Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NOITE TRANCADO NA ESCOLA COM 2 GAROTAS

Olá, meu nome é Paulo e hj eu tenho 28 anos, mas o conto que vou contar e de quando tinha 19 anos.

Tudo aconteceu em um dia que nos tinhamos que entregar um trabalo que valia 40 pontos o maior do bimestre, como o professor de geografia escolheu os trios, eu fiquei com: Raquel e Vanessa que também tinham 19 anos. Eu num falava muito com elas, mas Vanessa sempre me dava mole. Raquel tinha cabelos pretos cacheados até o ombro, olhos pretos lindos, uma boca carnuda, peitos grandes e um belo par de couxas, ja Vanessa tinha Cabelos Loiros longos e liso, olhos castanhos claros, peitos medios, e era no ponto, mas nunca dei bola, pq eu tinha namorada.

Nesse dia nás iamos a uma festa, eu ia sozinho embora de onibus, pois meus pais estão viajando, então ninguem sentiria nossa falta pois as meninas iam dormir na casa da aniversariante. Eu estava com uma calça jeans escura, tênis branco e uma camisa branca, Raquel ia de um tomara que caia e uma mini-saia jeans, Vanessa uma calça jeans apertada e uma blusa normal.

Estavamos a noite na escola no horario da faculdade e o colegio é dividido em 3 blocos, eu fui até a diretora e pedi para ocupar uma sala do 3ª bloco, ela estava ocupada nem prestou atenção mas permitiu, nás subimos e fomos fazer o trabalho...

Quando ainda era 9:30 fomos comer uma pizza frita com uma lata de refrigerante dps voltamos para sala. Derrepente a luz acabou, nás achamos que era uma caida de energia e esperamos durante uns 10, 19 minutos, naquela epoca não tinhamos celular pra iluminar, então eu lancei a luz da lanterna do meu chaveiro, ja eram 11:30!! Ficamos desesperados e saimos correndo para ver se o cara que fechava a escola ainda estava lá, por está escuro Raquel caiu na primeira escada, ai nás ajudamos, quando ela ja voltava a andar fomos com cuidado, Não tinha mais ninguem!!

Ficamos presos na escola!! Tentei abrir a secretaria para usar o telefone, mas estava trancada e o laboratorio de ciencias e informatica tbm. Com o tempo tivemos de nos comformar, voltamos para a sala e raquel ficou nervosa, e nem percebeu que estava de perna aberta. Nossa quando eu vi aquela calcinha fio dental, fiquei exicitado e disse que ia ao banheiro e deixei com elas a lanterna do chaveiro. Fui bater uma punheta, mas na estava tudo quieto e elas quiseram me dar um susto, eu batia punheita quando Vanessa subiu pela parte de cima e deu um grito, quando viu eu bater a punheta, ela saiu correndo e desde entum num falo mais nisso. Mas tarde apesar das janelas fechadas, o frio se manteve, então Vanessa deu a idea de durmi nos 3 de conchinha, todos com frio ninguem reclado, entum eu fiquei no meio, raquel na frente e vanessinha atrás. Raquel parecia estar nervosa com akilo, mas elas estava com muito frio para num querer, dava para perceber por suas pernas estarem totalmente arrepiadas, derrepente raquel chegou para trás encaxando ainda más, ela ficava rebolando, olhei e vanessinha ja estava durmindo, enfiei minha mãe dentro da saia de Raquel e fiquei brincando com meu dedo nos beicinhos da buceta dela por cima da calcinha, ela ficou tão exicitada que esta molhadinha já, susurrei no ouvido dela para irmos pro outro lado da sala, levantei a saia dela e tirei a calcinha e comecei a chupar a bucetinha dela

e vi que a buceta dela era bem carnuda, logo depois saimos da sala e fomos pro final do corredor, ela ja estava sem saia e calcinha, e eu sentei e ela começou a sentar mesmo por cima da minha calça, meu pau parecia que ia rasgar minha calça, derrepente ela levantou e tirou minha calça e começou a cavalgar de costas para mim que estava sentado encostado na parede, ela ficou muito exitada, dava gemidos de dor e prazer, que ecoavam pelo corredor, eu coloquei minha mãe nos grandes peitos dela e puxei o tomara que caia, akeles peitões na minha mão eu dava beliscadas de leve, e apertadinhas, ela estava muito exitada quando eu deitei ela e comecei a meter nela, chupando os mamilos do peito dela e beijando seus peitos, estava enfinado meu pau devagar quando dei uma bombada e ela deu um gemidinho mais alto, vi se vanessinha tinha acordado mais num, ela virou e ficou de frente para mim e começou a pagar um boquete do jeito que eu nunca tinha visto, ela parecia uma prostituta profissional, eu fiquei brincando com o dedo na buceta dela e ela não demorou e gozou, logo depois desmontou em cima de mim, eu botei ela ao lado qua senti uma mão na minha camisa e era Vanessinha, que tirou logo a calça e pediu para fazer sexo anal. Eu sem pensar logo aceitei, então ela ficou de quatro, enfiei a pontinha do meu pau no cu dela, e enfiei toda a cabeça, ela deu gemido de dor, eu perguntei se ela queria continuar ela disse que sim, entum eu comecei devagar e fui acelerando de acordo com a aceleração os gemidos aumentava, derrepente seus mamilos ficaram duros e ela começou a gozar e tbm desmontou.. depois disso nás durmimos e no outro dia fomos embora, quando vimos que o cara que abre o portão foi ligar as luzes.



