Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

AVENTURTAS COM O DIGÃO - I (TEEN)

Éramos uma turma de uns 6 muleques, todos na mesma faixa de idade, entre 19 a 19 anos, porém o Digão já tinha seus 19 anos. Ele era um muleque moreno, quase negro, de uns 1,80m, e uns 75 kilos, fortinho, barriga tanquinho e umas pernas bem peludinhas. Naquela époa brincávamos de tudo, cabra cega, pique esconde, bola, pipas, bolinha de gude, vídeo game (máster system, nintendinho) e etc.



Eu com 19 anos já começava a sentir umas coisas estranhas estando perto dos outros muleques, especialmente do Digão, que adorava ficar mostrando a neca mole para os outros e dizendo meu pau é o maior de todos... tem uns 19 cm... Ele também era muito safadinho, adorava ficar tirando sarro do Carlinhos, um muleque de 19 anos meio afeminado... Lembro que no pique esconde ele sempre se escondia com o Carlinhos... depois mais tarde descobri o porque (conto em outra histária).



Um dia tudo mudou, ele parou de sacanear o carlinhos e vir para cima de mim. Foi numa brincadeira de cabra cega onde ele era a mãe da rua e ficou fazendo uma brincadeira que não lembro bem o nome mais os muleques passavam a mão na bunda da cabra cega (neste caso eu)... sá que ele foi adiante e em um determinado momento ele enfiou sua mão de muleque adolescente dentro do meu shorts e passou um dedo no meu reguinho... ele e os outros muleques deram muita risada e ele ficou cheirando e dedo e dando para os outros cheirarem dizendo que tinha cheiro de bucetinha... ele ficou tão excitado que pela primeira vez mostrou o pau para todos e estava durão... ele veio com o pau bem perto da minha cara e mostrou uma baba gosma que estava saindo da cabeçora da piroca dele... dizia ele que era pelo tesão... ele tirou aquela gosma do pau e passou no meu reguinho novamente... eu levantei do chão (estava ainda na posição de cabra cega: de 4 no chão) e sai correndo para casa...



Em casa não conseguia parar de pensar naquilos e pela primeira vez gozei batendo uma punhetinha no banheiro, porém so gozei quando colequei meu dedinho na gosminha e acabei enfiando o dedinho no meu cuzinho virgem, entrando fácil devido a lubrificação da gosminha. Nos outros dias o digão não me largava (tinha esquecido o Carlinhos) e sá ficava ao meu lado... ele tantava me agradar de todos os jeitos e formas possíveis. Nisto fui ficando mais amigo dele, até ia jantar na casa dele e foi num destes jantares que o Sr. Oswaldo fez o convite para eu ir com eles ao sitio dos avos do Digão. Fiquei com medo dos meus pais não deixarem, pois tinham medo de que eu me afogasse em um rio ou coisa assim, mais o Sr. Oswaldo disse que o rio que tinha na chácara não tinha mais de ½ metro de profundidade e em todos os casos o Digão sabia nada como peixe.



Fomos então para o sitio em Santana do Parnaíba em SP. Era simples com uma casa de tijolos não acabada, umas 6 vacas e uns 4 cavalos... Iríamos dormir em um quartinho abandonada da casa que era muito pequena, neste quartinho os Avos do Digão alojavam um antigo caseiro quando eles ainda não moravam no sitio. Lembro até hoje a cara de felicidade que o Digão fez... uma careta de muito tesão...



Pela tarde fomos andar de cavalos e paramos em um pomar para os cavalos beberem água... nisto o Digão disse que era muito osso ficar naquele quartinho sem um bucetinha... porém ele tinha trazido umas revistas de mulher pelada para batermos uma punhetinha... nisto ele mostra novamente a sua rolona já babenta para mim... não consigo parar de olhar... ele vem pertinho de mim e enfia novamente sua mão no meu reguinho e tenta por um dedinho dentro... eu me fazendo de heterosinho tiro a mão dele e ele com a maior cara de safado me diz: não precisa esconder veadinho... seu que vc curte ! e eu digo em responda: como pode saber isso? E ele me responde: vc tade barraca armada e eu sá precisei mostrar meu pau...



De noite tomamos banho na casinha e a mãe do Digo pois ele pra dentro do banheiro, dizendo tomem banho juntos, não demorem, temos pouca água para banho. O digão me zuou muito no banheiro, ficava esfregando a rola dura em mim e enfiando seu dedo no meu cuzinho... e eu não me controlei e fiquei de pau duro (+- 19 cm na época)... eu disse para ele parar e ele disse, sá se vc bater uma rapidinho... e eu bati... uma rapinha e sai do banheiro deixando ele sozinho... logo e saiu tb... jantamos, jogamos truco (no truco ele ficava passando a perna na minha) e fomos “ dormir ”



No quarto ele foi logo dizendo: tira a roupa... vou fuder teu rabinho a noite inteira... não bato punheta a 2 semanas esperando por isso (no banheiro quase gozei mais deixei para vc... quero encher teu cu de porra quentinha)... eu fiquei desesperado pois era virgem e o pau dele era grande (porém normal em grossura... mais de fato tb não era fino... era tortinho e tinha uma cabeça grande... tipo cogumelo)... eu com medo e sabendo que não tinha jeito tentei so bater uma para ele... bati por uns 2 min e quando eu já estava gostando ele vem com a pica e mete na minha boca... chupei sem jeito mais fiz o que pude e ele me avisa: fica de 4 na cama... quero ver se vc é virgem... fiquei... implorei para ele ter calma e se doesse para ele parar...



