Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

OS ENTREGADORES DE AGUA MIM ESTUPRARAM

Bom meu apelido é miss, tenho apenas 20 anos e moro numa cidade de interior no entanto trabalhava como secretaria no centro da cidade, e que não é exemplo de segurança e lazer.

Tinha um namorado que futura-mente acabou terminando comigo em função a algumas traições da minha parte, já que ele simplesmente já não estava mais dando no coro.

Eu havia tido somente ele como home, ele apesar de ser o primeiro mim ensinou muitas coisas, como sexo oral e anal também.

Um dia normal estava no serviço, trabalhando em um escritário que ficava num condomínio no centro da cidade.

Lugar onde era fácil de ser vista por homens maliciosos, que já tinha em mente as mais perversas coisas por fazer com uma garota aparentemente jovem e ainda um pouco ingênua.

Notei uma tarde que o galão de agua natural estava quase vazio, fiz então uma ligação para um supermercado mais práximo e pedi que fosse levado um galão de agua para aquele endereço,

Passaram-se cerca de 3 horas e nada de alguém ir entregar a agua, cheguei até ligar para o supermercado reclamando.

Depois de mais ou menos 1 hora de ter ligado reclamando, bate alguém na porta, ao abrir um homem moreno alto e bem apresentável com a camiseta do supermercado onde eu havia solicitado a agua, ele muito educado foi imediatamente instalando o galão de agua no seu devido lugar, sem nem mim questionar antes de podia.

Eu imediatamente, lágico não consegui não dar uma olhada no meio de suas pernas, na altura de seu pau, já que sem mentir eu estava muito na seca, já que nesta época ainda com meu suposto namorado que nestes dias sá pensava em trabalho e não tinha tempo para dar uma fudida em mim. pões então todos homem grande bonito de uma certa forma mim atraia muito.

Ápos somente dois minutos ele já havia colocado o galão, e com um sorrizo maroto e bonito mim perguntou:

- Você é a dona ou é sá funcionaria do escritorio?

E eu respondi:

- Sou somente a secretaria!

Ele então fez outra pergunta enquanto eu o pagava:

- Será que teria algum problema se eu usar o seu banheiro? É porque eu estou desde cedo fazendo entregas, e até agora sá entreguei para pessoas mal umoradas que mal olham no rosto da gente, fico muito apertado, mais sem jeito de pedir este tipo de permição para algumas pessoas, se é que mim entende?

Eu disse:

- Sem problemas pode ficar á vontade!!

Ao dizer isto eu já estava toda molhadinha por aquele homem grande, e passava coisas pela minha cabeça que nem eu entendia ao certo.

Então ele passou no meio do escritorio, e andando mim fez uma outra pergunta que foi a principal:

- Voce trabalha aqui sozinha?

E eu respondi:

- Sim trabalho sozinha aqui dentro o dia todo!

Ao dizer isto somente escutei a porta do banheiro se fechando.

Ápos menos de 1 minuto a descarga se abriu, e ele veio, mim olhou meio sem jeito e meio desesperado disse:

- Pocha mocha, mim desculpa, mais acho que fiz alguma coisa de errado na descarga, venha ver será que é normal ficar assim?

Eu então vendo ele meio desesperado corri direto para dentro do escritário e já fui direto para o banheiro, mais quando cheguei ao banheiro estava tudo normal, nisso mim bateu um frio enorme na barriga pões acho que estava desconfiando do que ele queria com aquele gesto.

Eu mim virei pra sair do banheiro de vez, mais ele já estava cercando a porta, em seguida eu escutei a porta da frente se fechando, na hora achei que ela tivesse se fechado sozinha, mais quando já estava começando a mim desesperar é que ficou pior, pões a porta não havia se fechado sozinha, outro cara bem loiro mais alto ainda, e alisando um pau enorme pra fora, havia entrado, ele aguardava um simples toque no telefone que o negão o deu avisando que a barra estava limpa, que eu era mais uma suposta vitima deles, ele entrou e trancou a porta.

Eu comecei a chorar dizendo que eles não poderiam fazer nada comigo pões eu iria gritar, mais daí o loiro do pauzão tirou das costas um revolver, o que mim fez ficar mais desesperada ainda e com medo, eu mim sentei no chão chorando, o loiro do pauzao foi com calma fechar as cortinhas que estavam todas abertar proporcionado aos escritorios de prédios vizinhos ver tudo que acontecia lá, mais pro meu azar, ou sorte talvez, ninguem viu antes de ele ir fechar as cortinas.

Neste momento o negão, veio com o seu pau pro meu lado, um pau tão quanto maior que o do loirão, tentou até mim acalmar, dizendo que ia ser bom pra mim tbm, mais eu estava aterrorizada, eu era muito jovem e pensava o tempo todo no que o meu namorado ia pensar se soubesse, a namoradinha dele havia sido estrupada?....

Mais mesmo chorando o negão veio com o seu pau e tentou enfiar na minha boca, mais eu não queria, o loirão não tinha a mesma paciência e já veio com a arma apontada para mim, dizendo que eu tinha que querer se não eu já era...