Bom no proximo conto, contarei como eu e raquel tranzamos no banheiro do onibus na excurssão por Hopi Hari

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaDo caralho-recheio de cueca-contoporno contos eroticos comeu priminha inocente nas feriasminha primeira transa lesbica com minha irmazinhaconto gay o velho casadocontos eroticos medico cinquentao tem sua primeira transa gaycomer minha tia gostosa meu melhor presente contosimagens de rabo gostoso inclinado de calcinha transparentecontos picante de casada que gosta de mamar contos eroticos minha mulher na saunacontos eroticos como me montei pela primeira vez travestiMeu sobrinho me fez gozar gostoso contos eroticos de gayscontos eroticos dona florinda estupradacontos de incesto dez anosmalhadinha de cabelo vermelho malhadinha malhadacontos eroticos gay problemas mentaiscontos eroticos minha tia tomando banho de solcontos minha prima defisiete me viu batedo umagarota brincando com o smigo contos eroticoscontos erotico virei viadinho da escolacontoseróticos, chantageadaTennis zelenograd contoconto me fode maninhoconto comi uma buceta muito apertada que doeu meu pauContos eroticosm comendo a prima de calcinha amarelaContos erótico lutinhaesposa fogosa casa dos contos erotico 3capitulome comeram na minha festa de aniversario conto eroticofazendo gozar mulher casada darlene contosenche esse cu de leite contosachei que era uma mulherao mas era um travecao que me enganou e socou no meu rabinhocontos de cú de irmà da igrejaconto virei meu marido viadocontos de cú de irmà da igrejacontos erotico mulher experimentando um travesticontos eroticod minha vo sento e me deuconto ela estava no quarto nua e o sobrinho na salatoquei uma punheta pro cara enquanto ele dormi relatosreais Contos eroticos de zoofilia- dog gigante me engravidoucontos eróticos de bebados e drogados gaysContos eróticos seduçãocontos eroticos fui comprar cerveja e.comeram minha esposaContos saindo melsinho da buceta da mamaeDesvirginando a sobrinha de 18 anosconto tirei o cabaco da minha filha na presencada maeContos Sexo teen amador Menino Novinho gay Fazenda Do tio peão banho no cavalocontoseroticos comendo ocu dtitiabaxar video porno de coroas de 20 anoscontos eróticos mulher domina outra mulherconto erotico estuprada a dona florindacache:A_ULZ8FKkSgJ:okinawa-ufa.ru/home.php homen preto com olhos castanhos peladinhosmeu irmao me rropeo o cuContos eroticos casal vendo pintudo urinarcontos eróticos minha mãe me pego com cachorrocontos de incestos tesao pelos pezinos da minha maeporno zofilia peitinho inchado sozinhascontos eróticos coroa dando a bunda na casa de swingContos eroticos sabrinamostrei meu sobrinho contosconto moreno heteroconto curto mulher contrata traveco pro cornocontoseroticos conversando com.a esposa.dl.amigoesposa se deliciando com pau 30centimetros na frente maridodona Florinda abrindo pernas mostrando calcinha pornesposa trai o esposo com mulato de 1:90duas lesbicas se trepando uma ta em cima da cara da outra chupando de vagatinhocontos erotico seduzindo meu sobrinhoconto erotico de casada com bunda grande com o vôvôcontos erótico moleque safadocontos eróticos comendo a minha filha caçula na viaquero ver vídeo pornô vários anões bem cafetão bem grosso metendo na nacontos de esposas putasnovinho da pica gigante atolando no mulequeinhoconto estrangeiro picudovidio de cazal trnzandomulherescasadasmorenasconto noivo corno na sala porta abertacontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecoto erotico cachora da minha espozaesposa grupal com 18 aninhos contosguais sao as deusas da punhetacontos eróticos com fotos esposas estupradas submissaswww.mulatanua.comconto eroticos travesti hormoniocontos eroticos bundona no oniboscontos eroticos peguei minha namorada com outro e participei chupandoContos picantes de rapidinha no acampamento (traição)mulhe vais boguete em bebudoDesvirginando a sobrinha de 18 anosO amigo do meu namorado me comeubeijo safado de um nerd conto eroticoViciada em siririca contosFILHA EMPRESTA ROLA PRA MAE CONTOcontos heroticos meu amigo hetero dormi e eu aproveito quando ele ver mim bate e depois mim comeuContos mulher coloca silicone e vira putacontos/eu e minha mulher fomos assaltados e enrabadosroberta close da a buceta para o pauzudocontos eroticoc de senhoras casada se vingando dando o cu pra negoes