolando. Claro, não fazia isso repetidas vezes, nem quando estávamos sozinhos em casa. Devo dizer que também gosto da adrenalina de fazer tal safadeza sem que ninguém perceba.

Uma vez na escada do prédio enfiei a mão da sua calcinha, apalpando a sua boceta. Com delicadeza e cuidado alisei o seu grelo ao mesmo tempo que chupei seu peito! Ela teve um orgasmo alucinante.

Da escada para o quarto foi um pulo. Lambi sua boceta e o seu cu, pedindo com um tom de súplica pra enfiar. Incapaz de recusar, quando deu-se por conta, já estava enfiando o cacete todinho no seu cu. Minha sobrinha teve outro gozo explosivo. Ficou assustada com o que tinha acontecido. Tinha indo longe demais. Por isso quando vinha me visitar, ela me evitava, provavelmente temendo o que podia acontecer caso ficasse sozinho comigo. No seu aniversário de 19 anos, não foi possível me evitar. Adorou meu presente secreto. Uma lingerie super sexy. A festa transcorreu maravilhosamente bem. Ela estava se divertindo-se muito, dançando feliz todas as músicas com o seu namorado.

Fiquei imaginando como ela ficaria vestida na lingerie. Para isso teria de ficar sozinho com ela, que estava ressentida comigo. Estava na cozinha sozinho, quando de repente ela entrou. Tive uma grande surpresa: com um pretexto qualquer, ela levantou o vestido, exibindo parte do presente que lhe tinha dado. Suspirei o ar com tesão.

-Gostosa! Vamos até a escada? Pedi. Negou com uma risadinha excitada. A lembrança da nossa transa anal me enlouquecia. Não perdi tempo e puxei ela para a área de serviço. Sentada no meu colo, mais uma vez penetrei seu cu, provocando um voluptuoso gozo.

-Eu te quero! Quero a sua boceta! – Disse em seu ouvido.

- Para com isso - Ela disse.

- Te quero muito! Dá para mim... Falei.

Uma vez pelo menos! Não paro de pensar em você!

Minha sobrinha, olhando em volta, todos dançando ou conversando. Seu namorado conversando com seu “sogro”, sem imaginar que sua gata estava sendo cantada pelo tio.

- Não. Sabe que sou virgem... – Disse, sem muita convicção. A música acabou. Ela foi ao banheiro, limpar a boceta. Estava molhada, inchada. Percebi que foi muito difícil para ela me dizer não. De repente, entro no banheiro atrás dela. Assustada, disse: está louco?

- Louco de tesão – Respondi. Puxei ela pela mão. Entramos no meu quarto. Abrir a braguilha e ela não resistiu mais. Ajoelhada, colocou meu cacete na boca. Coloquei a camisinha e deitei-a na cama. Ela estava ansiosa e assustada com o que pretendia fazer. Enfiei a língua no rego da sua boceta. Quase gemeu alto de tanto prazer.

Penetrei sua boceta com uma única estocada. Ela sentiu uma dor fina quando o hímen rompeu totalmente, em seguida foi envolvida por uma volúpia sem igual. Ela disse que minha pica foi o seu melhor presente de aniversário. Nossos corpos estremeceram quando chegamos juntos a um orgasmo avassalador. Voltamos para a festa depois. Ninguém desconfiou que naquela noite minha sobrinha havia se tornado mulher.

Atualmente estou casado. Ainda olho com tesão para a minha sobrinha e, sempre que possível, damos um jeito de matar a saudade dos bons tempos.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto eróticos do sobrinho do meu maridotransei com meu sobrinhocomi minha filha pensando que era a minha mulhercomendo aenteada de cbelos cachiadosporno-jorando esperma em buceta gostosa usando siringarconto erotico gay o marido da minha irmacontos eróticos meninos de 25 anos transando com cachorro Calcinha Preta com lacinho vermelhoconto erotico viadinho com shortinho e calcinha é estupraadoWww.contos eroticos de mulheres no quartel.comcontos sogra punhetaimagens de conto de homem macho transando com negro macho entregador de gáscontos de cú por medocontos camioneiro pau muito grossocontos eroticos mae viuvacontos da mãe a lamber a cona da filhaMEU ENTEADO ME FEZ CHORAR NA ROLA DELE CONTOcantos eroticos muitapica no meu cucontoesposanuaContos peguei a muler da roçaespiando minha tia safada.htmlos meninos ficaram loucos contocontos em ilhabela com minha mulherporno tranzado com a madrinha dormindo sem semtirconto erostico meu namorado e o amigo me comeutia gostosa praiatraiContos eroticos fudim minha filha a foçacontos eroticos meu donovoyeur de esposa conto eroticominha tia chegou bebada e eu vi ela pelada oq eu façoconto erotico construcao estupradaEncoxador contosContos Reais Minha Mulher Me Chifra Com Pauzudoscontos viado arrombadocontos de cú de irmà da igrejacontos eróticos com comadrecontos de sexo com novinhas trepando com advogadosContos a amiguinha fielx vedio pai eintiadanora dis que viu sogro de pau durominha mulher caminha toda noite na areia da praia conto de cornocontos eroticos papai me perdeu no jogoconto erotico de minha titia rabuda la em casa na cosinhaO amigo dele me comeu contoscontos eroticos: sobrinha no coloconto efotico minha cunhada e eu nos apaixonamoschupada buceta contocontos eróticos meu filho virou trqvestir Contos-esporrei na comida da cegaContos eroticos transcontos eroticos duas primaaudio conto eroticos aluno comendo a professorawww.xconto.com/encestocontos eroticos o muleque comeu meu rabocontos eroticos transei pelo celularconto erotico ana mAria 49 anosenchemos a boceta de porrapassinho de várias lésbicas se chupando uma volta sem pararViadinho Na Africa Contos Eroticoscontos eroticos esposas no swingcontos eroticos viajando com meu irmaocontos tirar leite eróticoscasada que gosta de apanhar traindo porno contofui convencida por um dotado a dar ra ele sendo eu casada e crente contos eróticosconto erotico com meu sogro peladocontos eroticos eu era virgema loira e o cavalo contocontos o pau do enteadocontos comi o cu da idosa estorei elcontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erotico chupando pau com sorveteContos eroticos eu paguei pra fuder a minha sobrinha casadacontos minha mulher com um dotado mi fez chupa elesou uma mulher casada mais adoro trai meu marido adoro da minha bucetinha meu cuzinho a outro homem e tambem adoro chupacontos erotico de angolapornô grátis boa f***.com só contos preta peituda transando com genropintinho durinho molequecontos eroticos apostou mamae com os amigosO amigo do meu marido fodeu minha buceta e cuconto erotico funk perdi tive varioscontos eroticos quero fudertrai meu marido com um moto taxi contocontos eroticos de humilhaçãocontos eroticos aluninhabotando a patroa pra gozarconto erotico flaguei meu marido masturbando nosso dogcontos eroticos vingancde calcinha na frente do meu pai contoscontos eróticos lésbicas casada vira escrava da vizinhaquero ler conto erotico c/ sobrinha virgematolando nas cachora no ciocontos eroticos cu de esposa vermelho cheio de porra com fotofiquei com um maloqueiro conto defrentezoofiliadando bobeira de baby doll em dentro de casacontos amigo so folho pintudofilhinha curiosa contos eroticosHomem mais velho iniciando duas meninas novinhas as chupar pica contos eroticoscontos eróticos perdi minha esposa para arrumar um amante para elamacho coñoca calcinha e da o cucontos eróticos comendo a minha filha caçula na via