Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PECADO COM MINHA MÃE!

Cresci ouvindo meus amigos dizendo que minha mãe era um tesão, sempre que estava na rua e ela passava os homens ficavam comentando e apontando para mim, acho que dizendo"aquele ali é o filho dessa gostosa". Meu pai sempre viajava fazendo com que ela ficasse muito sozinha. Passei a ouvir histárias que minha mãe tinha varios amantes,isso me deixava louco e ao mesmo tempo com muito tesão, jamais confirmei se era verdade ou sá boatos. Ela tinha um corpo maravilhoso, longos cabelos dourados, seios fartos e firmes, uma cinturinha e uma bunda maravilhosa sempre demarcada por roupas coladas e tangas que faziam com que eu nunca tivesse paz na cosciencia. Durante a adolescencia vivia em conflito com minha cosciencia, afinal que garoto se masturba 5 vezes no dia pensando na propria mãe? Eu era esse garoto, sempre que meu pai viajava, minha mãe pedia pra eu dormir com ela, era sempre uma tentação, afinal ela dormia de baby doll e agarradinha comigo, e eu? bom eu me acabava no banheiro. Uma noite estavamos em sua cama assistindo "Instinto Selvagem", na época lançamento nas locadoras. Começa o filme e aquela loira rebolando no pau do camarada, ja comecei com uma ereção, por sorte estavamos cobertos por um lencol. O filme seguiu e novamente uma cena de sexo e outra ereção, o problema foi que minha mãe veio pro meu lado me abraçando e colocando uma de suas pernas entre as minhas tocando no meu pau duro, senti que ela deu uma tiradinha da perna por um instante e colocou de volta. Meu coração estava disparado e ela com a cabeça sobre meu peito, claro, acabou percebendo. Eu sentia o perfume do seu cabelo e aquilo me deixava mais louco ainda. Num momento de loucura apertei ela com força em minha direção e dei aquela encaixadinha do meu pau no meio de suas pernas, a partir dai começamos um esfrega esfrega que ja estava me fazendo quase gozar. De repente ela parou e me olhou nos olhos, meu corpo tremeu... _Filho, eu não aguento mais. _Oque? e ela contorceu seu corpo vindo com o rosto na minha direção, paralisado esperei...sua boca tocou a minha, nossos labios tremiam, um selinho e em seguida um beijo quente, sua lingua invadia minha boca, seu corpo se contorcia buscando a melhor posição para sentir meu pau em sua buceta. O calor ficou intenso, jogamos o lencol longe, ela arancou a parte de cima do baby-doll colocando seu peito na minha cara, eu lambia os bicos e dava mordidinhas, mais por instinto doque por experiência. Sua mão agarrou firme meu pau sobre o calção, a sensação era maravilhosa, ela então passou a beijar meu pescoço, meu peito e enquanto descia ia arrancando meu shorts e minha cueca, quando passou pelo umbigo eu ja estava nu. Sua lingua dançava sobre minha verilha e sua mãos brincavam com minhas bolas, meu cacete chegava a doer de tão duro, ela me olhou nos olhos segurando meu pau em pé e colocou lentamente em sua boca, o calor era delicioso, ela foi descendo, descendo até que estivesse todo dentro então tirou de uma vez e colocou tudo em sua garganta novamente, ela passava a lingua por toda estensão do meu pau e gemia deliciosamente, engolia tudo e ainda brincava com a lingua na base do meu pau, ela acelerou os moviemntos com a cabeça e quando sentiu que eu iria gozar me olhou fundo nos olhos e eu explodi em sua garganta, a porra saia pelos lados de sua boca enquanto ela continuava chupando, quando pararam os jatos de porra ela me olhou novamente limpando a beirada da boca por onde a porra ainda escorria e sentado na cabeceira da cama com as pernas abertas ordenou: _Agora sou eu que vou gozar em sua boca. Sem saber muito oque fazer cai de cara entre suas pernas passava a lingua desesperadamente sobre todos os posto de sua buceta, ela gemia: _Ahhh, passa a lingua aí, isso meu macho. Mamãe sempre soube que me queria, e eu sempre te quis. Chupa, passa a lingua na mãmãe,AAAAHHHHHH. Ela se contorcia e sua buceta estava inundada, eu chupava e passava lingua em seu grelo até que ela me agarrou pelos cabelos me puxando forte sobre sua buceta e descarregando uma grito sufocado gozou, gozou na minha boca, ela rebolava e mexia a cintura na direção da minha cara, eu mal conseguia respirar, e novamente me agarrou pelos cabelos gemendo fundo agora,m seu corpo tinha espasmos, como se estivesse tomando choques um apás o outro. Meu pau já estava pra explodir novamente. Ela arrancou minha cabeça do meio de suas pernas me jogando para traz. _Me da seu pau, quero gozar com você. Quando cai de costas na cama ela veio por cima agarrou meu pau com uma das mãos e sentou de uma vez, sua buceta estava encharcada ela gemia e gritava, estava totalmente fora de controle. _Mete, mete fundo filhinho. AHHHHH come sua mãe. Ela virou de costas pra mim e cavalgava loucamente. _Bate na minha bunda, BATE... Eu dava tapas em suas nadegas e ela gemia mais ainda. _Eu vou gozar