Ele pegou uma lanterna que se usa em sitio e olhou para o meu reguinho e disse assim , o que lembro até hoje: nossa veio, virgem, cuzinho rozadinho e sem nenhum pelinho, nada nada nada. Igual ao de uma meninha... irado brother... vou fuder gostoso...



Eu já estava quase chorando e ele me disse fica calmo bichina,,, eu trouxe um negocio pra aliviar seu lado... foi na muchila e tirou um tubo (que mais tarde descobrir ser algo tipo KY) , mais antes ele me levou no banheiro do quartinho e fez eu fazer uma chuca (o muleque era muito esperto) ... depois na cama ele ficou chupando meu cuzinho e passou o gel... pois 1 dedinho... ficou brincando... mais gel... depois 2 dedinho e em um determinado momento eu pedi para ele por o 3... neste momento ele me disse>: vou por algo melhor...



Pois sua rola cabeçuda na entradinha... lembro que ardeu muito para entrar a cabecinha... me rasgou inteiro... mais ele sabia fazer.. ficou uns 2 minutos paradinho mais depois foi enfiando seus 19 cm em mim... fui a loucura... naquele momento eu tinha certeza que era daquilo que eu gostava... ele so gemia: ui ai ai ui ahhh ui ai ai ai ui ui ahhhh ui ai ai ui... e eu pedindo mais rola... (ele tinha o dom... ia devagarzinho ) ... me comeu de 4 primeiramente, depois de ladinho e depois do jeito que eu descobri mais tarde ser minha especialidade: franguinho assado... de frango assado me santi uma fêmea vendo aquele macho quase negro me comendo... com suas pernas peludas e um grosso filete de fio que subiam do sal mastro e até o seu umbigo... brinquinho em uma orelha... cabelinho com topetinho... uma delicia... ia ao delírio e eu anuncia... preparate para ser iniciado minha puta... é agora.... e senti uma coisa quente me imundando... muitos gorfos... uns 19 eu acho... na época eu achei que ele tinha mijado em mim (eu gozava uma babinha ainda... nunca tinha dado jatinhos de porra)... nisso ele tira seu pau com cuidado e pede para eu ficar de 4 na cama... ele pegou a lanterna e pediu para mim... faz que vai peidar... e eu sem entender relutei... ele me deu um soco nas costas e disse faz o que eu mandei porra... eu fiz... enchi a cama e minha pernas de gozo de garoto adolescente... e ele falou assim agora de ladinho apenas e quando olhei não acreditei seu pau estava duro como antes... porém agora babado de verdade... ele se posicionou e pois pra dentro... entrou fácil agora... já estava larguinho e cheio de porra o que facilitou muito... ele me comeu de ladinho bem gostoso... por quase 20 min... me xingada de viadinho gostoso, putinha... me dizia não é rola que vc sempre quis... me mordia as orelhar... tava tapinhas na bunda e gemia... gemia... ui ai ai ui ahhh ui ai ai ai ui ui ahhhh... nisso eu sem por a mão na rolinha e com muito tesão dei minha primeira gozada de verdade... e ele sentindo minhas contrações que faziam meu anelzinho até então virgem piscar, acabou me enchendo novamente de gala gostosa e quentinha... ele dava muita rizada... ele era muito safado... dava risada tirando sarro da minha cara... mais eu estava adorando... pedi para ele guardar segredo e ele sá dava rizada... e eu morrendo de medo...



De noite lá para umas 7 da manha ele em acorda e faz eu dar de novo... desta vez ele comeu rapidinho... que nem um cachorrinho e fez doer muito... gozou novamente dentro de mim... fui ao banheiro tomar banho e cagar;;; saiam placas de porra dura... misturadas com porra fresquinha e liquida que ele acabara de me dar... o muleque tinha muito tesão e era muito safado... neste final de semana no sábado ele me levou a uns matos ali perto e quis me comer de novo... so que eu não dexei pois estava muito dolorido no região... e ele disse: vai se acostumando viadinho... tu vai ser minha puta nova... e vou te comer quando eu sentir vontade... mais vou te dar um boi hj e vc vai so me chupar... eu aliviado... chupei gostoso aquele cacete como que para recompensar ele... e ele gozou na minha boquinha... um gozo mais relinho desta vez....



