Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DE MINI-SAIA NUM ôNIBUS

Olá o meu nome é Cecília, eu sou branca, tenho cabelos loiros e lisos, tenho uma bunda grande, seios fartos e pernas grossas. Todo dia que eu ia para a faculdade, pegava o mesmo ônibus, LOTADO, e sempre tinha uns engraçadinhos que se aproveitavam da situação e pegavam na minha bunda de propásito quando o ônibus balançava, e tem outros que quando eu vou de saia ficam filmando minha calcinha. Até que certo dia, quando eu ia para a faculdade, eu vesti uma saia azul com poucas listras vermelhas, e uma camisa branca, quando cheguei no ônibus, procurei lugar para sentar mas não encontrei então fiquei em pé. Depois de alguns minutos, senti alguém pegando na minha bunda por debaixo da saia, olhei para trás e vi um homem bem gato com o rosto angelical, uns 20 anos todo musculoso, rindo baixinho, eu não fiz nada, ele levantou minha saia , afastou minha calcinha rosa com bordas brancas e enfiou um dedo no meu cu, eu dei um gritinho de leve, mas não queria fazer escândalo, pois não queria ficar com fama de "Olhem a garota que foi assediada do ônibus", até quem em fim chegou o meu ponto, tirei a mão dele, ajeitei minha calcinha e desci do ônibus. Na faculdade fiquei pensando nele, e me deu muito tesão. Na saída da faculdade fui de carona com minha miga (como sempre). No outro dia, vesti uma saia azul marinho com listra verde, e uma calcinha verde de renda, eu odiava essa calcinha, pois ela se perdia na minha bunda, entrava todinha, mas era a única que não estava secando no meu banheiro, pois a daquele dia ficou toda molhadinha, vesti e fui para a faculdade. Quando cheguei no ônibus, avistei ele, ele se aproximou e já foi levantando minha saia e pegando no meu bumbum, eu deixei, pois adorava uma massagem no bumbum , depois ele enfiou a calcinha junto com o dedo dele no meu cu, eu estava quase gozando, e ele continuou até que meu ponto chegou, eu estava com muita vontade de dar pra ele, por isso dei o numero do meu celular pra ele. quando terminou a aula na faculdade, o meu celular tocou, pensei que fosse minha mãe querendo falar alguma coisa pois ela estava viajando com meu pai, quando atendi ouvi uma voz de macho falando: Oi gostosa do ônibus. eu ri e falei oi, ele perguntou se eu queria encontrar ele na casa dele, eu aceitei, mas falei que hoje não daria, sá amanhã depois da faculdade, ele disse ta bom. Eu contava os minutos para chegar esse dia. Quando eu acordei, vesti uma calça jeans e fui pegar o ônibus, entrei no ônibus e avistei ele, ele se aproximou(como sempre) e viu que eu estava de calça, então enfiou a mão dele dentro da minha calça e da minha calcinha verde e enfiou um papel no meu cu junto com 2 dedos e puxou minha calcinha verde pra cima para que o papel não caísse,entrando no meu cu, depois falou no meu ouvido: Não vá se esquecer. Quando eu saí do ônibus fui no banheiro, abaixei minhas calças junto com a calcinha, tirei o papel do meu cu, quando li, percebi que era o endereço da casa dele, fui para a faculdade. Quando acabou a aula pedi pra minha amiga me deixar na "Casa da minha avá" (na casa dele), quando cheguei lá, toquei a campainha, ele abriu a porta, e já foi me agarrando e me beijando, quando agente subia as escadas pro quarto dele, ele arroxava meu bumbum, deitei na cama dele de bruços e ele montou em cima de mim encostando aquele pau sobre a calça no meu cu, ele abaixou suas calças, na hora de abrir o zíper da minha ele puxou com tanta força que quebrou, nem tirou minha calcinha, enfiou o pau dentro do meu cu junto com a calcinha, até que rasgou, era enorme, tava doendo de mais, tinha uns 25cm, eu gemia muito, e também gozava muito, depois ele meteu na minha vagina, e ficou indo e voltando, enquanto isso ele enfiava quase a mão toda dele no meu cu, para eu parar de gemer, pois eu gritava