Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PERDI MINHA VIRGINDADE (DE NOVO)

Olá!
Estou escrevendo um conto pela primeira vez. Já vim aqui algumas vezes, e confesso que já aprendi muito com as coisas que li... Tenho 30 anos, sou casada há 4 e não tenho filhos. Vivi uma experiência fora do meu casamento há pouco tempo, que eu encaro como uma grande aventura, uma deliciosa aventura, e decidi contar aqui pra vocês.
Eu faço musculação numa academia há alguns anos, e lá conheci um personal que posso dizer, foi uma tentação na minha vida! Conheço ele há anos, mas nunca tinha notado olhares dele pra mim, ele é uma pessoa muito discreta, e eu sou um pouco desligada dessas coisas, pois nunca tive intenção de trair meu marido.
Nossas conversas começaram há poucos meses pela internet, ele puxou papo como quem não quer nada, e fomos nos falando com uma certa frequencia, quase todos os dias e meio sem querer, a coisa foi evoluindo pras cantadas. É claro que desde o início entendi qual era a dele, poderia ter cortado logo de cara, mas decidi deixar a coisa fluir naturalmente. Nossas conversas na internet são, algumas vezes, bem quentes, em muitas delas chego a ficar com aquele friozinho na barriga e com a calcinha molhada, daí dá pra ter ideia. Ele é realmente uma tentação, e com tudo que já aconteceu entre nás, e com todas as conversas que já tivemos, descobri que dentro de mim existe uma mulher muito safada, que adora falar de sexo e de fazer sexo, e que sente falta disso na vida de casada. Oito anos com a mesma pessoa, não tem como ser diferente, concordam? Já tomei vários banhos com meu chuveirinho pensando nele, abro bem as pernas, fecho os olhos, uso meus dedos e viajo, sempre chego a um orgasmo delicioso, e claro, em nossas conversas pela internet eu conto pra ele como foi.
Já saí com ele três vezes e todas foram muito boas. Da última vez que fugimos, fomos pra um motel, e antes de sair de casa tomei um banho bem quente e passei um hidratante no corpo que é afrodisíaco, e que até eu fico doida quando sinto o cheiro. Coloquei uma calcinha fio dental bem pequenininha, transparente, bem safada. Quando nos encontramos no carro, ele já comentou do cheiro do meu hidratante, com aquela cara safada de quem vai me comer gostoso, e me deu um beijo discreto na boca. Estávamos na rua, e eu tive medo que alguém conhecido pudesse nos ver.
Fomos pro motel, e chegando lá, ele logo me deu um beijo na boca daqueles bem molhados, bem quentes, que me deixam mole e cheia de tesão... eu estava com saudade daquele corpo, daquele homem me possuindo, foram quase 2 meses desde a última vez que tínhamos saído.
Fui pra cama e ele chegou por cima de mim, me beijando na boca, e eu logo tirei a sua camisa, queria ver aquele peitoral musculoso que me deixa louca, sentir ele em cima de mim, e começamos a nos beijar e nos esfregar um no outro, apertando, e eu já podia sentir aquele pau enorme e duro por dentro da bermuda. Ele começou a beijar meu pescoço, meu colo, e foi descendo levantando a minha blusa, beijando meus seios por cima do sutiã e minha barriga. Depois ele tirou minha blusa e meu sutiã e eu fui tirando a bermuda dele. Ele estava de cueca Box, que eu adoro, tenho um tesão louco por homem de cueca Box, e ver ele com aquele pau duro me deu logo água na boca. Ele tirou o meu short, meu deixando sá com a calcinha safada que eu coloquei pra ele, e começou a beijar e lamber minha barriga, subiu mais, lambeu meus seios, me beijou na boca, depois começou a descer devagarzinho, beijando, lambendo, e descendo até alcançar minha calcinha. Começou a lamber e beijar minha virilha e a afastar minha calcinha com a boca. Tenho um fetiche nessa histária de tirar a calcinha com a boca, ir afastando devagarzinho, sentir a respiração bem perto da minha bocetinha, e ele sabe fazer isso de um jeito que me deixa louca, cheia de tesão, muito molhadinha. Ele foi afastando com a boca e comecei a sentir sua língua me lambendo, me lambuzando, até que afastou toda a calcinha e começou a me chupar gostoso. E como chupa gostoso! Depois ele tirou minha calcinha toda e começou a lamber também o meu cuzinho, que eu já sabia, ele era louco pra comer. Desde a primeira vez que saímos ele mostrou que tinha muito tesão em comer um cuzinho, e nem passava pela minha cabeça em dar. Da segunda vez ele insinuou mais, até tentou colocar a cabecinha, eu estava com muito tesão, mas não consegui ir em frente, mas confesso que aquilo ficou na minha cabeça como uma meta, eu vou dar pra esse homem!