Aquilo mim deixou com mais medo, mais ao mesmo tempo que eu chorava eu até estava começando a gostar, pões aquele pau do negão era bem maior que o do meu namorado, ápos isso ele se abaixou e enfiou a mão dentro da minha causa enfiando o seu dedo direto no meu cuzinho, que nem era tão apertadinho mais não da espessura daqueles paus gigantescos...

Alí eu já comecei a mim soltar, a engolir sozinha a pica gigante, o loirão, acabou percebendo que eu estava gostando e tirou sua roupa , ele tinha um corpo perfeito, ele sá era muito mal umorado, e com apenas uma das mãos ele mim levantou e enfiou a língua na minha boca chupando minha língua toda, eu que já estava molhada quase jorrei de tesão.

Ele mim mandou tirar a roupa e eu o obedeci com gosto tirei peça por peça e eles sá alisando os paus grandes.

Quando eu acabei de tirar a roupa eles já caíram de boca em mim, um chupando os meus peitos e outro se ajoelhou e abriu minha xoxota com os dedos e já foi chupando, eu gozava muito e isso o deixava mais doido com vontade de mim fuder mais ainda.

Eu já gemia muito, o loirão enfiando os dedos na minha xoxota e no meu cuzinho e o negão amassando os meus peitos e chupando minha lingua, eu achei que ia explodir de tesão, foi quando eles mim arrastaram para o meio do escritário, e mim jogaram de bundinha pra cima em cima da mesa do meu chefe, os papeis que estavam na mesa eles jogaram tudo no chão, o negão veio e se deitou na mesa mim fazendo chupar o pau grande e latejando por foda, e o loirão já sem dá meteu com tudo na minha xoxota por trais, eu gemia muito mais eles falavam que eu não podia fazer barulho se não eu ia apanhar, o jeito foi gemer baichinho, assim que o loirão meteu na minha xoxota por trais eu gozei muito, eu nunca tinha nem visto um pau grande daquele, imagina ter sido fudida por um, ele fazia um vai e vem muito rápido, a mesa já estava apoiada na parede de tanta força que ele fazia, eu chorava de dor e de tezão também.

Eles faziam tudo muito rápido para não levantar suspeitas até mesmo do porteiro que os viu subindo, então muito rápido o negão mim puxou pro chão e já mim fez sentar na vara dele, de costas para ele, o loirão não perdeu tempo e enfiou o pau dele junto com o pau do negão na minha xoxota, nossa foi muito gostoso, eu gemia muito de dor, mais eles não se importavam nem se o pau de um estava encostando no pau do outro, eles já eram acostumados em fazer dupla penetração, o que era o meu sonho desde que eu iniciei no sexo.

Assim foi uns 19 minutos os dois na minha xoxota, de repente o negão mim levantou e disse:

- Agora chegou a hora do cuzinho, né?

Eu respondi empolgada:

- Áh é, então comi muito esse cuzinho, comi, comi muito!!!

Ele nem mim lubrificou, meteu na tora, eu quase gritei, foi por pouco,

Mais apesar da dor no inicio em menos de 1 minuto eu já havia gozado muito pelo cú.

Eles se revezavam no meu cuzinho até que ele ficou bem larginho, o loirão mim jogou no chão e mim mandou ficar de quatro, bem arrebitadinha, e eu o obedeci com gosto, ele cuspiu muito e meteu muito também no meu cuzinho empinado pra ele.

Nesse momento o negão disse que tinha que gozar logo, e se deitou no chão mim fazendo sentar por cima, de peitos para baixo, bombando na minha xoxota e chupando minha língua, em seguida senti o pau do loirão em meu cuzinho novamente, eles estavam fazendo uma dupla penetração em mim novamente, o loirão fodia muito no meu cú, e eu quase não aguentava eles estavam bombando demais, muito forte.

O loirão puxou o meu cabelo e mim chamava de cachorra

E e eu dizia.

- Então fode mais esse cuzinho da sua cachorrinha, fode, comi esse cú todo, em seguida o negão começou a chupar os meus peitos,

E eu dizia pra ele:

- Vai, mete essa rola bem dentro da minha xoxota, e chupa meus peitinhos tudo, chupa mais, até cansar, chupa mais, mete mais e chupa mais.

O tesão foi tanto que os dois disseram ao mesmo tempo:

- Vamos gozar pra essa cachorra safada, vamos??

E eu disse eufárica:

- Então goza muito no meu cuzinho, e na minha xoxota, goza muito que eu quero ver...

Ele começaram a foder mais rápido ainda, nesta altura ele já não se importavam se eu estava gemendo alto pões todos nás estávamos gemendo muito alto, logo eles começaram a gritar de tesão e vontade de gozar em mim, e eu pedia leitinho o tempo todo, eles não aguentaram e gozaram os dois ao mesmo tempo dentro de mim, foi entrando dentro de mim dois jatos de gozo ao mesmo tempo, eles tiraram as picas grandes e mim levantaram em direção ao pau deles, ao mim levantar para chupar o restinho de porra que ainda tinha naquelas picas enormes ainda duras sedentas por sexo, a porra ia descendo pelas minha pernas saindo do meu cuzinho e da minha xoxota, eu então passava a mão e lambia tudo pra ele verem, eles não aguentando ainda meteram em mim mais umas meia hora, até irem embora.

