Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESTUPRADA NA MARRA!!!

Ola meu nome é Renata, tenho 27 anos de idade e moro em um condomínio fechado no recreio dos bandeirantes (Rio de Janeiro), No dia em q aconteceu-me o ocorrido, meu marido trabalhava e meu filho tinha acabado de ir pro colégio, era mais um dia normal de uma semana normal, a famosa rotina!! Dizem q pareço muuito com a Viviane Araújo (é claro q gosto da comparação, pois ela realmente tem o corpo liindo!! RS)

Lembro q estava chovendo muuito e o almoço já estava quase pronto, podia sentir o cheiro no meu quarto mais, como ainda estava com roupa íntima e assistindo um DVD ali fiquei. Der repente ouço um barulho muito forte na cozinha e tbm as panelas caindo (não me preocupei, pois nossa empregada sempre foi muito competente em tudo, e isso de vez em quando acontece) o q realmente assustou foi ver a porta do meu quarto sendo arrombada com uma pesada e dois caras armados invadindo rindo e comentando q tinham encontrado a madame. Meu coração quase saiu pela boca quando vi q perceberam q o filme q eu assistia era pornô, na mesma hora olharam os bicos dos meus seios, os mesmos estavam se destacando, mais duros q rocha e mais pontiagudos q alfinetes!! Sabia q algo fora do normal estava prestes a acontecer! Com a arma sempre apontada pra minha cabeça não foi difícil prever o q eles queriam além de nos roubar, queriam me comer!! Quando me dei por conta minha buceta já estava com a língua atochada e sendo esfregada em cima da minha cama, mesmo q quisesse não conseguia fechar as pernas, pois eles ja estavam a arreganhando de um jeito q nunca as abri, nunca ninguém me chupou com tanta força e sede, enquanto eu era obrigada a ser chupada por um ladrão, o outro safado me porrou na cara e antes q desse tempo de gritar, senti meu nariz apertado e sendo obrigada a respirar pela boca apenas quando ele tirava da minha garganta a cabeça do pau duro q me socava!! Onde estava minha empregada na hora em q eu mais precisava dela? Não tinha mais o q fazer a não ser deixar a lagrima escorrer e gemer, pois falar era impossível sendo obrigada a mamar sem parar!! Chorava pra dar-lhes a impressão q estava sendo comida a força mais minha vagina não parava de alimentar a boca do bandido escorrendo a todo tempo o meu leite, ele lambia como se fosse a ultima chereca do planeta. Ouvi um barulho subindo a escada e por um momento pensei q fosse meu marido voltando mais cedo sá q estava enganada, minha empregada estava com mais dois bandidinhos completamente amarrada das pernas aos braços e sendo obrigada a pagar boquete nas duas pirocas ao mesmo tempo em quanto eu estava sendo estuprada no meu quarto. Depois de tanto esporrarem na cara empregada, subiram com a coitada toda amarrada e a jogaram em cima da minha cama, na hora em q ela chegou vi sua cara negra toda branca melada, ela não acreditou q eles estavam me comendo com violência de quatro no cú e na xota e o pior, não acreditou na hora em q segurei sua cara e comecei a lamber todo o esperma q escorria!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Nessa hora não me reconhecia, sentava com a xota em uma piroca e pedia pra enfiar a outra até o talo dentro do cú, sabia q poderíamos ser comidas a vontade q ninguém iria chegar e não iria mudar nada na nossa vida (por mais q nunca nos esquecêssemos disso) Chupei a língua da empregada, pois estava com a cara d frente pra minha tbm sendo comida de quatro, a diferença é q eu estava com as pernas tão arreganhadas q era quase uma abertura zero (nunca fui fodida desse jeito) e ela estava com as pernas juntas e amarrada sendo comida apenas na bunda. Não paravam de nos porrar enquanto nos comiam, cada socada na nossa bunda era uma porrada q ganhávamos no rosto, percebi q tinha uma piroca sendo punhetada sozinha, cheia de veia nos olhando ser fodidas, nem pensei, na mesma hora segurei e soquei na garganta da negra, pois já estava num estagio em q queria descobrir quem aguentava mais piroca, a empregada ou a patroa??

Percebi q Adriana (minha emprega q lembra muito a Bombom) já não esperava o bandido socar o piru na garganta, pois ela mesma engolia até engasgar, nunca vi tanta baba escorrendo pelo tronco de uma piroca dura com um boquete, igual a q lambuzava minha cara, pois enquanto isso eu estava embaixo abocanhando o saco!!!!