Depois de toda aquela chupada deliciosa que ele me deu, eu estava deitada na cama, de frente pra ele, com as pernas abertas e ele ficou de frente pra mim, com aquele pau grande e duro pra fora da cueca. Começou a se masturbar, se estimulando, olhando pra mim e pediu que eu mostrasse pra ele como fazia quando estava sozinha no banho pensando nele. Fechei o olho e comecei a pensar naquele homem gostoso e comecei a me tocar, me masturbando pra ele. Minha bucetinha já tava molhada, e eu com dois dedos nela, mexendo rápido, sabendo que ele tava me olhando, ia dando mais tesão. Depois ele veio, me deu uma chupada gostosa de novo, e aí eu disse que era minha vez! Já estava com água na boca, louca pra enfiar aquele pau na boca e chupar muito, deixando ele bem molhado e lambuzado, enfiando até o fundo da minha garganta... acho que poderia passar horas chupando aquele homem! Ele sugeriu um 69, e eu sentei gostoso na cara dele, sentindo aquela chupada quente, e enfiei o pau dele todo na minha boca de novo, chupando com vontade, apertando, enfiando até a garganta, e ali, naquela posição, gozei a primeira vez, na boca dele, gozei tão gostoso que quase deu falta de ar, gozando e chupando o pau dele mais rápido, gemendo e sentindo um arrepio e um tremor no meu corpo... uma delícia!
Depois disso ele me tirou de cima dele e me colocou deitada, de frente, e enfiou finalmente aquele pau grosso e duro na minha bocetinha, que tava muito molhada de tesão e de gozo, e me disse que gostava daquela posição, porque era melhor pra me bater na cara. Isso foi mais uma coisa que descobri com ele, levar uns tapas na cara, é muito bom! Me sinto uma puta, uma cachorra, que to ali sá pra trepar mesmo, submissa, com aquele homem me dominando e fazendo o que quer comigo. Ele enfiou fundo o pau na minha bocetinha molhada, me bateu na cara, enfiando forte e rápido, com uma cara de tesão que me deixa louca. Depois mandou que eu ficasse de costas, e essa é a posição que eu mais gosto, de costas, com a bunda bem empinadinha, ele primeiro me deu uma chupada, lambeu meu cuzinho, deixou tudo bem molhado e enfiou com força o pau dele em mim, puxando meu cabelo pra traz e dando uns tapas no meu rosto e na minha bunda, me chamando de puta safada. Enquanto ele enfiava gostoso, eu estava deitada de costas, bem empinada e comecei a me masturbar, notei que ele gostou daquilo, eu estava muito molhada, e sentindo aquele homem em cima de mim, me dominando, me fudendo, eu senti o meu gozo chegando, e gemi alto, acho que foi o melhor orgasmo que já tive na vida! Sá de escrever aqui já fico com minha calcinha molhada! Daquele jeito mesmo ele tirou o pau dele e me chupou, lambendo meu cuzinho de novo, eu estava louca, e já começou a passar pela minha cabeça em dar minha bundinha virgem pra ele. Sim, eu daria meu cuzinho pra ele naquele dia. Sabendo da vontade dele, e com o tesão que eu tava, percebi que aquilo ia mesmo acontecer. Ele me virou de frente, e gozou na minha barriga, apesar de eu ter prometido a ele que ele gozaria na minha boca, não deu tempo, mas eu queria sim era ter colocado aquele pau lá no fundo, e sentido todo aquele leitinho na minha boca, na minha garganta, não ia sobrar nada.
