Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ME MASTURBANDO DEPOIS DA AULA



Oi, sou Flávia, tenho 19 anos, sou branca, olhos e cabelos castanhos e lisos, bunda gostosinha, peitos médios, labios carnudos não sou daquelas super gostosas, mas eu me considero tesudinha, bonita e safada e tem quem goste.

Pra mim sexo é tudo ! Adoro transar, mas não largo mão de uma boa masturbação, sozinha no quarto e com mta calma, sá curtindo.

O conto que vou escrever ocorreu sexta feira passada, na minha primeira semana de aula do ano.

Depois de férias bem intensas eu ainda queria mais, claro, e quem não quer ? Chegou a sexta feira que estava bem quente e finalmente, quando não estou menstruada, me livro da calcinha para ir à escola - para mim toda garota que esteja no colégio deveira se dar ao luxo de experimentar ir para a aula um dia sem calcinha - :P Ah, sempre uso, faça sol ou neve, o mesmo uniforme, tênis branco, meia curta, blusa que cortei para aparecer minha barriga e o shortinho de helanca com várias dobras para encurtar. O dia foi bem light, joguei futebol com os meninos na educação fisica, levei varias encoxadas, depois fui para o vestiário com minha melhor amiga q tbm jogou, para tomarmos um banho, brincamos um pouco no chuveiro (adoro economizar água) uma com a outra e se eu já estava cheia de tesão, imagina agora. Ela me pediu o meu uniforme emprestado pq iria sair com um carinha logo depois da aula e queria provocar ele, ela é sempre vigiada pelos pais então usa um uniforme mais comportado, uma blusa maior e o modelo antigo do short q tem uma helanca mais grossa. Então trocamos nossos uniformes e ela me deu o nosso pequeno vibrador que na quita tinha ficado com ela que estaria sozinha em casa e poderia usar sem problemas.

Saímos do vestiario e fomos para as ultimas aulas. Eu não me aguentava mais ali cheia de tesão e doida pra me tocar, a sorte eh q o tempo passou rápido e logo fui para a casa.

Cheguei em casa e não havia ngm em casa, fui para meu quarto, sentei na cama e tirei o vibrador da mochila, dei uma lambida nele para tentar pegar um pouco do suquinho de minha amiga q poderia estar nele, me levantei e fui para de frente ao espelho, ccomecei a passar o vibrador pelo meu corpo por cima da roupa, arrebitei o bumbum e passei a mão nele apertando com força, deslizei a mão pela coxa e peguei o vibrador, dei umas batidas com ele na minha xaninha, com o dedo coloquei a costura do short dentro dela, do jeito q eu adoro, logo já via o short ficando molhadinho. Levantei a blusa, passei o vibrador pela minha barriga e umbigo, Tirei a blusa e o tênis, ficando sá de top e shortinho. Fiz mais algumas poses sensuais na frente do espelho, numa delas me ajoelhei com as pernas abertas, com o movimento eu fiquei mais molhadinha ainda. Puxei meu top para baixo, deixando meus peitinhos livres, lambi o vibrador e passei em meus mamilos várias vezes enquanto passava a mão na minha xaninha por cima do short q já estava todo ensopado com meu cremezinho e suor.

Me coloquei de 4 e abaixei um pouco o short, dei mais uma lambida no vibrador e olhando no espelho enfiei o vibrador na minha xana com facilidade. levantei o short de novo e me sentei com as pernas abertas, coloquei minhas mãos por dentro dele e comecei a me masturbar com o vibrador, primeiramente bem devagar, num vai e vem bem lento, tirava o vibrador da xaninha e dava uma lambida nele, aumentava a velocidade aos poucos, com o dedinho passava ele no meu clítoris, comecei a me masturbar bem rápido, cada vez mais rápido, me deitei para ficar numa posição melhor, comecei a gemer baixinho. Fiquei mais uns 5 minutos me masturbando rapidamente até que com o braço doendo acabei gozando. Gemia alto enquanto passava o dedo no meu clítoris. Ainda meia tonta me levantei e puxei o short da minha amiga para dentro de minha xaninha deixando ele chupar todo meu melzinho. Estava saciada por enquanto.

