Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRIMEIRA VEZ NA BUNDINHA

Ola meus queridos, eu não vou dizer o meu nome, afinal é besteira já que eu iria mentir mesmo...rs, mas vou dizer como eu sou pra que vcs possam me imaginar, tenho 26 anos, sou baixinha, tenho 1,53, peso 60 kg, mas não sou gordinha, tenho pernas grossas e bumbum grande, pele morena, sou mulata, tenho boca carnuda, olhos castanhos, cabelos compridos, seios perfeitos, daqueles que enchem a mão, sem sobrar, com biquinhos marrons. Sou pequena mas não sou delicadinha, sou uma cavalinha... rs

A transa que vou contar pra voces não é nenhuma transa fora do comum, mas foi deliciosa, na epoca tinha apenas 19 anos e minha mãe me controlava de uma maneira que quase nunca conseguia transar com meu namorado, que tinha 21 anos na época, ele era branquinho, olhos verdes, forte de musculação, e a mãe dele ajudava a minha, o que nos obrigava a sempre correr o risco de ser pegos transando dentro da minha propria casa enquanto minha mãe assistia TV. Certa vez minha mãe deixou eu passear com meu namorado para a praia, já que a mãe dele ia junto e poderia ficar de olho em nás, e ficava, mas uma noite acordei para beber agua, esta muito quente fiquei na janela tomando ar, quando ele entrou na cozinha, estava todo mundo dormindo e a oportunidade era deliciosa... fiquei encostada na janela enquanto ele me virava pra beijar minha boca, eu estava com um camisetão e ele sá de shorts, conforme nos beijavamos o shorts dele ficava mais apertado, ergui meu camisetão mostrando meus seios para ele, que os acariciou... aquelas mãos grandes apalpando meus seios me deixava louca, de vez em quando beliscava os buiquinhos... ia aproximando a boca dos mamilos, estava louca de vontade que mamasse nos meus peitos mas o safado sá ameaçava pra me deixar mais doida!!! peguei nos cabelos dele e empurrei a cabeça dele contra meus peitos... ele desceu as mãos uma na minha bunda e outra na xoxotinha, que piscava de tesão, que estava toda depiladinha, já que eu estava indo para a praia, era uma delicia, um dedo dentro da xoxotinha que entrava facinho já que eu tava toda molhada, outro ameaçando entrar no meu cuzinho, enquanto sugava meus peitinhos... foi quando ele se ajoelhou e tirou minha calcinha, meu camisetão desceu e ele ficou debaixo dele chupando minha bocetinha, eu sentia o calvanhaque dele roçando na na minha boceta carequinha e a lingua quente entrando em mim, queria gritar de tesão, mas me controlava pra não acordar ninguem, até que não aguentei e gozei, senti minhas pernas amolecendo quase caí.

