Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA HISTORIA É ASSIM

Quando eu tinha uns 19 ou 19 anos, comecei a brincar de troca-troca com um vizinho mais velho, era meio desajeitado; Tudo não passava de esfrega-esfrega de pinto e pegadas.



Isso rolava em minha casa, meus pais trabalhavam, eu ficava sozinho com meu irmão, e minha irmã, 2 e 3 anos mais velhos, que não saiam da rua brincando de pique e queimada; E eu aproveitava para descobrir brincadeiras novas com Paulo, o vizinho.

Adorava brincar de papai e mamãe, sempre fazia a esposa, vestia as roupas da minha irmã, e Paulo fazia o marido machão.

Um belo dia Paulo chegou falando que tinha visto o irmão dele metendo na namorada e que viu direitinho como era e queria fazer igual comigo. Explicou-me tudinho, até então sá ouvia os gemidos de mamãe e via as galinhas no quintal serem montadas pelo galo e nossa cachorrinha engatada com os vira-latas da rua.

Eu fiquei com medo, disse que alguém podia ver.

Mas ele estava decidido a comer minha bundinha, ate então sá brincávamos de roça-roça, ele deitava em cima de mim, me beijava e fazia movimentos iguais aos que víamos nossos pais fazerem de roupa, o maximo era esfregar pinto com pinto.

Ele me convenceu e começamos a brincar, vesti uma saia bem curtinha jeans e uma camiseta da minha irmã.

Ele disse que ia chupar meu pintinho, lamber meu cuzinho, afirmando que tinha visto o irmão fazer isto com a namoradinha.

Desta vez foi levantou minha roupa, abaixou meu shortinho e foi esfregando o pau na minha bundinha, o deixei fazer tudo que tinha aprendido como se eu fosse sua namoradinha.

Depois me colocou ajoelhado na beirada cama com o vestidinho levantado. Ele se posicionou abriu minha bundinha e começou a passar a língua no meu buraquinho. Fiquei arrepiado, nunca tinha sentido “coisa” tão gostosa. Comecei com um “rizinho” nervoso e ele me mandou aguentar quietinho. Depois pegou meu pintinho e saquinho por traz e começou a chupar. Foi tão gostoso que pulei para frente. Paulo, disse que a namoradinha do irmão também ficou doidinha com a chupada do irmão.

Paulo era mais velho, talvez tivesse 19 ou 19 anos era bem alto e forte, quando tirou o pinto para fora para que eu o chupasse reparei bem que era grandão, muito maior que meu, o dobro.

Chupei pela primeira vez, comecei desajeitado, mas, rapidinho gostei e me deliciei. A primeira porra na boca veio rápida, apás uns 5 minutos de mamada, delicia.

Nesta hora ouvimos o barulho de gente chegando a casa, despistamos e fomos para a sala.



Dias depois Paulo, veio contando que tinha visto outra vez seu irmão com a namorada e que desta vez ia me ensinar mais. Começamos como da ultima vez, ele lambeu meu cuzinho e mamou no meu pintinho, desta vez demoradamente, fui ao céu, em seguida mamei naquele pintão; Paulo não gozou desta vez, queria penetrar a bundinha. Relutei, ele me encorajou e me posicionou na beira da cama, encostou seu pintão no reguinho e muito afobado tentava me penetrar. Ardia e doía, eu tentava sair fora, mas ele insistiu. Num movimento mais forte começou a entrar, doía, comecei a sentir aquela “cosquinha”, entrou a cabeça, Paulo empurrou o resto com força, gritei. Paulo parou assustado, pulei para frente, o pauzão saiu de uma vez. Deitei sentindo uma dor forte, Paulo ficou sem graça... .

Outro dia e tudo recomeça, desta vez no quartinho de despejo do quintal, me debrucei sobre uma caixa e apás uma lambida que lubrificou meu buraquinho senti o pinto me forçando; Desta vez, a mando de Paulo, relaxei e entrou a cabeça e em seguida tudo. Foi muito bom. Comecei então a sentir uma sensação de que queria evacuar, - hoje sei que quando alguém recebe um pau no cuzinho pela primeira vez tem esta sensação, pois o reto enche com o cacete e transmite a vontade de evacuar -. Disse para ele. Fui ao banheiro e não era nada. Sá mesmo a sensação de ter o reto cheio de cacete, outra vez ficou para outro dia.

