Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AGUA MOLE E PICA DURA, TANTO BATE ATÉ QUE FURA!

Meu nome é Carlos Elder, tenho 28 anos e era virgem até semana passada, mas não por opção, e sim por falta de quem trepar. Aos 19 anos tive uma chance com uma menina da minha escola, Olivia. Ela era uma safada, já havia dado para quase todos colegas da minha escola, mas quando finalmente consegui convence-lá a dar para mim, e abaixei as calças, ela riu de mim, meu bilau tem apenas 22,794 cms arredondando duro e por isso sempre foi díficil achar uma vadia que quisses, o tempo foi passando e fui perdendo a vontade... Até que semana passada voltando correndo do trabalho, todo suado, me deparei com uma menina, aparentemente ela devia ter uns 25 anos, corpinho escultural, peitos gostosos, bunda grande, fui chegando cada vez mais perto dela, ela olhava para mim como quem quer sexo, então passei por ela correndo e continuei a caminho de casa.rnApás chegar em minha moradia, na pacata vila onde eu vivo, fui tomar banho, enquanto eu tomava banho, escutei alguém bater insistentemente na porta, TOC TOC...rnSai do banho de toalha e fui atender, era minha vizinha ninfetinha de 19 anos, apenas de biquíne, pedindo uma xícara de nescau, ela trazia um copo de leite na mão, eu disse que tinha e chamei-a para entrar, ao entrar em minha casa, ela fechou a porta, fez uma cara de safada e demamou todo leitinho naquele corpo gostoso, fiquei imaginando eu gozando naquele corpo todo, apás secar a merda que essa puta fez em minha casa, a folgada vadia pediu para tomar banho, pois não queria voltar suja de leite para casa, pois seu pai não deixaria mais ela entrar na piscina, então disse que sim princesa, você pode ir tomar banho. Enquanto ela tomava banho preparei um delicioso copo de nescau 2.0, para quando ela sair ela tomar aquele leite gostoso! Quando escutei o baralho da porta, percebi que ela havia saído nua do banho, e com uma cara de tesão ela disse: você viu onde deixei a parte de baixo do meu biquíne gostoso ? Eu muito surpreso, respondi que não, então ela disse, deixa para lá, quero que você me dê uma coisa muito melhor e depois a gente procura hihihi , fui chegando perto dela, aquele corpo, aquela barriguinha, aqueles peitos e bunda estavam me deixando louco de tesão, meu cacete estava duro feito pedra, como eu ainda estava de toalha, a barraca ficou armada. Ela disse, vai me dá o que eu quero vai. Cheguei perto do ouvido dela e disse, você está pronta para receber ? ela respondeu SIM SIM, ME DÁ AGORA GOSTOSO, então dei o copo de leite com nescau a ela e fomos procurar seu biquíne, logo achamos o biquíne dela, ela foi para a casa, e foi cheia de enérgia pois tomou nescau 2.0. Ao anoitecer percebi, um novo batida na porta, pensei será que é a vizinha denovo ? Então ao atender me surprendi, era a senhora Steralda, ela morava em frente a minha casa. Dona Steralda tinha seus 81 aninhos, era separa de Antonio de 45 anos, que era pai da minha vizinha ninfetinha. D. Steralda era como uma flor madura, que já havia se desabrochado e morrido a muuuuito tempo, então Esteralda me pediu um galão de leite, respondi claro pode entrar, ao entrar ela quase caiu no tapete que a ninfetinha havia derrubado leite, mas por sorte a segurei, olhei para ela, para aquela boquinha resseca, para aquela pele cheia de rulgas e não ressisti, taquei-lhe um beijo, Steralda devia a muito estár na seca, pois ela não disse nada, apenas me beijava e se despia, apás tirar suas serolas, seu casaco de lã e sua luva amarela de dona de casa, ela se virou de costas e disse: Vois me cer quer tirar por gentilesa o meu vestido ? Ai eu disse claro minha safada, tirei aquele sensual vestido de florzinha e vi suas costas nuas e cheias de rulgas e verulgas, muitas delas cabeludas, quanto mais eu decia mais louco eu ficava, então quando vi aquela bundinha, maltrada pela a idade, cheia de hematomas, estrias, varises e verulgas também, fiquei louco, botei a velha de 4 e começei a meter nela, feito um cavalo quando lêem literatura desarcebada para ele, apás 4mim de uma transa intensa, estava quase gozando, quando percebi que a velha não se mexia nem falava, então parei aquela louca transa botei a mão no pescoço dela e constatei que ela havia morrido.. Liguei para a polícia e tudo se resolveu.. Essa foi a histária da minha primeira vez, espero que tenham gostado, essa histária é totalmente verídica!