Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A MULHER DO ERIVAN, MINHA PUTA!

Me chamo Sergio, tenho 48 anos, militar, forte, rude e possuo diferentemente daqueles que postam aqui um pau normal de 15cm porém bem duro.rnrnSou casado e minha esposa é bem careta no quesito sexo, ela é uma mulher mais família e isso me agrada muito, mas como todo bom putanheiro não nego que se houver uma oportunidade eu traço mesmo.rnrnTenho um vizinho chamado Erivan, somos apenas amigos de ''bom dia'' não temos muito contato mas sempre quis na verdade conhecer sua mulher, a gostosa da Silvia.rnrnErivan tem uma mulher, uma loira muito gostosa, um espetáculo de fêmea, sempre com roupas decotadas e coxas a mostra, reservada ao lado de Erivan mas uma puta sem ele ao lado, que gosta de encarar os machos, rebolar em cima do salto e usar e abusar de caras e bocas quado vê um macho gostoso e foi assim comigo.rnrnSempre acreditei que quando houvesse uma oportunidade traçaria aquela gostosa, que apesar de quarentona também está gostosa pra caralho.rnrnCerto dia estava indo trabalhar e os deuses conspiraram ao meu favor, quado encontrei Silvia caminhando pela rua, não pensei duas vezes e encostei o carro ao lado para oferecer-lhe carona:rnrn- Oi gata está indo pra onde?rnrn- Estou para o metrô e você Sérgio?rnrn- Estou indo para o trabalho quer uma carona?rnrn- Vou aceitar meu lindo(nessa hora já gostei) porque o dia está quente e minha maquiagem pode borrar nesse calorão...rnrn- E pode acreditar que a última coisa que irei querer no mundo será ver vc com a maquiagem borrada sem um motivo justo...rs.....(joguei)rnrnEla deu um sorriso e foi entrando no meu carro com um vestido de oncinha pouco acima do joelho e um baita decote salientando os peitões firmes que ela se orgulha de jogar na cara dos machos. Me cumprimentou com um beijinho práximo ao canto do lábio e partimos.rnrnNo trajeto liguei o ar no máximo e percebi que os bicos de Silvia estavam duros mas fiquei na minha e nisso fomos conversando amenidades até que o assunto caiu em relacionamento, onde o maridão passou a ser apedrejado por ela, dizendo que ele era molenga, que não dava conta dela na cama, que sá queria saber de se embebedar e deixava ela a ver navios, foi quando emendei:rnrn- Impossível ele não estar dando assistência para uma gostosa como você Silvinha, impossível!rnrn- Acredite, estou na seca faz semanas....rnrnNisso fui mais ousado e colocando minha mão nas coxas de Silvinha lhe disse enquanto o farol estava vermelho:rnrn- Quem não dá assistência abre concorrência!rnrnE dei uma alisada em sua coxa para testar a receceptividade e ela sorriu e concordou dizendo:rnrn- Com certeza!rnrnPensei comigo, agora é questão de dar o bote, foda-se o trampo e sempre que dava colocava a mão na coxa e dava uma bela alisada nela e no trajeto encostei num posto, para abastecer e ela aproveitou dizendo que iria ao banheiro, mandei o frentista completar, verificar agua e áleo e fui até a Conveniência comprar uma Skol pois o dia estava quente e fui esperar Silvinha sair do banheiro que ficava na parte lateral do posto deixando-nos isolados e quando ela saiu eu me posicionei bem práximo a porta fazendo ela quase esbarrar em mim dizendo:rnrn- Que susto Sergio, pensei que fosse alguém querendo me agarrar.....rnrn- Acertou em cheio!rnrnE nisso parti pra cima da gostosa lhe abraçando e trazendo-a para o meu corpo ela relutou, dizendo que eu estava confundindo ela, que ela era uma mulher casada e direita e coisas do gênero que eu nem dava ouvidos, me agarrava nela beijando o pescoço e apalpando sua bunda na cara dura e nisso subi uma das mão e segurei-a pelos cabelos fazendo-a me fitar nos olhos e disse-lhe:rnrn- Você será minha puta agora!rnrnE dominando-a beijei-a na boca e fui empurrando-a novamente para o banheiro, ela se debatia, mas aos poucos foi cedendo e quando enfiei o dedo médio em sua buceta pela parte de trás nos fundillhos de sua calcinha, ela se entregou. Não tinhamos muito tempo, por isso já fui arriando as calças e sacando minha rola pra da braguilha e roçando o pau na xoxota que à aquela altura estava meladinha de tesão e ela veio ao meu ouvido e sussurou:rnrn- Põe a camisinha meu amor põe - disse toda dengosarnrn- Eu sou lá homem de chupar papel com bala, vou te foder na carne, no pelo!rnrn- Vai caralho, me fode de uma vez seu bruto filha da puta, então vai meu estuprador, faz o Erivan o mais novo corno do pedaço faz, me toma dele....rnrnSem pensar duas vezes, virei-a de costas para mim, levantei seu vestido e arriei sua calcinha até o meio das coxas e fui pra meter nela como se mete numa puta de rua, segurando firme pelas ancas e enterrei e ela gemeu:rnrn- Ohhhhhhhh, devagar, assim você me machuca.....rnrnDei um tapão servido na carne de seu rabo e comecei a bombar, a filha da puta estava gostando de ser submissa ao seu novo homem e começou a rebolar no meu pau, serpenteando caçando rola para colocar o máximo possível pra dentro, e comecei a estapear sua bunda, bati forte nas carnes de Silvia deixando marcas agressivas que entregariam que a putinha foi devidamente fodida por um macho de verdade, ela serpenteou encaixando mais e gemeu forte