Em um piscar de olhos todos já tinham gozado varias vezes em todos os buracos q nos cabiam, foi quando eu já exausta e satisfeita, toda melada de porra, fiz o q sempre tive vontade mais sá agora a oportunidade. Abri as pernas da Adriana e fiquei sá olhando!! Quanto leite tinha dentro e fora daquela buça negra, não resisti e chupei todo o esperma q ainda tinha pra escorrer daquela xota gostosa de um jeito q nem o bandidinho me chupou!!!! Noooooossaaaaa, sá fui perceber q ainda estavam me comendo quando minha empregada deu um tapa na minha cara e ordenou q eu a lambesse desde o olho do cú até a ponta de seu grelo como uma cadela com sede de osso, sem parar, ou ela iria contar pra todos q a patroa avançou na sua xota por livre e espontânea vontade! Chupei mesmo sem medo de me arrepender, quanto mais ela rebolava d pernas abertas mais eu chupava, lambi, boquei, chupei, lambi de novo até perceber q minha empregada se tremia toda, era o orgasmo q eu, a patroa, tirou daquele corpo sá botando minha boca! Gozei juntinho com ela, pois ainda estava sendo fodida por dois caralhos e ela não parava de boquetar tbm! No final das contas ficamos amarradas



MSN & Email - [email protected] - Se alguem tiver afim de algo real com um jovem e delicioso ksal??!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos cachoeiracomi o garotinho contoscontos eróticos corno excursãocontos eroticos abusandoconto gay no matocontos eroticos dei para o compadre da minha filhaminha tia coroa crente de 57 anos contoconto erotico mostrei minha calcinha por dinheiromeu pai olhava pelo buraco na parede do quarto dele pro meu e se masturbavacontos eroticos raimunda bundadaContos Eróticos Tentada pelo filhocontos eroticos zt i: blackmailarronbando minhas 3filhas a forsaConto Comendo menina marrentacontos eroticos de puta sendo estrupada no estacionamentominha prima e uma jebadei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticoeu e meu mae usa drogas filhos contos eroticocontos eróticos troca de casalfui comer a novimha e fui comidopornô irado a mulher que tem a minha branca e tem aquela bundona fome morte elaConto erotico entregadorhomens velho gay contoscontos eróticos troca troca meninosContos ero velhocontos eroticos minha namorada dormiu de calcinha e meu amigo comeu elacontos eróticos 2 meninos comeu minha mulherporno bundas muitissimo leve ou seja moletravesti tomou banho com amiga e comeu bucetinha delatransando com a interna contoscontos colega safadinhaMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contosdona Florinda abrindo pernas mostrando calcinha pornconto erotico casada gosta de se mostrara mãe e sua filha adotiva eu tirei as virgindades das bucetas delas conto eróticoSou casada mas bebi porro de outra cara contoscontos. virei viadinho do dono da padariacontos adoro um pau gostoso e tesudo de travesticonto erotico footjob da primacontos erotico velha casa abandonada noitecontos erotycos encochadas no metrocontos velho nojentos no onibusmeti com banana no cu contos contos eroticos sobrinhosminha tia esfregou/a/bunda/dee/vestido/no.meu/pau.contos eróticos estupradavi ele comer ela/contocontos eroticos eu e minhas amigas muito novinhas pai arrombando o cuzinhocontos eróticos de garotas f****** velhonao resisti a buceta da minha maeconto vi arrebentaram cu minha filhaconto erotico adoro dar meu cucontos eroticos fudendo a mae ño campismome mesturbei no banheiro e agira?Comtos namorado ve namorada ser fodida pelo irmao delawww.contotio/mecomiaconto gay comendo meu vizinho gayIniciada pelo minha mae Conto eroticoConto erotico na lua de melperdeu a aposta na sinuca e teve que ver sua namorada com o negraocontos eroticos gay meu tio de dezessete anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anosporno club contos eroticos de meninos gayscontos de mulheres que gostam de mamar caralhos e levar na conaum careca inesquecivel contossexo.piralho.comendo.o.cu.da.coroa.casadacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erotico o filho da vizinhana praia com meu genro contoscontos eróticos mulheres p****mulher traindo o marido com entregador arvores de natalconto herotico engravidem uma branquinhaconto erotico de mulher casada socando o pepino na buceta e cenoura no cucomeu uma gordinha no onibus em viagem contos eroticosno so fa regassa a calcinha e mete na cunhadaa loira e o cavalo contoconto comendo a coroa gostosafamilia naturista conticontos eroticos boleiacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto comedo que meu filho virasse gay dei pra elecontos eroticos meu primo comeu eu e minhacontos presenciei minha irmã fudendo com um dogcontos eroticos de macho de calcinhacomentário de. mulher que ja deu a buceta pro entregador de bebidacontos eroticos comi uma velha bebada