Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MARCELINHA CURIOSA E SAFADINHA

ola, meu nome é felipe tenho 26 anos alto magro corpo atletico, vou lhe contar algo que aconteceu comigo feriado de finados de 2010.

numa bela tarde de domingo, fomos para a chacara de um amigo para passar o dia, onde estava a familia dele e uns amigos e amigas nossos. Ficamos a manha toda comendo churrasco e bebendo e as crianças nadando.

No meio dessas crianças estava uma menina linda de 19 anos, chamada marcela sobrinha do meu amigo , uma delicia de menina com um corpinho em formação, peitinhos nascendo pele branquinha e um bikininho azul, um tesãozinho.

Quando passava das 1 horas da tarde ja tinha ido muita gente embora e o resto do pessoal q ficou entrou na casa e eu fiquei bebendo no quiosque do lado da piscina onde marcela seu priminho e sua priminha flhos do meu amigo estavam brincando. Eles estavam euforicos brincavam muito, quando marcela gritou pra mim se eu naum queria brincar com eles, eu ja meio tonto por causa da bebida aceitei, tirei minha bermuda fiquei de sunga e entrei na agua com eles.Brincava muito com eles ate que marcela montou em mim de cavalinho com as mãos abraçando meu pescoço e as pernas abraçando minha barriga e eu segurando ela pelas pernas, quando de repente a perna dela começou a roçar com os pés em meu pau que começou a dar sinal de vida, e eu fiquei surpreso pois nunca tinha tido atração por meninas daquela idade, fiquei meio sem graça mais ela muito safadinha acho que percebeu e não parava de esfregar os pés no meu pau que as essas alturas estava quase rasgando minha sunga.Eu cheio de tesão por aquela menininha safadinha e já meio tonto de tanto beber com as minhas mãos segurando seu perninha, passei a segurar ela por traz colocando minha mão na sua bundinha, vendo que ela não reclamou pensei em ir em frente e com o dedo comecei a alisar sua xaninha, enfiando meu dedo pelo lado do biquíni chegando a alisar seu rachinho um suave movimento e sentindo aquela xaninha lisinha,quando ela em meu pescoço sussurrou”uhmm” perguntei pra ela se ela estava gostando do carinho e ela disse que sim e eu percebi que ela tava adorando.Continuei por algun tempo acariciar aquela xaninha ate que percebi que ela estava toda molhadinha e resolvi por meu pau pra fora e peguei os pés dela e com eles abraçei meu pau e comecei um movimento de vai e vem, e ela muito safadinha me perguntou o q era isso eu disse nada não sá não para.ela continuou e quando eu estava prestes a gozar pedi pra ela parar.Ela paou e desceu de cima de mim e foi saindo da piscina e se enrrolou na toalha e foi tomar banho.Nisso os primos dela também saira e foram pra casa.

Com tudo isso eu fiquei com muito tesão e também fui pra dentro da casa já que tinha começado a chover, e como não tinha nada pra fazer tava todo mundo dormindo fui pro computador acessar a internet.

Estava vendo meu Orkut quando Marcelinha entrou na salinha do computador com um vestidinho branquinho e pediu pra eu adicionar ela. Falei pra ela vem aqui entra no seu e me adiciona você.Ela veio e pra minha surpresa sentou no meu colo e começou a navegar, quando então senti um enorme tesão pois ela tava cheirosinha pois acabava de tomar banho,e meu pau começou a ficar duro ,ela acho que percebeu se ajeitou e ele não parava de crescer(Deve ter uns 20cm).Entaum ela me perguntou o q era aquilo que tava incomodando ela e eu respondi que era meu pinto.E eu logo fiz uma pergunta pra ela , você já viu um pinto hein, ela disse que não,e então eu entrei num site de pornografia e mostrei um vídeo pra ela onde a mulher tava chupando p pau de um cara.Ela muito assanhada falou nossa que grande que é e porque que ela ta pondo ele na boca, dai eu disse que era coisa de gente grande que um dia ela iria saber.então ela me perguntou porque o seu ta grande assim, eu disse porque você ta me deixando louco sentadinha no meu colo.logo depois ela pediu se podia ver meu pau, e meio sem jeito disse que sim mais ela não poderia contar pra ninguém e ela logo concordou.Fui ate a sala pra ver se estavam todos dormindo mesmo e quando vi que estavam voltei pra salinha fechei a porta abaixei a bermuda e coloquei o pau pra fora que nessa alturas já estava duro que nem rocha.Ela admirou ele por alguns segundos e falou nossa é maior que o o cara do filme...eu dei risadas e perguntei se ela queria pegar nele, ela disse que sim e com sua mãozinha pegou nele, pedi pra ela fazer movimentos de vai e vem e ela logo fez dando risadas e depois pediu pra chupar igual a mulher do filme e fez direitinho ate que eu quase gosei e pedi pra ela parar. Pedi pra ela pra deixar eu ver sua xaninha e ela começou a tirar aquele vestidinho branco, ficando de calcinha e com os peitinhos ainda nascendo pra fora, fui pra cima dela abaixei sua calcinha e dei de cara com a xaninha mais linda que eu já vi na minha vida branquinha com os labiozinhos rosados e uma penujem douradinha, logo tratei de acaricia-la pegando em seus peitinhos e beijando seu pescoço, abaixando cada vez mais ate chegar na sua xaninha. Coloquei ela em cima da mesa abri suas perninhas e chepei muito sua xaninha ate perceber que ela tava toda molhadinha. Coloquei a pontinha do dedo nela e ela deu um gritinho, perguntei se estava doendo ela disse que sim mais que estava gostoso, então continuei ate que entrou todo o meu dedo.falei pra ela , agora vamos fazer uma coisa mais gostosa ainda você vaia adorar, ela perguntou o q é, eu disse abre suas perninhas, ela abriu eu logo coloquei a cabeça do meu pau na entradinha dela e fui roçando ate a cabeça entar,quando entrou ela deu um gritinho eu disse calma relaxa vai doer sá um pouquinho e já vai parar e vai ficar gostoso.Fui forçado e foi entrando. Ela com carinha de choro pedia pra parar mais eu louco de tesão pidi pra ela relaxar e fui forçando ate que entrou ate a metade.começei movimentos de vai e vem ate que ela olhou e falou sera que vai caber tudo em mim.Eu disse que sim e numa estocada muito forte enfiei tudo e ela deu um grito e começou a sangrar.Perguntei se ela queria que eu parasse ela disse que não que estava gostando mais era pra eu ir mais devagar.obedeci ela e comecei a bombar e beijar seu pescocinho ate que quando percebi que iria gosar perguntei se ela gostava de leite, e ela disse que sim ,então falei pra ela que eu iria dar meu leite pra ela beber. Tirei meu pau daquela xaninha molhadinha que ficou toda vermelhinha e fui pro lado dela peguei na cabecinha dela pedi pra ela abrir a boca coloquei meu pau na boca dela fiz uns movimentos de punheta e enchi sua boca com meu gozo. Forcei a cabeça dela no meu pau ate sentir sai a ultima gota , ela quase engasgou e engoliu o que deu e o resto começou a escorrer pelo seu rostinho.