bem alto, depois ele meteu na minha boca, aí agente parou. Tomei banho com ele, e no chuveiro fizemos outro anal, meu cu já tava doendo, lá, quando eu ia vestindo minhas roupas, não consegui fechar o zíper, lembrei que ele tinha rasgado, e pensei: e agora? como vou voltar para casa como zíper aberto, perguntei pra ele se ele tinha alguma calça para mim, mas minha cintura é fina, não cabia nem uma, mas vesti a folgada assim mesmo, e fui pegar o ônibus de volta para casa, quando cheguei no ônibus era umas 19 horas da noite sá havia duas pessoas, uma velhinha e um moço bem bonito também, quando eu me virei para sentar a minha calça caiu sem querer, olhei para trás e vi o moço olhando para mim, ele viu minha calcinha com o furo bem no local do meu cu, eu subi as calças, ele se aproximou de mim, sentou do meu lado e disse:eu dou 200 reais pelo seu cu, eu disse não, ele disse: 300, eu olhei pra ele, percebi que eu estava precisando de um dinheirinho e aceitei a sua proposta, fiquei de quatro no ônibus, minha calça abaixou sozinha de tão folgada, ele falou: posso terminar de rasgar sua calcinha? eu olhei pra ela, e pensei: ela já ta rasgada mesmo, Pode! Ele fez o mesmo que o cara do ônibus, mas sá que dessa vez foi na buceta, ele enfiou com calcinha e tudo, também rasgou, e depois meteu no meu cu, fiz de tudo para não gemer, pro motorista do ônibus não desconfiar, pois a velhinha não escutava nada, depois ele meteu na minha boca, eu sabia que o nosso combinado era sá no cu, mas eu tava gostando, chupei o pau dele todinho, quando o ônibus chegou em minha casa, eu vesti minha calcinha verde furada super encharcada, e falei: cadê o meu dinheiro? ele pegou da carteira três notas de 100 reais e enfiou no buraco do cu da minha calcinha, vesti a calça e fui pra casa, quando cheguei em casa sá estava meu irmão em casa (meus pais tinham viajado) sentado no sofá , ele tem 25 anos, ele falou: Cecília venha cá, eu falei: não (pois eu tava toda gozada com a calcinha furada e segurando minha calça para não cair) ele falou: venha cá que eu to mandando. Eu teria que obedecer ele pois enquanto meus pais não estavam em casa, ele é quem manda (segundo eles), então eu me aproximei dele e falei: o que foi? ele falou: porque você esta segurando sua calça? ela não é sua. Eu percebi que eu estava lascada, eu disse: ela é minha sim! ele falou: ta bom então. Quando eu me virei pra ir pro meu quarto ele queria fazer uma brincadeira comigo, então ele veio por trás de mim e com suas duas mãos abaixou minha calça, e começou a rir, quando ele viu minha calcinha com dois furos toda encharcada falou: você esta lascada! e começou a rir, eu falei: por favor, por favor, não conte ao papai, ele falou: eu sá não conto por duas condições. Eu falei: Ta bom, qualquer coisa menos contar pro papai. Ele falou: primeiro, você tem que deixar eu pegar nos seus peitos, e segundo, você tem que dar se cu pra mim. Eu falei: Não!!!! (meu cu já estava doendo de tanto pau que entrou ali). então ele disse: ta bom então se você prefere que eu conte pra o papai. Eu tive que dar pra ele, então ele puxou minha calcinha pra cima que rasgou num estante pois já estava furada ele veio por trás de mim e agarrou meus peitos, eu soltei minhas calças, e ele viu os 300 reais que eu esqueci de tirar do meu cu e falou: você deu pra virar puta agora é irmanzinha? E meteu no meu cu, dessa vez eu gemi mais que o normal, mesmo com camisinha, pois meu cu já tava todo arrombado, depois disso, eu passei dois dias sem ia para a faculdade pois não dava pra andar com aquele cu arrombado, levei 3 em um dia sá, mas depois desses dias eu ia pra faculdade no mesmo ônibus e deixava o cara fazer massagem na minha bunda, sem enfiar dedo nenhum, pois ainda continuava doendo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