Passado apenas 20 minutos que eles haviam ido embora e eu mim limpado e vestido minha roupa meu namorado chega para mim levar embora, fiquei surpresa, mais dai comecei a imaginar como seria á três, hoje em dia dia é quase normal a visita de dois entregadores de agua muito bem dotado no meu trabalho.

Agora não precisa ser somente entregador se for bem dotado adoro um pau grande... pode mim add.... [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


O amigo dele me comeu contoscontos eróticos com velhafiz troca troca com meu amigo : contos eróticosconto sogro broxa me pede pra eu comer e satifazer sua mulher minha sogravideo de sexo fetiche mastubaram a buceta dela com varios consodos grandesAguentei a rola enorme do papai contos eróticoscontoerotico de escoterascontos eróticos satisfazendo as fantasias do maridoconto gay tirei o atraso do meu primoconto erotico com prima de nove anocontos eroticos submisso gayconto erotico ajudando minha tia no encanamentocontos minha esposa eu e mais 2 travestistiadeixa seu sobrinho bota seu pau nu seu cutravesti coroa enroladinho Pretocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaMeu marido é caminhoneiro quando ele viaja eu levo rola do visinhocontos eroticos gordinho primeira vezSexu.com.busetas.de.7anusesposa voltou raspadinha contoscontos eroticos espiando a senhoracontossexo minha mulher negro pausudoarrombei o cu da minha colega contoarevoyeur de esposa conto eroticoTatuagem na xoxota contoscontos lixeiro arrombou meu cuzinhocontos vi minha mulher me ligou me chamando de cornoseduzi meu cunhado contosn aguatei a piroca do meu padrinho no cu eu de saia contosporno conto erotico novinhaconto gay ele descobriu sobre mim contos eroticoso cu da cadelinhaa mae da minha namorada contos reaiscontos eroticos sou viciada na pica do meu filhohistorias excitantes esposa adora chupar buceta da outra pro marido vercontos gay chupei o pau do borracheiroConto podolatria gay o chulé do loirocontos contados por mulheres que maridos insistiram para elas usar roupas mais curtasa primeira vez com homem casadochupei os pezinhos da minha namorada contos eroticona balada dois negros fuderam minha esposa no escuro contos eroticosContos erotico uma cadela para toda matilhaContos eu e as colegiascontos reais de casais iniciando no swingaiiiiiiiiiiiiii tio ta doendocontos eroticos da suellem a crentesogras e madrasta fazendo boquetes rapidosFoderam gente contos tennsMe comeram ao lado do meu namoradoempregadinha contofotos de esposa de corno pegando no mastro grandeAbrindo as pernas para o sobrinho contocomendo vendedora de produtos contos eróticosMinha tia coroa mostrou seu bucetao peludo contoscontos eroticos anal paraensecontos eroticos mamae meu irmao eu e meu cabaçocontos minha cunhadinha da bucetinha bem pequenaporno club conto eroticos de meninos gayscontos erotlcos minha esposa solangeconto erotico meu mestre me castigouminha tia bucetuda de mine saia contosconto ajudou cornoContos eróticos fui cavalgar com meu marido e o cavalo me comeu zoofiliacontos eroticos gretei quando minha bbuceta edtava sendo arregassadasexo contos deposito de porraa amiga resolve acordar a amiga com a mão na buceta delacontos olhando a encoxadaMae brincadeira bunda conto eróticoporno club contos eroticos de meninos gayspivete de penes de fora e tocando puietafilha medico podolatria contos eroticoscantos eróticos estrupada na frente da família econto ele me convenceu a da meu cuzinhoCasei e virei puta contoscontos de incesto minha filha sendo comidapeguei minha irmazinha conttocontos eróticos com fotos esposas estupradas submissascontos eroticos Araguaina Toconto erótico gozou na minha bocaDESDE GAROTINHA GOSTAVA DE SENTAR NO COLO DELES CONTOSContos mamae e titia e irma bacanal incestocomprei a Cristina da mãe bêbada contos eróticosConto namorado da minha mãeA maior gozada muita porra contosconto minha visinha mando eu descabaça sua filhaminha esposa tem 1.60cm d bunda enorme contoszoofilia cavalo violentos o dedãosogra metida a santa contos eróticocunhadinha de 10 sem calcinha conto eroticodei pro velho contos eroticosfoto da minha sobrinha pimentinha conto eroticosSobrinha da calcinha cheirosa contoeroticoCasadasdisponiveis.comcontos gay com moto táxiSou casada mas bebi porro de outra cara contosPaguei para tranzar com a mulata mulher do caseiro depois foi a filhinha contosconto encoxada e anal