Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODIDA NO MATO

Fodida no Mato.



Olá, está histária que eu vou lhes contar é real e aconteceu há alguns meses.

Me chamo Sheila, tenho 24 anos, sou loira, tenho bunda e seios fartos, do tipo que deixa qualquer homem maluco.

Tudo aconteceu quando estava voltando do trabalho, sou estagiaria numa multinacional, portanto tenho que andar sempre de roupa

social, aí eu aproveito para valorizar o meu corpo, vestindo roupas sempre chamativas. Este dia estava vestindo uma mini saia

preta com uma mini blusa branca com um decote que mostrava bem o tamanho dos meus seios. Este dia ao chegar no ponto de

ônibus tinha um moreno alto, bem forte, olhos verdes, parecia um colegial, sempre tive tara por colegiais mais como são novos demais, naum daum conta

do recado. Ao subir no ônibus que estava lotado, ele naum parava de me olhar,confesso que estava ficando até meio sem graça, até que ele

que ele ficou atrás de mim e na primeira curva que o ônibus deu ele me jogou contra o banco, jogando todo peso de seu corpo pra cima

do meu, na hora fiquei sem reação, pensei em virar a mão na cara dele mais, de alguma forma aquilo me excitou tanto que eu resolvi dar uma chance

a ele. Toda curva que o ônibus dava agora era eu quem roçava minha bunda na rola dele que alias estava bem dura. Chegando no meu ponto

acho que ele entendeu o convite e desceu atrás de mim. TInha uma rua perto de casa que sá era mato, segui para a mesma e ele continuou me seguindo

até que, eu resolvi entrar no meio daquele mato todo, olhei para trás deu uma piscadinha, empinei minha bunda e pronto, ele veio que nem

um animal pra cima de mim, confesso que aquilo tudo me excitava. Nos despimos feito loucos, ajoelhei e paguei um bokete pra ele,

ora engolia tudo, ora chupava as bolas, ele gemia feito louco, fiquei com medo de alguém escutar e vir ver o que acontecia mais otesão falava

mais alto, eu com aquele cacete enterrado na guela. Num momento de loucura ele me pegou pelos cabelos, me deitou de barriga pra baixo

mirou seu cacete na porta da minha xana na hora tentei argumentar pois a gente nem se conhecia e ele tava se camisinha, fiquei com medo de engravidar

mais ele sem pensar enterrou tudo de uma vez, me fazendo soltar um uivo feito uma cadela quando leva uma enterrada profunda. Foi aí que ele começou

um vai e vem frenetico, aquele garoto fodia que nem um homem, bombava forte com estocadas profundas e ininterruptas, socava forte

apertava meus peitos, me chamava de cadela, de puta, de vagabunda, e aquila me excitava ainda mais, naum aguentando mais comecei

a berrar feito uma louca e gozei, melando todo o seu pau com meu melzinho. Foi aí qeu ele disse que queria realizar uma fantasia aintiga

comigo, eu disse que aceitava o que ele quisesse, ele entaum me mandou cavalgar naquele pauzão, foi o que fiz sem reclamar, cavalguei , domava feito uma amazona

aquela jeba, domava com maestria, ele nessa hora começou a enfiar o dedo no meu cuzinho, uma hora um outra dois, até que depois de muito cavalgar

ele me botou de 4 e enterrou de uma vez no meu cú, essa hora eu gritei, nunca tinha sentido dor tão grande pois meu cú era virgem e o

pau dele era enorme, ainda tentei argumentar: para, para ta doendo para, para, ai, uuuhhhhhh, que delicia, mete agora, isso vai me

arromba todinha, vai naum para meu garanhão, quando vi já tava fora de si dizendo coisas que nunca sonhava em dizer pra homem nenhum

mais quele me deixava louca, e ele dizia: "AH, tá gostando sua puta, entaum toma sua cadela, vo dexa esse cutodinho arrombado, sua vaca

aí, depois eu qeuro goza nessa sua boca maravilhosa, você vai deixá não vai? Na hora respondi que sim, nunca tinha deixado ninguem

fazer isso mais pra quem tava dando o cú, sem camisinha, nessa hora eu pensei comigo mesm vou até o fim. Ele já naum agunetava mais

me foder foi aí que ele tirou de dentro, me puxou pelos cabelos, enterrou na minha boca, e despejou todo aquele leite, gozou tanto que quase me engasguei

com tamanho volume. Engoli tudinho e foi muito bom, nos despedimos com um longo beijo, e nunca mais nos vimos. Agora quero

ser penetrada e gozada por vários machos se quizser me ajudar entre em contato. Quem sabe vc naum me ajuda hein?

