Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

JAPONESINHO VIADO

Sou japonesinho e eu tinha 7 anos de idade, nada sabia a respeito de muitas coisas... Um dia eu estava sentado na calçada em frente de casa quando um cara de uns 19 se aproximou e perguntou se eu queria brincar no campinho. Respondi que sim. Ele me disse que se eu quisesse ele me levaria lá e seguimos rumo a um matagal. Ele me levou pra um campinho que tinha uma cabana.



Ele me falou para entrar e como não havia nada dentro perguntei do que ele costumava brincar lá. Ele me explicou que brincava de “vaquinha”. Ele foi dizendo que ia me mostrar a brincadeira, e eu deveria fazer tudo o que mandasse. Eu obedeci.



Aproveitando da minha inocência ele se aproximou, me mandou ficar de quatro e subiu em cima de mim, encoxando a minha bundinha. Fazia movimentos de vai-e-vem contra meu corpo, enquanto dizia baixinho no meu ouvido que nunca tinha visto uma vaquinha com uma bundinha tão gostosa e que estava gostando muito de brincar comigo. Fiquei todo contente com o elogio, embora não entendesse onde aquela esfregação nos levaria. Continuei ali agradando o tio.



Passado algum tempo daquela esfregação, ele tirou meu calção. Fiquei na posição de vaquinha e senti seu dedo lambuzando meu cuzinho com uma geléia. Depois de ter me melecado bem a bunda, lá estava eu de quatro, senti quando que ele encostou alguma coisa em mim e começou a empurrar.



Era seu dedo, que foi metendo até lacear, Depois enfiou outro. e depois outro. Eu tava deixando tudo, tava gostoso. Ele veio pra cima de mim e me beijou a boca. Senti a lingua invadindo minha boquinha, me beijando gostoso. Senti estranho, mas deixei.



Ele tirou a calça e botou o pinto na minha frente e mandou eu chupar que nem pirulito. A pica estava enorme e vermelha, ele mandou eu esconder os dentes e abrir bem a boca e eu obedeci. Senti o membro entrar em minha boquinha. era quente, duro e macio, e cheirava a mijo. ele segurou minha cabecinha e fudeu minha boca bem devagarinho. Sentia o au latejante ficar cada vez mais duro.



Ele tirou e me levantou, pegou minhas perninhas e abriu contra o corpo dele. Com as pernas abertas, senti os dedos no meu cu de novo. enfiou dois dedos de cada mão, alargando meu cuzinho. Apontou a cabeça do pau no meu cu.



Senti entrar a cabeçorra, uma dor gostosa e fiquei quietinho. Empurrou mais pouco o membro e perguntou se estava doendo. Eu menti e disse que não. Tampou minha boca com uma das mãos e com a outra me segurou forte pela cintura e meteu com tudo. Soltei um grito abafado e senti a pica me rasgando.



Aos poucos fui me acostumando com o membro dentro de mim e ele percebendo isso foi metendo cada vez mais forte. Gozou forte no meu cuzinho, senti a porra quente esguichando dentro de mim.



Mandou eu lamber tudo. Ficamos ali quietos um tempo. Eu gostei. Fiquei brincando com o pau mole dele. Chupei o pau e as bolas. Saímos de lá, o cara foi embora mandando eu não contar nada pra ninguém.

No caminho pra casa, encontrei meu amiguinho e contei pra ele a brincadeira. Ele tirou sarro de mim e me chamou de viado, e arriou as calças e mandou eu chupar ele. E obedeci e chupei a piquinha dele. Era tão pequena, que peguei as bolas e engoli junto. ele mandou eu ficar de quatro, e me comeu o cu. Falou que eu era mulherzinha e que agora ia me comer todo dia.



Depois desse dia, virei a alegria da molecada. Eu era bem bobinho, e fazia tudo que me mandavam. Dava o cu, chupava as pirocas. No recreio me arrastavam pro banheiro e faziam fila no meu cu até o sinal bater. Depois da escola, me levavam pro matagal e metiam até anoitecer. Meus pais trabalhavam até tarde e nada sabiam, nem desconfiavam.