Levantei ela perguntei o q ela tinha achado ela respondeu que tinha adorado e que iria querer mais, então respondi outro dia quando a gente fikar sozinhos de novo, e ela me respondeu que iria sempre me visitar no meu apartamento pra gente se deliciar.

Eu claro adorei isso e passei a comer ela sempre quando dava.

Espero que tenham gostado.

Abraços

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto casada com cornomeu marido virou corno do pae delemeu genro me comeu contospomada pra fingir ser virgem e sangrar no sexoContos gozei com nerd grandecontos erodicos comi professoras juntascheirando os sapatos da minha amiga contos eroticoscontos negao borracheiro comeu minha bucetahistoria quadrinho eroticos de sexo na chuva bidona jandura conto eroticoconto erotico gay seduzindo o tio velho coroa grisalhoMEU ENTEADO ME FEZ CHORAR NA ROLA DELE CONTOpraia guaratuba contos sexomulher emsabuando bucetacontos eroticos patroa puta empregado caralhudon aguatei a piroca do meu padrinho no cu eu de saia contossurra vaginal amordaçada contoConto de vadia de quatro no bar metendo com muitos machoscontos eroticos o ventotroca x troca feito com amigo e dando o cu contosdois primoscontos eróticos minha calcinha rasgadaO amigo dele me comeu contosminha filha chantagista contospadrinho comer afilhada cem pentelhomulher da um grito cachorro éra soca pica cú da mulherContos eroticos cuzinho dificilcontos eróticos de Zoófila - empregada foi amarrada e castigadaele implorou e eu engoli sua porracontos de esposas putasgarota pauzeraconto gang bang com crentecontos menage peitoes vaiMinha sobrinha pediu para eu dar um shortinho de lycra pa ela usa sem calsinha para mim contoscontos de cú de coroa religiosacontos eroticos minha mae e meu irmao Contos madrasta putacontos fui passear com minha esposa na casa de um amigo e virei cornohttps://www.cnnamador.com/velho-comendo-novinha-travesti-dentro-do-banheiro-da-boneca-safada/contos uma menina me seduziuContos mim comendo no matovidio negao fes travesti loirinha urra com baita pau ate o talo no cuzimvi minha cunhada dormindo vi minha cunhada dormindo comecei a comer ela acorda assustadacontos eroticos calcinhas usadas da mulher do amigoeu marquei um encontro com a esposa linda e gostosa do meu sobrinho ela entrou no meu carro eu levei ela pro motel conto eróticosenti que meu marido queria ser corno contoduas mulher do Jordão baixo chupando b*****mulher dando a buceta no salao da foliacontos eroticos cachorro cheirando minha rolaConttos eróticos de incesto que delicia de buceta mae to adoramdo te comercontos eroticos minha cadelinha manhosaContos eroticos gay olixeiroConto papai mg fudeu de jeitoconto irma com tesaocontos eróticos minha mulher tem sono pesadoconto o inimigo do meu pai me comeu conto - bucetinha novinha cheirosa e depiladacontos eroticos comi a bunda da minha tiaconto vilma bety decimo parteContos porno com o papaiporno club contos eroticos de meninos gaystraindo porteiro pai grande contosContoseroticosnoivascontos eroticos meu genro pausudo arregacou minha bucetaContos de gang bang com dotados novinhaa chamada cadela incestoxoxota doce contoscontos gay brincado de esfrega esfrega acabou em sexomulher emsabuando bucetaSou casada mas bebi porro de outra cara contosContos menininha pequena deixou homem comer seu cuzinho por doceeu sei que ele quer um pau, contos