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sogra e esposa na cama comigo contos eroticoscontos amigo so folho pintudocontos eróticos tatuadoContos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas dormindocontos eu meu tio e minha tiaabacinho da japaContos mae da minha namorada perguntou me punhetocontos de filha que nem tinha nascido cabelo na buceta mas rossava xoxota no colo do paiconto mingau. de porraCasada viajando contoseu minha namorada e uma amiga carioca conto eróticodeserto conto heteroContos eroticos corno panacaconto erotico eu fui no ensaio da escola de samba e dei o cu laconto mae dando pro filho no carrocontos eroticos arronbaro e enfiarao tres paus de uma so ves na minha esposa na minha frente e ela adoroueu trinquei o meu pau na mão dela contos eróticosTrai meu marido com meu compadrecontos eroticos meu irmao tirou mais vekho tirou meu ca bacinhocontos eroticos gay meu tio de dezessete anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anosCasada viajando contosMEU ENTEADO ME FEZ CHORAR NA ROLA DELE CONTOcomto erotico tia fudeu a sobrinha virgem com comsolo giganteveati roupa de menina e dei para um coroa contosminha professora nao usa calcinhas contos eroticospraia guaratuba contos sexoVarios amigos pegando a esposa na pescaria contoconto esposa com negãocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos de primeiro orgasmo com tioconto erotico Conto de um corno manso da Mãe e Filha IIRejane gosando na siriricaconto erotico comi a cunhadinha nos fundos e na frente da namoradacontos eroticos minha esposa nao.resistiu e meu patrao passou a rolaporn linda sobrinha porreidei a xana contos eroticoscontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecontoeroticosafadaesposas traindo dando o cu,contos de 1988senti jatos de porra no fundo da/minha bucetapesquisar saístes da putaria lésbicas como fazer sexo com uma menina virgem e quebrar seu cabassocontos de coroa com novinhoFui vendida como escrava sexual para um negaonerd conto eroticoContos eróticos arrombei a linda noiva santinha do meu vizinho ciumentocontos.eroticos.so.taradinhas.de.seis.aninhossogras e madrasta fazendo boquetes rapidosconto erotico amiguinho do meu filhocobto eróticos. chupei cu do meu maridoeu chupo hetero sempreContos: comendo 2 irmãsContos eroticos minha esposa do rabaocontos caipiras amadores bucetascontos eroticos piscina peitos fartos seduzicontos eroticos meu cunhado mim sequestrou mim amarroucontos gay pai bebado suadoProfessora de shortinho partindo a bucetaContos negro fode maridoconto erotico transei com a sogracontos eroticos con pau de 24 cmrelatos de encoxada develhos no tremcontos eróticos infânciaColégio.Incestocontomae virou puta na frete do filho contoContos eroticos trai meu marido com o meu paicontos eroticos dormindohomens velho gay contoscontos eroticos gays viado submisso tem dois donosempregadinha rose contos eroticosdei pro velho contos eroticoscachorro do pau grande comendo a mae conto eroticoxnxx de imtiado estrupa a sua sobrinha rasgamdo a ropa delaContos eróticos de cornocom negão dotadoscontos foder com o periodoMulheres solteira salvdorContei para meu marido que meu patrao fudeu minha bucetacontos eróticos comi minha filhaum conto erótico mendigo Eu e minha filha juntocontos eroticos comeu meu cu no onibus e da cobradora