Pouco tempo depois a gente mudou pra outra cidade. Acho que eu tinha jeito de viado mesmo, pois no primeiro dia, veio logo um moleque de uns 19 anos me encoxando no banheiro. Viu que eu gostei, e me levou pra privada e me comeu. E me disse que era pra dar sá pra ele. E que se alguem se metesse comigo, era pra eu chamar ele. Virou meu macho. Quando a molecada zoava comigo, ele ia lá e dava porrada nos moleques. Todo dia me levava em casa, e me comia no fundo do quintal.



Até hoje ele me come.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos menina. na fazendaurso velho peludo gay contosconto esposa do bucetaoCego sexo sabo buceta bomcontos eróticos de bebados e drogados gaysconto mulher casada rabuda dei pedreirocomto erotico amigo do meu marido ele nao viu nadacontos eróticos sonífero em famíliatia de saia safada contovideo de porno o cara foi concerta o icanamento e comel elaconto erotico submissa gozei choreiconto comi meu enteado novinhocontos acordei louca para fuder com meu irmaocontos eróticos brincadeirasContos eróticos gravida de 4 peõescontos eroticos de casais realizando fantasia com comedorCasada viajando contosContos eróticos de travesti comendo casadosCíntia irmã de Johnnycontos eroticos sograDesvirginando a sobrinha de 18 anoscontos eroticos de enteadascontos eróticos com meu sobrinho do meu amigocontos eroticos menina com sr getuliovi minha mae e minha irma fudendo com um cavalo conto eroticonegrinha virgem sendo violentada pelos tios contosDei a buceta contocontos eroticos eu minha amiga e o desconhecidooleo na bucetaq pornodoidocontos enteadacontos eróticos João o velho comedorcontos eroticos amigo gay iniciouchupando o pau e.lambendo o cinema caraContos pornos-mostrei o pau duro pra minha maeFoderam gente contos tennscontos eroticos dando o cu na praiaca dos contos eroticos infancia negao gigante acontoseroticos.site/buscar-conto?busca=Comendo+o+cuzinho+virgem+da+sogra+calcinhas sujas contos eroticos da tia safadaconto erotico eu meu marido e o entregadocontos minha mae se exibindo para mCamila minha enteada Tirei o c***** dela bem gostosocontos eroticos jingridConto homosexuais de enteadosContos eroticos tarado por seiosContos porno dei cu p me sogro por chantagemos nomes dos geladinho do ice lokomora Nana bem gostosa da bundona bem grandes eu dental bem deliciosa nécontos sou negra e do o cu e a xereca marido ma sabecontos pornos irmas naturistascasa dos contos estrupada por pivetescontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eróticos menino pintinhover conto veridico minha baba abusado por minha babacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos de incesto onde tio coloca sobrinha de nove anos no colomeu filho e meu marido conto eroticoContos eroticos danadinha no colo velhocontos comendo o traficantecontos eroticos meniniha com cobraFui violada por pirocao contos eroticosConto troquei o oleo com meu patraoContos eroticos de podolatria chupando pes de primas brincando com os pescontos eróticos me pegaram a força no meu trabalhocontos eroticos nao entraconto erótico de casada que chegou em casa completamente arrombada e o marido percebeucontos eroticos dano banho no primominha esposa ela levou sua amiga solteira pro nosso quarto pra eu fuder elas duas juntas conto eróticosalva vídeo porno mulhe afosa outra mulher chupa a buceta cheia de sebocontos eroticos de tia masturbacaogorda sacada ficamos siriricacontos eroticos garotinho na escola loiras fudendoconto eróticocontos eroticos padresVideo porno de duas coroas de 45anoa saindo juntas pelaprimeira vezcontos eroticos no tremContos eroticos casada biscateconto erotico hetero fudando com mecânicos no trabalhoconto erotico pai come nora e o filha veFoderam gente contos tenns