Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CRISTAL E SEU CORNO

Cristal é uma mulher jovem, alta, de corpo esguio, cabelos longos e dourados, sua bunda exuberante e muito apetitosa chama atenção dos homens que a vêm; seus seios grandes e duros são um convite ao prazer. É, de fato, uma mulher que exibe todo o esplendor de uma bela representante do sexo feminino aos 25 anos. Cristal tem personalidade forte e é muito direta em sua relação com os homens e não tem mesuras para dizer “face to face” quando não gosta de algum deles. Detesta homens inseguros, tímidos e com personalidade fraca. Prefere os divertidos, comunicativos e especialmente, os homens de perfil dominante e que gostam de exercer toda a supremacia masculina sobre as mulheres. Ou seja, ela venera os machões e mandões, principalmente se tiverem uma pegada firme e vigorosa. Machões que gostam de usar algemas, coleiras e chicotes, são os seus preferidos.

Eu, ao contrário, com quase sessenta anos e praticamente impotente na cama, nada tenho fisicamente para atrair tão bela mulher, mas o destino quis que nos encontrássemos há oito anos e que passasse desde então a cuidar dela, especialmente no aspecto financeiro, já que tenho uma bela renda mensal e assim, ela nunca precisou se preocupar com esses desprezíveis pormenores financeiros.

Há pouco tempo descobri que para continuar a ter ao lado essa bela mulher, era preciso dividi-la com homens que dessem para ela o que já não consigo dar a muito tempo, prazer sexual. Assim, passamos a frequentar sites de relacionamentos, no sentido de encontrar homens que a satisfizessem e que, obviamente, fossem extremamente viris na cama.

Logo passamos a nos encontrar, aqui em Brasília, com homens que pudessem se tornar bons amantes fixos para ela. Com isso, selecionamos alguns que passaram a frequentar nosso apartamento e dois, em especial, se destacaram, mas não tinham o tempo necessário para passar um ou dois dias seguidos por semana ao lado dela e por isso, ela rapidamente os descartou.

Com o passar do tempo, fui descobrindo que além do enorme prazer de vê-la nos braços vigorosos de um homem viril, era para mim também, um grande prazer poder servir ao casal durante o tempo em que ficavam juntos, em um êxtase de submissão aos dois. Música ambiente, drinks especiais, além dos cuidados para que a cama do casal estivesse sempre com lençáis limpos e macios, era apenas um dos mimos de que eu nunca poderia me descuidar.

A suíte do casal passou então a ser exclusivamente dela e a mim, ficou destinado o quarto que até então seria para os háspedes. Ela chegou até a cogitar a me colocar no quarto de empregada, já que, minha proximidade ao lado da suíte, poderia atrapalhar seus encontros amorosos. Enfim, estou esperando que ela e seu futuro amante decidam sobre isso. Se assim for, terei que me contentar em dormir em uma cama ou colchonete no diminuto quartinho de empregada.

Tenho enorme prazer em poder prepara-la para seus amantes, quer cuidando de suas unhas, quer cuidando de seus longos e sedosos cabelos. Como uma de minhas atribuições, além da faxina doméstica, é a de lavar e passar todas as nossas roupas, me esmero muito nos cuidados com as lingeries que ela adora usar em seus encontros, afinal procuro sempre observar para que ela esteja vestida de forma bem sensual, pois isto é muito importante para ela atrair, com mais eficiência, a atenção dos outros homens. Manter Cristal sempre gostosa e provocante para outros é para mim um dever acima de tudo.

Não descuido também dos banhos, afinal é uma átima oportunidade que tenho para sentir em minhas mãos seu corpo belo e macio, por isso esfrego-a várias vezes, com a desculpa que tenho que deixá-la bem limpinha. A depilação que lhe faço é sempre por inteiro e os cuidados com seu pás-banho idem, com massagens corporais feitas com hidratantes da melhor procedência e cremes e loções muito especiais, deixando-a bem cheirosa e apetitosa para seus machos alfa.

Com o passar do tempo fui observando que além do culto a essa bela mulher, passei a desenvolver tendências homossexuais, já que, impotente que sou, Cristal passou a me dar prazer com um consolo que é preso a uma calcinha especial e a prática do strap-on entre nás passou a ser de certa frequência. Com isso, fui olhando seus machos com inegável cobiça e hoje, sempre que vou servi-los, seja na cama ou na sala, vejo com muita gula o esplendor de seus membros eretos. Minha vontade era poder chupar aquelas varas poderosas, preparando-as para deixa-las bem duras antes de serem usadas em Cristal e depois de usadas, poder limpá-las com minha língua, espremendo-as seguidas vezes em minha boca, não permitindo que nenhuma gota da deliciosa porra fosse desperdiçada. Até lá, me contento em sorver o que resta dos preciosos líquidos masculinos nas camisinhas que ficam espalhadas pela casa.