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos da viuvinha peludaconto herotico eu meuamigo sandado minha irmConto erotico tirou o cabaco da casadinhaquando eu estava com o meu namorado e ele estava chupando o mwu peito ele me chamou de safada o que sera que ele quis dizer com issocontos de negão advogado comendo loira clienteeu quiero dois paus na buceta contos eróticossafada desde pirralha contosCONTOS EROTICOS DE SENHORAS FUDENDO COM GAROTOScontos eroticos com menina de 07anos na praiaconto erotico abusarao mim metroContos,erotico de mulher casada da na,zona,ruralmeu amigo negao forçou e fudeu minha loira contoscontos de homens relatando sobre o crescimento do pênisContos eroticos novinha desmaia de tanto gosacontos vendo minha prima sendo fodida pelo namorado acabei dando tambe betinhacomendo cunhada asm que minha mulher saigarotada vem bucetinha pela primeira vezconto de masoquismo com meu pai me violandocontos eroticos fingi que estava dormindocontos eroticos filha pequenamae acorda de fio dental vai na varandavoyeur de esposa conto eroticoConto erotico mijaram dentrocontos crossdresser minha mae me fez meninacontos de mecânicos casadoscontos pornos bi irmos na praiacontos comendo o cuzinho da fazendeiraContos.encesto.mae.de.lutadocontos eroticos vovô e netinhosDei o rabo no estoque contoscontos eroticos surubasestou ficando louco pela filha de minha mulher incestoestrupei minha amiga sadomazoquismo conto eroticoConto nem acreditei mas tirei o cabacinho da menina.Contos eroticos amadores dividi minha esposa com meu patrão do sítio que moramosconto erotico espiando pelo buraco da fechaduraconto erotico viadinho de shortinho e calcinha no witioconto sobrinho timidoContos eroticos:trai meu marido quando viajei de ferias com meu cunhado.contos erotico pba giracontos papai passando bronzeador em mimvoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos calcinhas usadas da mulher do amigoEngolindo a piroca do irmozinho contoseroticosminha esposa me contou suas aventuras sexuaiscontos eroticos chantagiei meu padrastobianca casada dando a bunda ea buceta contos eroticoscontos de cú de primacontos eroticos dando pro vizinhosou puta do meu cachorrocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaloira cris casada fode com negao contos eroticosmeu policial chupou meus seioscontos dois gemeos chupandocontos eroticos corninho safado titio caralhudo noiva putinhacontos eroticos crente coroa peidando no paucontos eróticos homens sendo amamentadosna lua de mel contosconto erotico fico tarado quando limpo com a linguA porra da bucetacontos eróticos namorada safadaenteadadormiu bebada sem calcinhaconto erotico viadinho de calcinha no citiocontos eroticos camisolaconto erotico a calcnha fedida da minha tiacontos eroticos pensei que era uma xota era uma rolacontoseroticos d sexos de camioneiro comendo travesti na estradacroa de pernas abertas dando pro marofoconto eroticos gay . na saunaincesto meikilacontos eróticos de casadas evangelicas vagabundas dando tudo por tesãocontos eróticos: fui iniciada e transformada em mulher por meu tio parte 2contos eroticos comi a corretora gordinhacontos de incesto minha filha se tornou um mulheraoSou casada mas bebi porro de outra cara contosviuva com fogo contos pornocontos e historias de zoofilia meu cachorro mamou nos meus peitos cheios de leitecontos excitantesde sexofui chupada igual uva contosfoda interracial dezenho foda com a sinhacontos de corno esposa com dois e comendo cu do espososonhador contos eróticos i****** mãe e pai f****** a b***** da filhacontos heroticos gay meu primo de dezessete me comeu dormindo quando eu tinha oito anosconto erotico ajudei a estrupar minha namoradaContos d uma mulher virgem amarrada no curral e estuprada