Como já tinha gozado estava tranquila, mas a situação dele tadinho... não podia deixar naquele estado, e eu tambem queria um pouco na bocetinha, abaixei os shorts dele e pus pra fora aquele pau gostoso, tnha uns 17cm e bem grosso, duro igual concreto, com uma cabeçona roxa e lisa quando ficava muito excitado, era apetitoso... adorava chupar aquele pau, (vivia na varanda fazendo chupetinha nele enquanto minha mãe assistia TV), ele ficou doido quando coloquei minha linguinha no buraquinho do pau, o coitado fazia de tudo pra não gemer, enquanto chupava acariciava o saco e o perineo, de repente ele me pegou e me colocou em pé de costas pra ele, me apoiei na janela e empinei a bundinha, e ele pincelou a cabeçona na minha boceta colocando sá um pouquinho dentro, peguei e joguei minha bundinha pra tras com tudo e engoli o pau inteiro com minha boceta, eu rebolava no pau dele, ficamos naquele vai e vem devagarinho ele apertava mimnha bunda , abria ela e colocava o polegar dentro do cuzinho, até que ele me disse que queria gozar dentro de mim, como estava sem camisinha e eu não tomava remédio disse-lhe que não podia, mas ele queria gozar dentro de mim de qualquer jeito, então ofereci minha bundinha, que sempre neguei, o safado sabia comer uma bundinha, ficou alguns minutos me alargando com os dedos e me lubrificando com saliva, mas não estava mais aguentando e quis logo colocar o pau, achei que ia doer muito, ele me abraçou forte e colocou a pontinha e me disse pra fazer força como se fosse fazer cocô, fiz tudo como ele mandou, e logo estava toda aquela piroca dentro do meu rabinho virgem, até doía um pouco, mas tinha tanta segurança nele que me sentia confortável, fui acostumando e achando delicioso, ele parecia um bicho enfurecido mas tinha todo carinho comigo, tirava e colocava tão devagarinho segurando o proprio orgasmo, parecia que o pinto dele tinha 1,70m e não 17cm... rs, podia sentir a cabeçona deslizando dentro do meu reguinho, sentia os pelinhos roçando na minha bundinha e o saco quando o pau tava todo dentro de mim, enquanto me masturbava, gozei gostoso e ele ficou doido sentindo meu cuzinho piscar enquanto eu gozava, ele estava ofegante doido pra gozar foi quando senti um calor na minha bundinha, o filho da puta gozou gostoso dentro da minha bundinha me enchendo de porra quente, ele pegou um pouco de guardanapo, colocou na minha bundinha e me disse pra ir pro banheiro, passei pela sala cheia de gente dormindo, com porra escorrendo pelas pernas, como nunca tinha feito anal estava curiosa pra ver como tinha ficado meu buraquinho, entrei no banheiro peguei um espelhinho, deitei no chão, fiquei igual franguinho assado e fiquei olhando meu buraquinho todo relaxado e aberto, mas sem nenhum machucado e foi assim que perdi a virgindade no rabinho, fiquei viciada em dar o cú pra ele, depois que terminamos tive alguns namorados que tentaram fazer anal comigo, até com pinto menores, até conseguia fazer as vezes, mas nunca mais encontrei alguem que fizesse ser tão gostoso. Por isso rapazes eu lhes digo, bundinha não é mulher que dá, é homem que conquista, e tem que saber fazer!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eróticos gay minha iniciação sexual precoceconto gay o negao comeu meu cuconto engravidei a cunhada rabudaContos eroticos boa noite cinderelacontos erotico de puta tarada por rolaconto comi uma buceta muito apertada que doeu meu pauconto erotico raquel morena deliciosaContos gay saindo de carro a noite vestido de mulhercontos de incestos tesao pelos pezinos da minha maecontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos de enteadasmeu irmao mijou na minha boca conto erotico gaycontos eroticos rola grossaconto erotico o coroa e o viadinho de calcinha e shortinhowww.contos eroticos madrinha virgem da cu cagandoConto erotico forçada a ser lebisca ou chupa ou leva porrandacontos eróticos peguei a minha irma dando para o cachorro quebrei o cabaço da minha irmã ela chorou muito porno cariocacontos eroticos abusandocontos eroticos comi minha melhor amiga contos tio no carroContos eroticos das periferiascontos eroticos o diretor pe de mesa comeu o cu do aluno contos tomei no cu gostosochantagiei a negra contovídeo pornô a mãe dela tava de biquini o genro só dava a sogracontos primeira vwr duplapenetraçãoconto erotico meu patrão i o gerente comeu minha esposaContos-esporrei na comida da cegarasguei o afeminado novinhocontos eroticos noraconto mae gostosa incestoContos erticos trouserao meu marido bebado pra casaA tia COROA PUTA contosconto picante do meu padrasto bisexual cume junto com seu amigoainda havia dor mamilo grande e pontudo vídeo pornôMinha prima me falou que tem vontade de chupa no meu peniscontos eróticos irmã f****** na frente do irmão por assaltantesconto de casada tarada ppr machoCasadoscontos-flagrei.www.contos eroticos patroa trai marido dando cu pra manino novenho pauzodoconto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogrocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaContos eroticos chupando o funcionario heterocontos eróticos fui arrombada pelo começocontos heroticos comendo a vendedora de trufasconto:trepei com o cavalocontos eroticos eu sozinha acabei gozando na calcinhaconto menor me comeucontos reais minha mae chupou minhha bucetacontos eróticos cu saindo pra foracottos. curmir minha enteada novinhacomo eu ia na fazenda novinhacontos de sexo gostosa deu pra mim na a baladacontos de cú de irmà da igrejacontos eroticos alice com a buceta inchada Contos eroticos enteada de short de laycracontos eróticos de sobrinhas com tiascontoseroticosbrincadeirassafadinha du papai da ate o cuzinho pra agradar o papaiconto erotico minha mulher mandonacontos eróticos de bebados e drogados gaysvideo porno de anos gozando dento e escorredoconto erotico infancia babácache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos chupei minha namorada a forçaContoseroticosprimeiraveza patroa de camisola e o caseiro ajumentado contovirei puta assumida eu confessocontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadea trois com minha cunhada conto traindo na lua de mel com massagistavoyeur de esposa conto eroticocontos gay cu arrombadoconto erotico sogra cuzudaporno gey contos eroticos trnzando com priminho de doze anoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaestupro senti prazer contoscontos eroticos cunhadinhos19cm que tinha contos incestocontoseroticos.com/encoxei minha tia no trem lotadoFui a depilação ela me lambeu contoconto erotico castrado na favelacontos de dei o cu para um jumento Negrãocontos de incestos e surubas ferias entre irmas fazendadscomi uma contodei pra um estranho num baile e meu marido viu conto eroticocontos eroticos casadas canalhasdupla penetracao sexocontoscontos descobrindo minha xaninhaconto mamae fode com filho aniversariantecalcinha pedreiros conto eróticosver contos eroticos de empresarios comendo o cu de empregado