Este dia veio, arrebitei a bunda para o Paulo, lá no quartinho. Desta vez o pintão dele foi no fundinho de minha bundinha tenra e branquinha, quase sem dor sá sentia gostoso. Daí em diante levei muita porra na bundinha e viciei no vai e vem em meu rabinho, aprendi a gozar e esporrar com o pinto na bundinha, adorei e gosto ate hoje. Assim o tempo foi passando, eu e Paulo cada dia mais entrosados nos divertia-mos e fomos selando uma amizade forte e intima. Mas tivemos muitos incidentes que gostaria de contar noutros contos.

Escrevam, eu, o Pedro e minha esposa Paula somos um casal casado, bissex (os dois) e queremos conhecer pessoas liberais [email protected] - Beijos e abraços.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


família naturista contosconto erot o cavalo do meu sogro me machucouconto rrotico ytanzando com abobrinhaContos era feio mas tinha um pênis descomunalconto erótconto lesbicscuzinho de entiada contos veridicoconto erotico sou casada safada adoro andar com fiosinho e rebolando no meu trabalho adoro fudercontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaMeus amihos estruparam minha mae contos eroticoscontos dei um beijao na boca do meu tiomeu marido liberou também conto cufui estrjpada pelo mecanico contoa euroticosconto erotico mulheres se masturbandohomen bulinando o penis no chortxvidio transas arrecei casadosContos eróticos de bebados gaysnovinha cavala cio tanguinha deixando doido e mastubandoesporra encorpada na bocacontos eroticos meu patrãocontos eroticos abusada pelas amigasme estruparam e me obrigaram a dar para o caseiro do sitiocontos eróticos amiga novinhacoroas enfieins pornocontos de velhas dos seios bicudonora putacontoscontos mamei a rola do veicontos eroticos apostei meu marido e pedircontos comendo a velhacontos. minha irma casada é minha puta escravacontos eroticos comi minha prima no rodeiocamiseta sem calcinha. contos de casada.meu irmao me comeu gostoso tou gravida deleconto comi minha madrinha madrinha idosacontos eróticos bombons de chocolatecache:fqKHdRAEKq0J:studio-vodevil.ru/mobile/conto_27513_bebi-demais-e-virei-corno-na-praia.html contos chefe da namoradaminha cunhada traindo meu irmao com o patrai contosConto erótico com neg contos erótico eu na piscina Conto meu marido me obrigou a trepar com o mendigocontos porno eu e meu amigo fudendo minha maecontos eroticosdpcontos erótico perdi a virgindade da b***** e do ku com meu patrãoContos eroticos viagem longa incestuosaseduzudo e fudido contos gaycontos sexo fiquei com bucetA molhada com meu genro na prAianovinhas escoteiras abusadascomo e que aimha vagina abre na hora do sexo?inquilino do meu esposo contos eroticocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eroticos filha pequenaentão toque consulta paciente e chupa b***** no pacientegabriel o hetero proibido conto eroticos gaycontos tio no carrocontos erotico virei a submissa da minha maeconto erotico de mae meu anjo meu amorcontos de cú por dinheiroConto Topless surpresaconto gay estupradoCorno ama namorada use chortinho de lycra marcando buceta contoscdzinhas contos reaiscontos eróticos de padrasto f******Casada viajando contosminha professora me deu carona e pegou mo meu cacetecontos eroticos - comeu a sograConto Meu Amor é um Traficante parte 3- Contos Do Prazercontos eróticos dona putonacontos gay com o amigo do meu namoradosexo meu irmao quer fazerfilho tirando a calcinha da mãe . ...mas mesmoContos eroticos dois macho chupando minhas tetashttp://contos eroticos completo peguei carona e fui estrupada na estradaminha mulher me comeuconto erotico priminhacontos eroticos sensuais no restaurante do nudismozoofilia co caxorros das rolas mas grosas muducontos eroticos fui surpreendidoconto erotico visita tio na cadeiamulheres peladas encostada no pe de cocodei a buceta pro catador de lixocontos eroticos gordinha feranteconto gay sexo pirocudo enche cu de porraum homem lambendo uma menina virgem Estrada crente s*****irma putinha irmao caralhudo safado cunhado corninho contos eroticos com fotoscontos eroticos de lolitos com tios de amigosComi minha filha dopada conto eroticomeu corno bebe porra de outro macho na minha buceta / contos eroticoscu atolado vestido voyeurContos de mulher no pau do jumento