Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A BABÁ NOS ENSINOU TUDO 3

Continuação dos contos A babá nos ensinou tudo 1 e 2.rnrnrnNa manhã seguinte quando levantamos, Ana já tinha preparado a mesa do nosso café da manhã. Bem farta por sinal. Ela nos recebeu com um sorriso sacana no rosto. rn- Bom dia, crianças. Se alimentem bem porque vocês vão precisar.rnrnSorrimos e começamos a comer. Não passou muito tempo e o celular dela tocou, ela saiu do cômodo pra atender. Quando voltou nos deu a notícia.rnrn- Está tudo pronto pra nossa brincadeira.rnrnFicamos meio sem entender, mas demos risadas. Estavamos ansiosos pra começar logo. Ela mandou esperarmos na sala enquanto ela limpava a cozinha.rnQuando voltou, veio com uma sacola e colocou-a sob a mesinha de centro. Foi tirando umas coisas de dentro que não vimos o que era e depois cobriu com um pano.rnrnMandou que tirássemos as roupas e atendemos prontamente. Ela foi tirando a dela também e pra nossa surpresa sua buceta não tinha mais cabelos, estava lisinha como a minha. Ela viu nossa cara de satisfação e riu.rnrn- Gostaram da novidade?rnrnRenatinho logo respondeu:rn-Gostamos tia, ficou linda.rnrnEla sentou-se no sofá, abrindo as pernas e alisando sua buceta e os peitões.rnrn-Querem mamar?rnrnJá fomos pra cima dela, um abocanhando cada peito e chupando como bezerros, cheios de vontade enquanto ela gemia e se masturbava. rnEla pegou uma lata de leite condensado na mesinha e foi derramando na buceta, deixando toda melada.rnrn-Quem quiser ganhar presente hoje, vai ter que chupar a tia.rnrnEu continuei chupando o peitão dela, mas Renatinho levantou-se, olhando pro leite melado. Ela riu.rn-Sabia que você ia querer ser o primeiro! Ajoelha aqui na frente da tia, e chupa esse leite todo, vem?rnrnRenatinho obedeceu logo e começou a chupa-la com vontade, ela abria mais as pernas e gemia alto. Eu comecei a chupar o peito dela com força também e logo ela ficou molinha.rnrnEm seguida Renatinho ganhou seu premio. Ela colocou ele no sofá e chupou o pintinho dele até ele gozar também. Eu fiquei sá olhando, me lamentando por não ter chupado ela primeiro.rnQuando achei que seria minha vez, ela levantou-se e pegou o celular. Mandou que a gente fosse tomar banho que teriamos uma surpresa.rnrnQuando voltamos, levamos um susto. Tinha um menino na sala com ela. Moreno claro, aparentava ter uns 19 anos ou menos.rnrn-Esse é Arthur, meu sobrinho..foi meu primeiro aluno e hoje veio brincar com vocês.rnrnArthur sorriu e vendo-nos nus..foi logo tirando a roupa tbm. Fiquei impressionada com o pinto dele, era bem maior que o do Renatinho e olha que nem estava duro. Ele sentou-se no sofá.rnrn-Elisa vá dar as boas vindas pra ele. Mostra que vc já sabe chupar feito uma mocinha.rnrnOlhei pro meu irmão, estava com medo. Não queria outra pessoa na brincadeira. Fiquei parada sem me mecher por uns instantes.rnAna sentou ao lado do menino e começou a mecher no pau dele, que foi crescendo na mão dela. Deu uma chupada forte e ficou segurando ele na mão.rnrn- Vem, Elisa. Deixa de bobeira. Se vc não quiser brincar, vou te trancar lá no quarto e vc não participa mais.rnrnMesmo contra minha vontade eu fui, não queria ficar de fora.rnAjoelhei na frente dele e timidamente fui chupando aquele pau grande. Ele colocou a mão carinhosamente na minha cabeça, empurrando-a pra baixo. Fui engolindo aquele pau e chupar com mais vontade. Era quente e pulsava na minha boca. Depois de um tempo chupando, Ana mandou a gente parar.rnrn-Agora é hora do presente deles. Levanta Arthur, deixa ela sentar ai. Renatinho, senta do lado dela.rnrnSentei-me e Renatinho correu pro meu lado.rnAna começou a chupa-lo de novo e ao mesmo tempo Arthur veio me chupar. Que delícia aquela língua.rnMas antes de acabar, ela fez sinal pra ele parar.rnEla ficou em pé e tirou o pano que estava cobrindo as coisas sob a mesinha. Eram uvinhas.rnMandou que ficassemos de quatro pois iamos aprender outra brincadeira gostosa hoje.rnFicamos de quatro, com as bundas arrebitadas pra eles.rnSenti uma língua quente passando no meu cuzinho, no começo fiquei tens, mas depois vi que era muito gostoso e relaxei. Renatinho como sempre estava adorando, Ana abria a bunda dele e chupava o cuzinho dele com vontade. Estava muito bom.rnSenti de repente uma coisa gelada no cuzinho e dei um pulo. Arthur riu e disse:rnrn-Calma gatinha, agora que vai ficar bom.rnrnAna também riu, pegou uma uva e foi colocando no Renatinho também.rnrn-Vamos ver quem aguenta mais?rnrnSenti ele colocando várias uvs em mim, empurrando com o dedo. Quando não cabia mais, ele me mandou fazer força pra tira-las e foi o que fiz. Ele ia chupando uma por uma. E foram feitas repetidas vezes. Até que ana mandou ele parar.rnrn-Pronto, já estão preparados esses cuzinhos, agora virem de frente.rnrnViramos. Arthur já veio chupando minha chaninha, com vontade. Ao mesmo tempo que foi colocando o dedo no meu cuzinho. Sentio o dedo dele entrar todo.rnVi que Ana fazia o mesmo com Renatinho, que revirava os