pintao d meu filho conto eroticcontos eroticos familia camping nudistaconto+fui+arebentada+negro+meu+maido+adoroucarona pra vizinha contos eroticosConto porno de estuprada por pai da mim amigacontos escola sexoestrupando a cunhada dopada de remedio para dormir contosum romance com minha maninha-contos:eroticoscontobucetavirgemencoxadas nos blocos do carnaval contoscontos de cú de irmà da igrejaconto sexo fred passa vara barnyconto chantagem enteadaconto erotico meu pai mim comeu enganadoConto porno filhà apanha de cintoconto erotico mulher traindo marido no bareu arreganga minha buceta pra elevideo sexe etiado pauzudo emadrastacontos eróticos gay foi au delírio na rola dos meus primos.comaos 60 anos dei a buceta pro menino de 15 contosContos eroticos escussao com meu marido banco diferenteconto erotico minha filha inocente de seios fartosfui tomar banho na casa do amigo e comeu a mulher deleconto etotico minha esposa fudendo com meu pai e meu irmaocontoesposanuaporn casada contos eroticos gang dentro do onibusFui Comida pelos colegas do colegios contosConto erotico negra com negrocontos bi eu e meu primo e minha prima meu primo gozo no meu rabominha mae é a mulher do meus amigos contoscontos erotico suruba com negaoEsposa de biquini com vendo futebol contocontos, brincando dei para primonhacontos eroticos meu sogro comendo sua filha caçulaMenina q ta tezao encosta no irmao ddespistadomeu marido me levou ao cinema erotico contos eroticosvideo travesti comeu amiguinha virgem de chortinho sozinha na casa delaRelatos de como tive minha primeira relaçao de sexo gay com uma cadela ainda virgem sexo zoofiliacontos eroticos de vadia boqueteirasnerd conto eroticoconto erotico gay namorado da irmaAiii primo mete contosconto mulher de pastorcontos eroticos eu minha esposa e Lu nossa melhor amigacotos erotico noviha dando o cugostosas de caixote apertadinhaEu na pica do vovo contoscontos meu pai me fodeDei meu cu para um amigo do meu maridoConto casada com cornoNovinha Bebi porra do meu amigo contoContos eroticos minha buceta mela muito minha calcinha quando me esitoconto erotico imcesto gay sexo familia bicontoserotico loira fudendo com negaocontos comendo mulher do amigo meia noiteNovinha Bebi porra do meu amigo contoconto de cunhada que viciou emdwr o cucontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casavideo porno cu virgem pau grande grosso aiiiii tira ta doendo sai paracontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos duas punhetas seguidasconto erotico voce vai sentar na minha picaconto casadacontos eroticos chantageando a vizinhamuito tempo sem mamar no paucontos eróticos esposas traduzidas na minha frentehttp://tennis-zelenograd.ru/home.php/te3/conto_19033_o-mel-de-fernanda.htmlcontos eroticos gays de meninos incesto gaycontos eróticos amigas passando a mão na bunda umas das outrascomida pelo sobrinho conto erotico gay magrinho calcinha e coroacontos eróticos é hoje que vou te fuder todacomi minha sogra rabuda q meu sogro nao comepapai tirou do meu cu quis por na minha bocacontos eróticos viúvacaminhoneiro peludo fudendo buceta na estrada conto eroticocontos erotico viajando com paicontos porno esposas estuprados submissosContos eróticos gay camisa socialcontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecontos de negoes gays roludos dotadoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casarelato erotico meu cachorro comia meu cuzinho quando meninaContos eróticos estreiando á xaninhaquero ver Roberta Close dando lombo e mamando com homem super dotado Roberta Close d********* e chupandocondos erodicos con maesna moto contos eróticosbunda queria sentir a rola entrando devagar contoconto chifrudo quieto machocontos mandei minha esposa chupar meu paicornoscontoseroticoscontos eroticos abri uma cratera no cu da filha da minha primaMeninas novinhas de onze e doze perdendo a virgindadecontos