Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA PRIMEIRA VEZ FOI COM UM AMIGO...

Oi, meu nome é Rafael, sou de Goiânia-GO, e estou aqui apenas para contar minha experiência, para ser mais exato, minha primeira vez com um homem. Sou branco, 1,71m e 70 kg.



Eu sempre gostei e gosto de meninas. Sá que há 2 anos atrás eu tive uma namorada que me convenceu a deixar ela enfiar o dedo no meu cuzinho durante a transa. Depois de muitos dias de insistência, eu acabei deixando.



Ae começou tudo. Toda vez que ela fazia isso, eu sentia cada vez mais tesão. No começo, ela enviava sá um dedo, depois dois, depois três e, finalmente, quatro dedos. Depois de quase um ano de namoro e muito prazer, nás terminamos.



Então eu começei a me masturbar e enfiar eu mesmo o dedo no meu rabinho. Com uma mão eu masturbava e a outra mão eu enfiava os dedos no meu cuzinho. Certo dia, eu cheguei da faculdade e, sempre que chegava, não tinha ninguém em casa, pois meu amigo que mora comigo no mesmo apartamento e divide o aluguel saia cedo para ir ao trabalho. Então eu tranquei a porta do apê e fui direto para meu quarto, e como "estava sozinho" não fechei a porta do meu quarto. Quando comecei a tirar a roupa, senti vontade de me masturbar. Então comecei a bater uma e, depois de um tempo, para ficar mais interessante, fiquei de quatro, pequei um gel lubrificante que sobrou do tempo que eu namorava, passei no meu cuzinho e comecei a enfiar os dedos.



Quando eu estava quase gozando, não sei porque, olhei para a porta e lá estava meu amigo Rogério (nome fictício), me observando. Fiquei sem saber o que fazer. Então perguntei porque ele não estava no trabalho, ele disse que o celular dele não despertou no horário, e ele preferiu matar serviço. Ele disse que estava deitado, ouviu eu chegando da faculdade e decidiu ir me ver. Aí ele entrou, estava com um short, sem cueca, e eu percebi que o pinto dele estava duro.



Então ele entrou, começou a falar comigo, dizendo que eu não precisava me preocupar, que sempre observava minha bunda, que é bastante empinadinha, mas nunca me falou nada porque pensava que eu sá gostasse de garotas. Então começamos a trocar beijos e carícias. Fiquei assustado no começo, mas logo me acostumei. Ele me disse: "Quero ser seu macho hoje"



Então ele deitou de barriga para cima, e mandou eu ficar de quatro, por cima dele, sá que ao contrário. Então ele mandou eu bater punheta e chupar o pinto dele. O pinto dele era maior e mais grosso que o meu, uns 19 cm. Eu obedeci e ele começou a enfiar os dedos no meu cuzinho, que estava todo melado de lubrificante. Eu chupava o pinto dele e ele começou a chupar meu cuzinho também e eu comecei a gemer de prazer. Como eu sinto muito tesão no cuzinho, então eu acabei gozando.



Ele quando viu que eu gozei ele me disse que não tinha gozado ainda e que queria gozar também. Então ele me colocou de quatro, e começou a enfiar o pinto dele no meu cuzinho, bem devagarzinho. Depois, ele começou a tirar e colocar, fazendo movimentos lentos. Eu disse que estava doendo. O pinto dele era muito grosso e entrava sá a metade e não entrava mais. Então ele mandou eu empinar um pouco mais a bunda, passou mais lubrificante no meu cuzinho, acariciando ele enquanto eu batia uma punheta. Logo, meu pinto começou a endurecer de novo. E eu mantive a bunda mais empinada. De repente, o Rogério abriu bem a minha bunda, deixando meu cuzinho bem a vista. Então ele disse: "Que cuzinho lindo", eu disse para ele possuir todo aquel cuzinho e então ele começou de novo a me enrabar, no começo, devagar, eu virei a cabeça e vi ele enfiando todo aquele pinto dentro de mim, começei a sentir tesão e a pedir mais, então o Rogério começou a me enrabar mais rápido, dizendo que nunca tinha experimentado um cuzinho tão gostoso. O pinto dele entrava e saía facilmente, de tão lubrificado que meu cuzinho estava, e a essa altura, eu já tinha acostumado. Então eu gozei de novo e o Rogério com movimentos frenéticos gozou logo em seguida. Foi delicioso. Inesquecível. Ficamos ali, na minha cama, deitados e cansados.