Na noite se sábado para domingo ele me comeu novamente sá que desta vez gozou em minha barriguinha e fez eu esfregar com a mão para espalhar... ele disse que de tarde tinha gozado pouco pois não curtiu chupeta... curtia meter no cuzinho... foi a primeira vez que vi as gorfadas dele... foram umas 8 no total... me banhou de porra... já estávamos nos trocando e a porta do quartinho bateu.... era a avá trazendo polenta frita e café... lembro que ela disse: nossa meninos eu passei muita cândida neste quarto hj a tarde... está cheirando até agora... abram as janelas com a proteção para pernilongos... está cheirando cândida muito forte.... mal sabia a avá que o cheiro de cândida era a porra do pênis longo do neto dela...



Depois vou contar como o Digão me comeu outras vezes e como fui comido pelo Betão;;; um muleque metido a malandrinho de uns 19 anos amigo do Digão. Esse Betão tinha até pego febem e morava numa favela perto de nossas casas... ele vendia pipas e tinha um pau de uns 1617cm (menor que o do Digão) porém mais grosso.... uma delicia de muleque malandrinho... ele foi o cara que mais me deu tesão até hj...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico sogra AlzheimerTennis zelenograd contodando bobeira de baby doll em dentro de casacontos.historias deixei velho nojento barbudo chupa meu greloconto erotico raquel morena deliciosaconto erotico: inocenciacontos eróticos leite incestocontos amiga faculdade nudismoContos eróticos incesto teens tomando banho com meu paimeu tio safado gosta de mim ver de vestidinho curto pornocontos seduzindo o marifo da tiaAdvogada casada e estuprada contoscoontos eroticosminha esposa fez eu comer sua amigaContos com comecei a usa fio dental e dar o cuzinhocrossdresser marquinha de biquini contoscontos meire me dominabochechas da bunda da minha irmãconto erótico os melhores contos pai fod a filha maecontos eróticos gay taxista Santarém Paráconto erotico com meu sogro peladome exibi puta contos eroticoscontos erótico menininha elevadoquantas horas de sono uma "adolecente" de dreze anos tem que dormirMinha cunhada bebada querendo da pra mim contoContos eróticos comi minha mãe no meu aniversáriocontos eroticos de fui fudido junto com minha mulherbranquinha magrinha de cabelos caracolado danadinhaconto chorei mas aguentei a pica do meu patrasdobanho com a tia velha contocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casahomens velho gay contoscontos de cú de irmà da igrejaDeixando a novinha laceadaContos peguei a muler da roçacontos eu meu tio e minha tiacontos eróticos com vizinhaporno-jorando esperma em buceta gostosa usando siringarcontos de incesto minha sobrinha veio passar dois dias comigocontos trai meu marido com um cara que era um pe demesaconto erotico dividir a pica do namoradocontos reais/viciei minha priminha pros amigosmulher e homem dançando bem agarradinho e funk sensualcontos erotico sou cazada beti punheta pro meu amigo pornocolo do velho. contoeu moro no interior com a minha família depois que a esposa faleceu do meu primo eu me apaixonei pelo meu primo viuvo eu fui morar com ele como sua mulher ele fez três filhos em mim conto eróticowww.xconto.com/encestoporno zofilia peitinho inchado sozinhascontos eróticos minha prima foi dormir na minha casaContos eróticos dotadosmeu padrasto me fudeo todAconto erotico negao da cadeia so queria o cuminha nora é kesbica e um tesäovideo de goroas trancandocontos de coroa com novinhoConto picante familia incesto agressivo bisexual agressivocontos eroticos depessoas normais reaisContos com belas picasconto erotico viadinho de calcinha dando para morador de ruadando o cu para meu cunhado contoscontos erótico minha irmãzinha caçula de shortinho no meu colo contos eróticos de lésbicas submissa a vizinha mandona "muito aberto" gay contochupando uma bct de novinhas dormindo indefesasContos dei o cuzinho para a travesti fabiola voguelsobrinha da esposa na praia contosxzoofilia animal casaro casadahttp://tennis-zelenograd.ru/conto_3433_irmazinha-viciada-em-masturbacao.htmlContos pornos-mamae deu um selinho no meu pauconto como lesbica seduzi minha noracontos erotico a 1 de una solterona com um menino de 15contos eroticos dona de casa gosta de apanhar e tomar leitecontos eroticos primo da esposacontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecontos exoticos comi minh minha irma detalhconto eroticoo virgindaderelato erotico meu filho gosa nas calcinha minhasContos eroticos de casadas safadas que traicontos meu marido que chupa meu grelo enfia calabresa na munha bucetaconto eróticos putinha da famíliacontos eroticos com sequestradorescontos hetero oferecendo a bundinhaContos eróticos: boquete quando pequenacontos gays ordenhando papaicontos eroticos traindo marido na Sala ao ladominha sogra/contocontos de sentadinha com o cuzinhocontos erotikos menina de menor dando o cu a troco de balacontossado de submissao realconto erotico incesto eu e mamae na passagem de anoWww Contos eroticos sobre como foi a primeira vez no sexo com uma mulher mais velha .comComtos mae fodida pelo filho e sobrinhoConto erotico minha namorada gostosa no asilo