olhos. Fui chupada e dedada até não aguentar mais e ficar molinha caída no sofá. Renatinho caiu em seguida. rnrn-Agora vocês vão ver o que é sexo de verdade! - Disse Ana.rnrnjogou Arthur no sofá e foi sentando em cima dele. O pau dele entrou direto na buceta dela. Ela gemia muito alto e dava tapas na cara dele. Ele apertava a bunda dela com força deixando marcas. Até que ela gozou e ele também. Quando ela levantou vi as pernas dele meladas.rnrn-Vem cá beber meu leitinho!rnrnFiquei com nojo e fiz que não com a cabeça. Ele ia falar algo, mas Ana interrompeu logo.rnrn-Chega por hoje, crianças. Amanhã Renatinho vai comer você igual Arthur me comeu e você vai ver como é maravilhoso. Vão se lavar enquanto eu levo Arthur no portão.rnrnFomos pro banho. Fiquei olhando o pinto de Renatinho que agora já não tinha tanta graça pra mim. Mas mesmo assim não via a hora de chegar logo o dia seguinte. Fui deitar pensando nisso.rnrnQuando acordamos demos de cara com mamãe e papai na cozinha, com caras de choro. Perguntei por Ana e mamãe veio conversar comigo, dizendo que ela foi embora e não voltaria mais. Me revoltei. Mamãe me fez perguntas, mas como eu tinha prometido, não contei nada do que fizemos. Renatinho também não contou.rnFicamos mais de uma semana muito trister por ela ter ido embora.rnAté que descobrimos que não precisavamos dela pra brincar rsrnrnMas isso fica pra outro conto..rnSe quiserem que eu conte, me escrevam: [email protected] rnrnrnrnrn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico thorMe comeu e comeu meu maridocontos encesto na praia de nudismoconto erotico bem picantecontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaaproveitaram da minha inocência contos eróticosContos eroticos gordinha gostosame comeram contos teenContos mão dentro do ônibusvagabunda estuprada contos.eroticosdei pro diretor da escola contosso contos de gay fazendo as maiores loucuras aronbando o cu bem aronbadoContos briga de xanascontos metemos duas piconas na minha mulherconto pai trepando filinha pequenaconto erotico esposa sendo duplamente penetradadando pro genro. contos eróticosconto erótico de mulheres brincando com os pirralhoscontoseroticosbvconto ante de comer minha boceta papai lambeu ate meu cumelhorescontos eróticos gosando pelocuConto eroticos das coroas 42 lindas e gostosas de 41 anos com teu afilhadocontos eroticos dopando primasFoderam gente contos tennsporno club contos eroticos de meninos gayspeituda conto eroticoenfiaram uma bucha no cu do estupradorquero sentir sua porra quente dentro no cuContos historias xxx sexo história verdadeira que comeu a sobrinha virgem que não queria darvoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos sou uma coroa vagabunda levei o muleke na minha casa e fiz ele comer meu cu e minha bucetafudida pelo vigia da escola conto erotico teenFoderam gente contos tennsmeu marido me flagrou com um pepino contos minha mae e filhos conto eroticocontos eroticos estruprada pelo irmao beudacontos eroticos violadacontos de coroa com novinhoseduzi meu irmãocontos eróticos de cunhadas e subrinhasconto erotico bem picanteconto sou homem e dei o cu para meu sobrinhoconto erotico comeu a amiga da. minha mãe seios gg contos eróticos com pezinhos da chefeConto erotico sou morena clara evangelicacontos estupro teenFoderam gente contos tennsestrupei o cú da minha mÃeContos gravida de outro marido adoroucontos eroticos humilhadamelhores historias porno´ detalhe por detalhesou puta do meu cachorrofilhaminha prima contoporno club contos eroticos de meninos gayscontos casadas enrabadas com chantagemfui consola a cunhada contoscomentário de. mulher que ja deu a buceta pro entregador de bebidame viu pelado conto eroticoContos eróticos de homens que tomam viagra e arrombam mulherfamilia naturista contosou travesti eu tirei a virgidade da minha amiga ela chorouvelho peludo safado contos eroticosContei para meu marido que meu patrao fudeu minha bucetacontos eroticos menino curioso no banho com vovoConto de homem de deu para Fabiola voguelcontos porno esposas estuprados submissosContos Mulatinha do titioconto erótico: festa da mamÃecontos ajudando minha mae peituda na faxinaTennis zelenograd contoera menina meu primo batia punheta pra mim olharcontos eroticos comendo noraconto comedo que meu filho virasse gay dei pra elecontos mulher que coloca silicone no seioconto de incesto iniciando os filhos a arte do.incestocontos consolei a mulher do meu amigotia gordinha espiando contosescravas contoconto meu cu não voltou normalconto erotico video gameRelato minha mulher tem uma bucetinha pequenacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaComo ter pernas grossas e quadril largo em 1 mêstia tranzando com sobrinho cabassaoenchemos a boceta de porraEu e minha sogra no quarto contoscontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecontos eroticos gay fui enrrabado apanhei e gosei com um desconhecidocontos eroticos comi a casada carenteconto erotico viadinho no sitio de shortinho e calcinha