Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INICIAÇÃO (BI) SEXUAL EM FAMÍLIA – PARTE 5

Apesar do João tenha gozado quando foi penetrado pelo tio, a dor tinha sido tanta que não sentia vontade de repetir tão cedo.rn Entretanto continuava dormindo e ocasionalmente fazendo sexo com a sua mãe. Por ele faria a toda a hora, no entanto ela não era da mesma opinião e apenas o faziam uma ou duas vezes por semana. Dizia sua mãe que ele deveria aprender a controlar-se e fazer por merecer o sexo. Tinha noites também que a mãe passava com o tio.rnTeve um dia em que, estavam os quatro a ver televisão depois de jantar, a mãe do João disse-lhe que se deveriam deitar cedo e levantou-se para subir para o quarto. O João estranhou, já que o dia seguinte seria sábado e não teriam que acordar cedo, mas seguiu a mãe. Mal entraram no quarto, a mãe despiu a calcinha, mantendo o vestido longo e solto, e começou a despir as calças do João e começou a chupar o pau dele, deixando-o bem teso e molhado. Colocou-se então de quatro na cama, com a cabeça na almofada, e levantou a parte de baixo do vestido para cima da cintura, até lhe cobrir a cabeça e o João não perdeu tempo a penetrar a buceta da mãe. Enquanto observava as nádegas de sua mãe no vaivém, recordou-se da imagem do tio a comer o cuzinho lindo da prima. Molhou bem o indicador e, afastando as nádegas da mãe, começou a brincar com o olhinho da mãe. Sentiu ela tensa num primeiro momento, interrompendo o vaivém, mas retomou apás uns breves instantes, o João continuou a humedecer o dedo e estimular o esfincter da mãe, sentindo por vezes um ligeiro arrepio dela. Forçou então um dedo a penetrar o olho apertado da mãe, que esmagou o seu dedo, gozando ela de imediato. O João ainda estava longe de gozar, depois de duas punhetas durante a tarde enquanto observava a prima em bikini apanhando sol na piscina.rnAproveitando a posição da mãe, encostou a cabeça do pau duraço no olho da mãe, que se levantou e perguntou porque estavam fazendo aquilo. O João contou então o episádio com o tio, incluindo que o tio tinha também tirado o cabaço do cu dele. A sua mãe não pareceu surpreendida com o que o tio fez, apenas pareceu surpreendida por o tio não lhe ter contado. Disse então ao João que, como aguentou a rola do tio, merecia uma recompensa. Pegou então da cámoda preservativos e lubrificante. Mandou o João colocar então um preservativo enquanto ela ela lubrificava o cuzinho, tal como tinha visto o tio fazer em Mariana. Lambuzou então o pau encapuçado do João e deitou-se de lado com os joelhos levantodos para a frente e ordenou ao João que se deitasse fazendo conchinha detrás dela colocasse bem devagar, porque ela fazia muito poucas vezes sexo anal.rnO João fez como a mãe disse. Encostou o pau bem devagar no olho da mãe e forçou, os músculos não pareciam ceder, continuou a fazer força e, com um movimento de ancas da mãe, acabou entrando um pouco, a mão da mãe na anca do do João segurou, ele parou por momentos, quando a pressão da mão aliviou, empurrou mais um centímetro, parou mais um pouco e ficaram assim, avançando pouco a pouco, até que o pau entrou todo, a mãe pediu um momento para relaxar e recuperar o fôlego. O João esperou então até que sentiu a sua mãe a rebolar lentamente. Começou então a tirar o pau lentamente também até ficar sá a cabeça dentro e voltou a enfiar lentamente também, sentindo os músculos do esfincter da mãe a piscar, continuou o vaivém, o seu corpo dizia para acelerar, mas lembrava-se do ardor que isso lhe tinha provocado, quando o seu tio lhe fez o mesmo, por isso manteve o ritmo, lubrificou o pau mais uma vez, continuou, até que a mãe o mandou tirar o pau e o fez deitar de costas, sentando então lentamente no seu pau, pela primeira vez pôde observar a expressão da mãe enquanto a sua vara a invadia, a mãe começou a subir e descer na vara, enquanto apoiava uma mão na coxa do João, a