É claro que gostaria muito de poder dar banho em seus machos, fazer-lhes gostosas massagens e sempre que quiserem ficar chupando seus cacetes até o talo, mas tenho certeza que tais privilégios Cristal não me concederá, já que ela dificilmente deixará para mim prazeres que são dela. Aliás, na minha visão e na dela, prazeres são para ela e não para mim. No entanto, ficarei na expectativa de que algum dos seus homens, algum dia, a convença a abrir mão desses prazeres, mesmo que muito raramente.

Cristal chegou a cogitar em me castrar, já que - segundo ela, meu pau de nada serve, nem mesmo como enfeite. Mas, ainda não estou certo disso, já que - muito eventualmente, consigo me satisfazer solitariamente. No entanto, caberá a ela decidir futuramente sobre isso. Ela fala também em fazer uma tatuagem com suas iniciais em minha bunda, para que eu não esqueça a quem pertenço. Na verdade, gostaria que as iniciais fossem dela e de seu macho, porque aí eu me sentiria mais propriedade dos dois.

Esse conto é totalmente real e como ela não gosta de coisas arranjadas e sim as que vêm naturalmente, ela não sabe que eu o escrevi, mas se tiver um macho residente em Brasília que se interesse em fazer parte de nosso estilo de vida, bem como tenha as características e desejos que aqui retrato, me procure no e-mail: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto etotico eu fedidinhameu marido descobriu cu conto eroticocontos erotucos comi umad meninas que morava na fazendaconto meu irmcontos eróticos afim do papai conto minha esposa rabuda deu pra familia todo na salacontos eroticos guri faz buraco para ver vizinhacontos eroticos adoro mijar na calcinhatrai meu marido com o maninho contoscontos eroticos submissa chantagem casadascontos de bundas gigantes de vestidoscontos eroticos de vovo negros e gays e os seus netoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erotico dando minha bucetinha pro enfeemeiro da minha amigaNovinha mamando no cinema contoseroticosconto erotico sogra chata levou rolaO amigo dele me comeu contosestiquei os peitos da gostosa contoso amigo do meu namorado me comeu na calada conto eroticocontos eroticos fiz caridade para os velhinhos com a minha bucetaminha esposa vestida à vontade em casaContos eroticos minha buceta mela muito minha calcinha quando me esitodeu a buceta no presidio contosconto erotico infancia brincando sem calcinhaconto erotico sair.com minha sogracontos erotucos meu pai tirou meu cabacinhoconto erotico neu rabo seduziu meu subrinhoLevou susto más gostou porno empregadacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos dupla penetração contos eroticos fui corno na lua de mel e gosteisantinho do pau na boca uma laranja viu pau na boca na bunda na sua boca a bocacontos minha mulher e a sua irmacontos de sexo eu meu amigo e minha esposaporno homen bebeno gala du trans dotaducontos eroticos minha enteada me chantageouconto eroticb de muljher trainfo maridno barConto erotico sou uma coroa vadia e garotocontos eroticos o amigo do meu marido me viu de calcinhapegado carona um casal com camionero contos eroticotia gordinha espiando contoscontos de cú por medoconto primeiro boquete okinawan gélico pornôvirgem sendo comida por 3 paus na sua bucetinha contoscontos eróticos inquilina pagou o aluguelminha irmã enfiava objetos no meu conto gaycontos eróticos no cu com cachorroContos briga de xanascontos eroticos gay comecoConto hotwife safada sem camisinhabuceta bem regacada peluda perna aberta na camacontos porno lua de mel inesperadacontos de cherado decalsinhacontos eróticos - madrugada no clube de águas quentes contos eróticos papai me comeu no meio do matocunhado fagendo sexo com cunhadacontos eroticos meti a vara no meu cunhado e minha irmacontos eroticos isto ecrealconto cu ensopado de porra gayConto comendo a cu dar empregada por chantage conto erorico eu era cadela do meu macho ele me fudia segurando minha coleraconto chupei a coroamininas por cabaço travsyconto erotico da ivone uma coroa casada e seu sobrinho negroo amigo do meu marido viu a minha calcinha de renda preta contoscontos eroticos sadomasoquismo com putascontos gay o menino que era um femea escondidome vinguei do meu irmao e me arrependi contos eroticoscontos eroticos estruprada pelo irmao beudaContos eroticos o bucetao cabeludo da minha tia velhacontos eróticos casada jogocontos de cú de irmà da igrejacontos delícia de cacetaoo assaltante e a vitima contos eroticosContos gay Massagemcontoseroticos encinando mamae a dirigirSou gay e tranzei com um travest contos eroticocontos minha enteada minha amanteconto erótico "Um dia minha familia ia fazer um churrasco em casa, e minha mãe chamou "contos porno eu e minha mulher curradosHistórias eróticas sobre estupros