Depois disso, tomamos um banho e conversamos um pouco. Além de lindo, gostoso, e de fazer um sexo delicioso, ele também é uma pessoa muito legal pra conversar! Depois de uma hora mais ou menos a coisa começou a esquentar novamente, e dessa vez, pensei que se ele conseguisse me deixar louca, com muito tesão de novo, eu daria meu cuzinho pra ele, ia deixar ele me enrabar, me comer toda, do jeitinho que ele sempre quis... ele começou me dando um beijo bem gostoso na boca, bem molhado, e foi descendo pelo meu corpo, até começar a me chupar bem gostoso de novo. Nossa, como gosto da língua dele, daquela boca me chupando! Ele me chupou muito, até eu quase dar uma gozada e me colocou de quatro. Lambeu muito meu cuzinho, me deixou bem molhadinha, tudo bem melado, e disse que queria brincar um pouco com ele, colocando a cabecinha daquele pau grosso e duro bem devagarzinho... eu disse a ele que não iria caber, eu tinha certeza de que não caberia! E ele aos pouquinhos, com uma cara louca de tesão, de que queria muito comer minha bunda, foi colocando a cabecinha e tirando, massageando, me relaxando, e ficamos alguns minutos nessa brincadeira. Depois ele deitou na cama, me colocou de lado, de costas pra ele, e começou a brincar mais um pouquinho, colocando a cabecinha no meu cuzinho molhado e tirando, bem devagarzinho, falando coisas safadas no meu ouvido, me deixando arrepiada, e aí senti que o pau dele estava entrando, devagar, num vai e vem curtinho e gostoso, sentia que eu tava muito molhada, e era uma mistura de dor com tesão, uma vontade louca de pedir pra ele me fuder com força, mas ao mesmo tempo medo de que doesse demais... ele foi enfiando, enfiando, devagarzinho, e depois de algumas estocadas ele disse que estava todo dentro. Nossa, não acreditei, aquele pau grosso, grande e duro todo dentro do meu cuzinho apertadinho. Ele estava louco de tesão, mas se segurou pra não me fuder com força, pra não me machucar, e ficou naquele vai e vem gostoso, as vezes ia mais rápido, as vezes mais devagar, eu estava gostando, mas estava apreensiva... saber que estava dando muito prazer praquele cara, saber que ele tava fudendo minha bunda me deixou com muito tesão. Ficamos assim alguns minutos até que ele perguntou se podia gozar dentro. Claro que pode, vem gostoso! E senti aquele gozo quente dentro de mim, e finalmente, ele comeu a minha bunda, o que achei que nunca faria!
Depois desse dia não nos encontramos mais, mas já disse a ele que tenho muita vontade de dar meu cuzinho de novo, porém de uma forma mais animal, quero ele me fudendo com força, me dominando, como uma putinha safada, uma cachorra, me batendo, me estuprando, me rasgando! Depois quem sabe, venho aqui e conto de novo pra vocês.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de mulheres a lamber conascontos de sexo com novinhas trepando com advogadoscontos cavalonas evangelicascontos eroticos comi a mae do meu primocontos de maeContos eróticos, minha irmã tem ciumes de mim . Contos Eróticoseu e minha filha no baile funk contos eroticosContos: estou espirrando dentro da bucetinha da minha filhinha pequenadei o cu pra varios homensfilha pequena curiosa contos eroticoso unico que a titia deixava ver de shortinho contos eroticosporno doido mamadas terminando na bocsminha mulher adora ser brechadahistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulhercu todo cheio de manteigaContos eróticos reais! Pau grosso me rasgoucontos eroticos sograConto erótico me deu sonífero comeu minha bucetaContos comendo a mulher do amigocontos eroticos meu amigo veio fazer trabalho e acabo me comemdoconto erotico cinema varios porno escravasardentinhas ninfetasporno mamei micreLeite com sorvete contos eroticoscontos eróticos bebadacontos eroticos o ventominha sogra/contocontos eroticos no cinemaconto erotico aposta gaycontos eróticos porno primeira vez com a namoradacunhada casada e timida linda contoscontos eroticos esposa camisola os amigo maridotava dormindo minha irmã do ritual de conchinha comigo só de fio-dentalcontos mulher do primo lesbicasminha esposa de shortinho na obra contocontos teen gay irmaocontos eroticos fui castigadaconto erotico viadinho com shortinho e calcinha é estupraadoTennis zelenograd contojoice cavalo deu o cucontos eroticos como aprendi a gostar de pau grandeviciadopor bundas super rabudasContos eroticos No bar sozinhaContos eroticos meu atolou a vara em mimloiras fudendoconto eróticocontos meu cu grandeContos eroticos chiando na fodaParaíba putinhocontos erotico marido bebado cornoContos eróticos com meias suadasmae de causinha melada quado da de mama profilhoComo fazer um cabacinho liberar(conto gay teen)eu vi a buceta da minha irma conto eroticominha irmazinha contos eroticosZoofilia com mais drenamulher de amigo sexo contossocando muita manteiga no cu e na bunda todaconto erotico incesto sonifero filhacontos eronticos tia levatou a saia de lado e setou em mimcontos eroticos zt i: blackmailos terriveis amarrada no pornominha namorada com o priminho contosSou casada mas bebi porro de outra cara contosMinha irma adolecente taradinha em conto eroticoFoderam gente contos tennscontos eróticos ela virou amanteconto erotico servindo machomeninas dando so uma brexinhas da bucetascontos erotico gay quando mim focarao a bebe leite de variosBoqueternoconto comi a buceta da mae do meu amigocontos gay menininho oferecidoconto buceta arreganhada de eguaanal tia bunduda conto fotocantos erótico só dei do Forró Bombadoa medica que gostava de zoofilia_contosfoto de sexo conto eroticos da minha sobrinha pimentinha parti 1minha esposa adorou a minha fantasiacontos na praia tirou o selinho da cunhadinha novinhade calcinha na frente do meu pai contosconto erotico minha namorada traindoContos fudendo elaContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de irmas e gozando dormindo