Tirei o short todo melecado, ainda dei uma lambida nele pq ngm é de ferro rsrsrs e dobrei junto com a blusa da minha amiga, fui para o chuveiro e tomei um banho. De noite minha amiga aparece aqui em casa pra me devolver meu uniforme e eu o dela. Ela estava toda acabada, peguei meu uniforme e dei uma olhada, todo cheio de porra seca e sabe-se mais o quê. Ela olhou pra mim e deu um sorrisinho sem graça dizendo - É sá lavar. Eu ri e disse, tudo bem, mostrei o short dela todo manchado tbm. Rimos bastante, eu contei o que fiz e ela me contou o q ela fez. Olhei minha roupa de novo e falei - Quanta porra ! Tem certeza que foi sá um carinha ? E a safada me responde: Hum... não sei...



E ai, gostaram ? Me mandem msgs !

[email protected]

Bjs para meninos e meninas !

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


mehlores contos eroticos orgamos com paiconto erotico safadesa no cinema com travesticontos eroticos de padrinhos super dotados comendo casais e comadrescontos e historias de zoofilia meu cachorro mamou nos meus peitos cheios de leitecontos erotivos de velhos chupando seiospornô com magrinha dos peitinho duro e c****** empinadoContos de Capachos e submissos de garotasmeu corno .e seus anmigos comedores do meu cu .contos c/fotoscontos de coroa com novinhoContos de esposa gostosa acompanhado marido numa festaComigo por um cachorro gay contosminhas sobrinhas conto eroticocontos eroticos estrupador gozou dentro das mulheresconto erótico fui chantageada pelo meu primo Fernando que comeu a minha mulhercontos eroticos namoradomeninas com bucetinhas piticas pornocontos eróticos nós pedimos senhor Josécontos minha madrinha aguentou 25cm de pauno cu e ma bucetacontos mamei a pica do caocontos eronticos sou crente mais minha buceta vivi picandocontos eroticos sequestroChaves com tesão de Chiquinhacontos eroticos cunhadas safadasContos eróticos papai me quero lubrificante feminino é melado e pegajosoContos meu marido mandou eu chupar o pau dele na frente do entregadorquero ver contos de fada tia dando a bundinha para sobrinhocomendo minha irma de seis anos contos eroticoscontos eroticos fui bem fodida igual puta e chingada de vadiacontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadevideos de mulheres mamandoleitee no peito da outrafodas de esposas q gostam de ser curradascontos eroticos meu marido e o vibradorSou gay e tranzei com um travest contos eroticonegro dotado comendo a esposa do caminhoneiros contos eróticosconto erotico casal dominadoPorno conto ponheta da casada buzcontos eroticos nao entrazoofilia negao comenorme pau deixando putia loucaContos eróticos mães com a buceta peluda e cheiro fortecontos fofinha menina de dez anossou corno choquei.conto eroticoconto meu vizinho travesti comeu meu cucontos eroticos de estruporelatos eróticos sexo com aluno especialcontos fazendo vovô gozarso contos de gay sendo aronbado por varios dotados bem aronbadoEntro na bucetinha da minha sobrinha pequena todas as noites e encho a bucetinha dela de porramae batendo puheta no filho dorminocontos eroticos coroas velhas com novinhos tia neuzacontos eroticos comi toda a familiacontos eroticos anal iniciando minha filhinhaconto erotico minha vizinha fode com o marido e pra me procarcontos sexo meu irmao rasgou o meu cumetendo devagar na buceta da minha irma dormindo no escuroimagens de rabo gostoso inclinado de calcinha transparentecontos de cú de irmà da igrejaMe comeram ao lado do meu namoradocontos eróticos comi minha vizinhavirei o viadinho na bahia pros negao roludo contosbgaysContos eroticos de podolatria com fotos tentando chupar pes de primas dormindofio mando minha tia gostosa de beibidose um homem excita uma mulher e demora muito para penetra-la ela pode sentir uma dorzinhacontos eroticos dona e seu shortinho dividindo a xanaContos eroticos curtos com detalhes por detalhes falas e falas eu era uma menina virge de 12aninhos e um tarado me comevideos chupando a xoxota uma da outra o clitores bem lisinhorabinho impinadinho em fio dental da irmaporn contos babesitter em casa familiaputa para pretos contoporno chupei o peito e bucheta da minha cunhada ate ela cederconto estrupado pelo amigo