mãe. _Espera Ela virou-se novamente de frente pra mim, e ainda sentada no meu pau me puxou me deixando sentado com o rosto no meio das suas tetas. Fitou fundo nos meus olhos novamente um sorrisinho MUITO safado. _Agora vem filho, goza com a mamãe, GOZA... Ela mexia pra frente e pra traz, deixando a fricção bem na cabeça do meu pau _Uou, a vou gozar mãe. vou gozar. _Vamos gozar juntinho meu filho, goza com a mamãe... Ela me apertou e eplodimos juntos num gozo indescritivel. Ela ainda mexia com a cintura enquanto eu desabava de costas, o suor escorria sobre seu corpo deixando brilhante seus seios e sua barriguinha. Ela deitou-se ao meu lado, quando fui dizer alguma coisa, ela tampou minha boca com o dedo indicador: _Shhhhh, não fala nada, relaxa e aproveita essa sensação....eu te amo filho. _Eu também te amo mãe. Depois fomos tomar uma banho juntos, o carinho com que el me lavava, a forma como me olhava, deixam meu coração acelerado. Eu estava apixonado pela minha mãe. Depois disso nossa relação ficou mais sálida doque ja era e o sexo? Nunca existiu uma mulher que me proporcionou tamanho prazer, nunca existiu uma mulher como minha mãe. Adoraria trocar informações com pessoas que tenham vivido uma experiencia de incesto, estou escrevendo um roteiro erático sobre o tema e conversar com quem teve esta experiencia ou tem esse desejo seria otimo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto erotico forçado com animalvidio.da meninas do corpiho gostozucontos eróticos mulheres da b***** grandecomtos eroticos fui rouba e fudi a dona da casaconto engravideiPeguei meu filho mostrei minha vagina contos eroticosComtos filha fodida pelo pai e amigos delecontoseroticossonhosContos eróticos com meias sujasrapidinhas com enteadas contos pornos contos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casanaturismo contoscontos eróticos incesto minha putinha dengosaconto de encesto a supresa de mamaeConto erotico marido vé garotoconto mamae fode com filho aniversarianteNegão Da Picona Na Africa Contos Eroticoscontos eroticos o muleque comeu meu rabocontos de incesto com maes separadasContos gay saindo de carro a noite vestido de mulherContos eroticos de fortaleza - peguei minha esposa me traindocontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadeconto comir avo bundãomeus tios comeram as camareiras do hotel conto eroticocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos esposas adora pau grande e muita porra levei ela pra dar pum cavalopedindo pra fuder com minha,mae sandraconto erótico minha esposa caiu na ciladacontos eroticos dando o cu na praiacontos de sexo com novinhas trepando com advogadosvidio cuzinho do priminho sendo cumidogosando no cu do meu filho bundudo inocenteConto erotico com a vizinha evangelicacontos, tirei bosta do cu de menina menor de idadecontos erótico de incesto eu novinha ano ... meu tio com 26*6cm de rola me arrombou conto erotico gaucha casada carente na praia e cunhadoContos com comecei a usa fio dental e dar o cuzinhocontos eroticos inseto padrinho molestando afilhadatiagreluda csexo meu irmao quer fazercontos noivas deram pra cunhadoo pau do meu irmao era muito grande nao cabia na minha boca, contos eroticoscontos eroticos a forcaconto amor de cornoContos picantes de rapidinha no acampamento (traição)contos eróticos de bebados e drogados gaysconto erotico de uma casada no busao de s paulocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casafogosá taradacontos eroticos mulher e amigacontos eroticos nylher do meu patrao carenteContos eróticos juvenismeu cachorro tarado.contos sexoContos-esporrei na comida da cegacontos eroticos "cadela" "sem comida" "fome"http://porno videos xx muhheres coroas dando os peitâo para chupaloscontos eroticos madrasta empurra dedo nu meu cumaridinho chupou minha bucetaconto de filho fudendo cu da maeconto erótico casada arrependida na noite de carnavalconto erotico chatagiei minha irma e arrobei elafeia (contos eróticos)rose tapa na cara contos eroticostia solteira carente contos eroticosvovo me pegou fudeno o cu da mamae falou que queria experimentar contosver filme porno com massagista se a susta com o tamanho da piroca do clientes e pede para tocar uma pueta e pede para ela bater um pueta ele goza na boca de delaContos eroticoseus.filhoscontos eróticos caminhoneiro safadoChupando o peito da priminha gostosa:*conto erotico comendo esposa e sograconto porno mulher gosta pau 25cmtravesti zinha bem novinha no carnavalconto com foto papai mi enrabo na fasendacontos erotcos cunhada na viahemhomem de pau duro pra outro no cfc contoConto erotico numa festa de anos todos a foderem a que fez anos Contos eroticos chantagiei meu sogra pra comer minha sogracontos eroticos comi a tiazinha do condominiocontos-meu cuzinho contraindo no teu paucobtis erotiis sograscontos metemos duas piconas na minha mulherconto real espiando no buraco casal sexo chacara