Mais tarde, eu peguei um espelho e olhei meu cuzinho, estava todo arrombado e um pouco dolorido. O Rogério agradeceu e pediu desculpas, e me disse que eu precisava ficar uns dias sem dá o cuzinho, mas que ele me comeria sempre que eu quisesse.



Depois, ele me comeu outras vezes. No final do ano, ele foi embora para a cidade dele, e hoje eu tenho namorada, mas nunca esqueci os momentos deliciosos que eu tive sendo enrabado...



Gostaram??? Me dê uma boa nota...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


ler contos eroticos com fotos trasei com uma velhaMeu marido é corno e viadocontos de escravas casadas realTennis zelenograd contonora novinha banhano peladinha pro sogro ver/contoseroticosmetendo na irmã dormindo boa f***contos minha bunda ernome encoxada de pau super durocontos eroticos comi a vendedora evangelicaconto erótico viadinho vai morar com os tios e tem que usar calcinha e short de laicracontos de coroa com novinhocontos sou baiana e adoro paus grandesconto porno espiando a filhinha com o cachorroPiru grande p titia contoscontos Recém casada traindo marido com dono da casacontoseroticomenininhafilho aromba o cu da madastra que grita ta,doendomulher escanxa no cachorro e goza gostosofudendo pra valer com tubo de gel no raboenfiaram uma bucha no cu do estupradorconto erotico colegial virgem sentindo desejocontos eroticos menininha safadacontos de putaria em familiacontos sacsnagenContos erocticos dei comprimido ao velhoO porteiro amigo do meu pai me fodeu contoeroticoeu estava raspada contos de esposa acanhadavoyeur de esposa conto eroticoMamae da a xana peluda pro filho novinho(pornodoido)foto de mulheres que traem os maridos de Hortolândiaconto erótico de tiazinha rabudacontos papai i eu na sala com um amigoperdi mimha virgindade com um consolo contoconto irma dormindocontos eroticos feminino cunhadoLindas esposas morenas turbinadada contos eroticosBridge safadinha dando a seu marido em sua casacontos esposa bundacontos sex fui tratada como putaconto vilma convence fred ser connocontos betinha vendo a irma sendo fodidaconto erotico virgem motoristaContos mim comendo no matocontos er com negcontos porno esposas estuprados submissoscontos eroticos: menina por desconhecidocontoscontoseroticos teen pauzaocontos eroticos minha filha veio passar as ferias e trouxe seu.comedorconto erotico como cu da minha avosanba porno gei comi meurmao maisnovo dormodoO primo do meu marido fudeu meu cuconto fui pego na punhetacontos eróticos de Joanamenina dormindo de calcinha cinza sendo abusada pelo pai pornoDedo na xoxota contoscontos sobrinho negroroludocontos bdsm erposas escrava submissa martaContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de mulheres desconhecidascu da titia com manteiga xnxxFuderan meu cu e minha esposa ajudou os carascontos crentescontos de incestos detei de conchinha fiquei de pau durocontos eroticos gay mamando leite grosso do aposentadoconto erotico deidinheiro a minha maecomeu minha bundinha contosvideos sexo minha cunhadinha loirinhas bem novinha viu eu tomando banho e qui meda tudomae amigo contoContos erotico me exibicontos porno os amigos de papai fuderam mamaequero uma buceta envolvendo meu pauContos eróticos amiga da minha mae me tirou a virgindademeu irmão me convenceu contoseu vi a buceta da minha irma conto eroticocontos eroticos gay o pastorconto mandei fazer fila pra mim chuparconto erótconto lesbicsconto erotico infancia brincando sem calcinharelato conto: meu me incentiva a usar roupas provocantescontos eroticos eu minha mulher e um veadocontos eroticos-fui malhar com minha tia e acabei comendo o cu delacontos vizinha feiafui dominado por uma mulher mais velha conto eroticoConto ertico. Minha adrasta. Bebiacontos eroticos gay o inicio de tudocontos eróticos fodida com sadismochupando a esposa gozada de biquininhopeguei meu pai comendo meu amigo conto eroticocarnavaldeputariascontos casada bunduda vivinho chapeleta grande