outra estimulava o clitáris, o João sentiu o cu de sua mãe a piscar mais intensamente, não aguentou e gozaram os dois ao mesmo tempo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos gays nas dunasContos d uma mulher virgem amarrada no curral e estupradaWww.contoseroticos/grátis Ler/no aviãozoofilia umcacete enorme pra pequena putacontos eróticos na piscinaxanimhamostrei a .bunda pro meu irmao e ele me comeucontos eroticos reais de mulheres casadas crente que ja enfio o pepino no.cucontos eroticos como passei a ser travesti por causa do meu cunhadoso as japonesinha cabiceiras trasandoContos de putas safadascontos eróticos meu professor do jardim da infância comeu meu c*contos eroticos incesto experimentei uma cueca do meu pai pra ficar bundudacontos eroticos com muita tapa e submissasexo com as amigas e as filhas contosnegoes jegudos na punhetaContos eroticos danadinha colo do velhowww.xconto.com/encestocontos eróticos no carro com meu paiconto erotico voce vai sentar na minha picacontos maravilhosos de encoxadasFoderam gente contos tennsxerequinha juvenil de perna abertafoto da minha sobrinha pimentinha que veio passar o carnaval com o tioMeu namorado virou corno contos teenContos eroticos incesto meu maridoContos eroticos coroa tarada chama dois travesti pra tomar banho d piscina em casacontos eroticos punhetaconto herotico eu meuamigo sandado minha irmcoroa de vestidinho sem calcinha abrindo as pernas para enteado podercontos incestosna infância contos eroticos coroa forróConto erotico transformou a mulher do amigo em putasou evangelica e meu marido flagrou eu dando para um velhao contosera virgem e minha liberou pro marido da minha tia contoConto picante e real o genocogista da minha mae gay passivoContos eroticos comi a força a minha tiacontos vizinha feianovinha p****** dando para o bodãoUfa de vídeo caseiro chupando a rola do namorado dentro do carrocontos eróticos - madrugada no clube de águas quentes mulher gozando a um metro de distansia e mijandocontos erótico de mulheres estupradashttp://tennis-zelenograd.ru/conto_9686_resolvendo-um-teen.htmlcoto erotico da espozaconvidando o amigo para arromba o cu da namoradaConto mana onibusbucetao gggnegracontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casamaisexo peituda goza no oralfilme com historia de erotico de tiozinho taradaoxequei em casa do trabalho e pquei minha esposa chupando uma rola bem grosa e ainda mim convdo para participacontos eroticos - esposa - massagista - pintudocontos eróticos de gays novinhos bonitos loiras namorado com muitos beijos nacontos dona florinda chaves pau duroMinha irma adolecente taradinha em conto eroticocoroas ensaboando cacete do jovenFoderam gente contos tennsContos eróticos de incesto orgia com a mamae na chacáraencesto mae envagelicacontos amigo so folho pintudoconto trepei filinha amiguinha 11aninhosPorno dentro do trem verídicocompadre taradocontos er irmas vizinhapapai tirou do meu cu quis por na minha bocacontos eróticos de bem dotado estuprocontos eroticos vizinha curiando por cima do muroquelegal vouponhacontos eroticos baixinha aninhosdei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticouma médica v**** chupando pinguelo da pacientecontos eroticos tia marta morena coroa tenho bunda grandeminha esposa e sua namoradinha contoconto erotico massageando a tia nuaconto real dw uma casada que virou puta de outrodeserto conto heteroconto obrogafa a servir nua e. lanchoneyeContos eróticos velhinho seio gravida novinhacontos paguei mais comi a putacontos comi minha cunhadasendo chatagiada a fufer contos por amigocastigando o rabo da minha esposa com a ajuda da sogra contos eroticosvidio de mulheres sendo emcochada ela fica de calcinha toda molladacontos erotico gay negro dando pra brancocontos de casadas que gostam de fazer broches e engolir esporracontos erotico com pai come o cu da filha de nove anos escreto