denunciando o gozo jogando o bundão contra meu pau atolando tudo e nisso fui no embalo curtindo a mastigada de cacete que o gozo feminino proporciona ao macho que sabe fazer a fêmea alcançar o orgasmo e gozei fundo na bucetinha de Silvinha, com o pau enterrado naquela bela carne mijada que ela carrega no meio das pernas e posso dizer que há muito tempo não curtia minutos daquela forma, comendo a namorada do vizinho num banheiro de posto de gasolina, que tesão de foda.rnrnApás o gozo ela caiu em si e disse:rnrn- Sempre percebi as olhadas que você me dava mesmo com o Erivan ao lado....rnrn- Realmente minha gostosa sempre quis foder você......rnrn- Gostou do que provou?rnrn- Acho que esse melado que tá descendo pelas suas coxas diz tudo não?rnrnEla imediatamente olhou e viu que minha porra escorria feito cachoeira pelo interior de suas pernas e tratou de se limpar e nisso fomos saindo em direção ao carro e levei-a ao metrô e na hora que parei o carro para deixá-la ela disse:rnrn- O produto da concorrência está ganhando como faço quando quiser mais?rnrn- Está aqui meu cartão e me ligue quando quiser outra surra de rola minha puta..rnrnEla riu deu um beijo e desceu sorrindo com cara de quero mais.rnrnQueo conhecer mulheres e fazer novas amizades com pessoas que curtam submissão à um macho militar [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico virgem motoristaboqueteira gaucha contomamae e eu no banho conto eroticocontos comeu a amiga e o amigoContos eroticos garotinhaDo caralho-recheio de cueca-contocasa dos contos minha mae bebada no sofa so de calcinhavidio porno um loko da cabeça cumeu a força uma gostosa na cademiaprimeira mulher a fazer zoofilia.no cinemaMulheres deixam cachorros gosarem dentro delas na zofilia erótica porno club contos eroticos de meninos gaysContos de mãe que adora ver sua filha casada, trepando com seu genrominha tia greluda de biquíniContos eróticos - pés feminino na caracontos esposa pai delacontos eróticos esposa com sonopornô com minha irmã de minsainhapesquisar saístes da putaria lésbicas como fazer sexo com uma menina virgem e quebrar seu cabassoconto erotico pegeui minha esposa me traindocontos eroticos proibidos meu tio encheu minha boca de porramarido chupa rola do ricardao apos sua mulher dar o. cu pornodoido.comconto erotico com emcarregadaconto erotico pai tio e seus meninosContos minha sogra fas eu ser puta do sogro e tiosMinha tia chupando meu pau com fimose contosneguei meu irmao se masturbando e o cu e a buceta pra ele xvedeo.comcontos.por curiosidade virei viadinhooo dos padrescontos eroticos mulher do primoGozou dentro contos eroticoscontos eroticos com duas irmãsconto minha cunhada e sua amigafudi as dua sobrinhas de nove e onze anos contocomtos gozoticoscontos erotico dona de casa meretrisviuva com fogo contos pornoconto erotico cornocontos de cú de irmà da igrejacontos de cú de irmà da igrejacontos eroticos meu marido e o vibradorMamaes boqueteiras contoseroticosconto erotico mae negra coroa dando cuconto erótico mulher é domada e faz marido assistir ela traindocontos de ela adora peidar na hora do sexofudi as dua sobrinhas de nove e onze anos contoela pediu pra parar mas continuei fudendocontos erotico goi arrumar o chuveiro e me comruwww.contos eroticos corona novinho.brcontos eroticos sequestroContos erotico marido assistindo o cu da sua esposa a sr arobado por amigo de pau inorme ate sai merdacontos eróticos minha mãe fumou baseado e comi elacontos forçada a virar cadelaContos eroticos com a mae da namoradahomens delirando de tesão com um pau enterrado no raboFoderam gente contos tennsdei a buceta pro catador de lixoSou casada e fui comida pelo pedreirocontos eroticos eu e mamãe putas do capatazSexu.com.busetas.de.7anuspapai e seu amigo comeu meu cuzinhocontos eroticos depois de casada meu padrasto me comeuno acampamento enquanto eu dormia contos eróticoscomo meu marido virou corno III kellyContos virei putinha quando vi o pau duro sou homennoiva orgia contoscasada se vendendo pro caminhoneiro-contoscontos eróticos por categoriacontos eróticos de empregadasconto erótico chantagem putinha pobre cu colocontos eroticos sograContos erocticos dei comprimido ao velhocontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadeConto erotico mamae deixou papai come meu cu em quanto chupava elaloirinha goatossa visSou gay e tranzei com um travest contos eroticoMinha tia chupando meu pau com fimose contoscontos divido apartamento com um travestihttp://porno contos eroticos de meninas virgenssou casada.meu. Visinho novinho. Contos com fotoscontos eroticos comendo mulhers deficientrminhaesposa numafesta-contos reaisporno-jorando esperma em buceta gostosa usando siringarmagrelas grelludas liga das novinhasconto erotico de estupro enquanto dormeconto erotico meu avoconto erotico um padre me come e eu sou homemcontos eroticos gay's.putinha do jardineirocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto de não aguentei a pica grande de meu avôfui trabalhar e meu marido usou minha calcinha fio dental contosseios tezudos de gravida fotovisitando a cunhada casada mais velha contoscontos eroticos bv e virgindadecontos eroticos d filhotes mando mulheres