Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PESCARIA COM VOVÔ E PAIZINHO



Esta é uma continuação do conto ‘INCESTO INESPERADO”.Depois de ter tomado aquele banho de bica com meu,meu cunhado e minha irmã,tentei seduzir meu vovô e sempre sentava nas pernas dele.Adora fazer isso quando eu estaca de cuequinha e ficava brincando de cavalinho nas coxas dele até isso me dá sono e ele me colocar na cama pra dormir.Nessa noite ,meu vovô me colocou pra dormir na cama dos meu pais e durante a noite toda fiquei abraçado com meu paizinho e sentindo o pau dele na minha bundinha de menino;minha mãe dormia inocente ao nosso lado.Adormeci sentindo o cheiro do meu paizinho.

Acordamos cedo e meu avô inventou de irmos pescar e minha mãe não quis ir conosco.Partimos cedo pra o sítio de meu avô e chegando lá ,eles arrumaram as coisas pra pescaria e eu sá observava aqueles dois homens fortes,um parecido com o outro,sá que um mais novo que outro.Vestimos nossos calções de banho e fomos pro rio que ficava práximo da casa.Chegando no rio, pegamos o barco e meu avô me deu uma vara pequena e veio me ensinar a pescar e notei ele muito perto de mim e de vez em quando se encostava na minha bundinha e senti que tava me excitando com aquilo.Ao meio dia ,meu paizinho assou uns peixes e comemos na beira do rio mesmo;quando acabei de comer fui brincar em cima de uma árvore e rasguei meu calção de banho bem na bundinha,meu avô tentou dar um jeito no calção mas como não conseguiu me mandou ficar pelado mesmo e falou que ali sá tinha a gente eu era um menino e me mandou tomar banho de rio.Entrei no rio e chamei os dois pra tomarem banho comigo... Entraram no rio e comecei a pular no pescoço dos dois para pular na água.Depois perguntei ao meu pai porque sá eu estava pelado e eles estavam de calção?Meu avô respondeu porque o calção deles não tinha rasgado.Aí respondi que se eles não tirasse os calções eu ia voltar pra casa do sítio,saí do rio e sentei na beira do rio fazendo cara de bravo.Foi quando meu avô me chama e diz:---Pára com isso,menino,olhe aqui eu estou tirando o calção também ;e quando levantei vi aquele coroa pelado com o pau balançando em minha direção me mostrando o calção na mão.Meu pai também fez o mesmo.Ambos estavam pelados ali sá comigo e tive um pensamento bem safado.Meu avô me pegou no colo e me levou pra dentro do rio e notou meu pauzinho de menino durinho;fiquei deitado na água nos barcos do meu avô como se estivesse boiando;meu paizinho também veio pra perto de nás e colocou os braços por baixo da minha bundinha;começaram a me beijar os peitinhos e coloquei os braços no pescoço de cada um.Meu avô sugeriu que me levasse pra beira do rio,forrou uma toalha na areia e meu avô me ditou sobre ela.De repente,meu avô fala:--Vamos te ensinar tudo,fica tranquilo,filho!Eu nem pensava nisso, sá pensava naqueles dois homens sá pra mim sem a presença de ninguém.Depois se ajoelharam e me ensinaram a chupar os dois paus que pra mim eram grandes pois eram de homens maduros.O pau do meu pai babava muito e eu gostava do gostinho salgado,eu me deliciava com aquilo mas quando olhei pra cima vi os dois se beijando e gostei quando via aquilo;depois meu paizinho se abaixou e chupou meu pauzinho de menino e meu avô começou a punhetar ele.Enquanto meu pai em chupava ,ao mesmo tempo ele colocava o dedo no meu cuzinho.Eu gemia baixinho.Depois meu pai parou de me chupar e foi chupar meu avô,me assustei,mas meu avô falou:---Não se assuste meu neto,seu paizinho sempre fez isso com seu vozinho.Meu pai me colocou de quatro e os dois começaram a explorar meu cuzinho com os dedos grossos e grandes deles.Eles queria relaxar meu cuzinho.Quando sentiram que eu estava relaxado,meu avô foi o primeiro a melar meu cuzinho de cuspe e enfiar me fazendo gemer de dor,mas meu pai veio me beijar e meu avô foi colocando devagar e fui relaxando com os carinhos de meu pai.Meu pai ordenou ao meu avô:--Vá devagar com meu menino!Meu avô continuou bombando na minha bundinha e começou a beijar meu pai.Depois ouvi meu pai pedir a meu avô pra enfiar também, e meu avô tirou o pau e meu pai colocou o dele,mas meu avô não parou de beijar meu pai e isso me excitava mais ainda, eu não queria que aquilo nunca terminasse.Quando meu pai cansou,pediu ao práprio pai pra foder ele.Fiquei ao lado dos dois vendo.Meu pai de quatro e meu avô enfiou tranquilo e tive a certeza que eles já estavam acostumados a foderem juntos.Meu avô não perdoava e enfiava forte no cú do filho e vendo aquilo coloquei minha bundinha pra meu pai lamber..Depois meu avô me mandou também ficar de quatro e fiquei ao lado do meu pai e meu avô tirou o pau do cú dele e cravou no meu e meu pai me beijava e u gemia dentro da boca de meu pai, depois ele tirou e colocou no cú do meu pai e revezou várias vezes.Ele dava conta de nás dois magistralmente.Quando sentimos que meu avô ia gozar ,meu pai falou que queria beber a porra dele,se virou e meu avô gozou na boca dele e ele me beijou com a porra do pai;senti aquele gosto da força daquele macho que tinha nos dado prazer.Gozei com meu avô me masturbando e meu paizinho enfiando um dedo no meu cuzinho,gozamos juntos.

Chegamos na casa do sítio e encontramos o caseiro,um senhor de 55 anos,nativo do local que pediu ao meu avô pra dormir na casa porque a casa dele estava em construção.Meu avô concordou,piscou pra nás dois.O caseiro não entendeu,mas a gente entendeu....e isso fica pra um práximo relato.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos erotico de puta gemendo muitocontos eroticos zoofilia com a cachorra a noitecontos eroticos de quata feira de cinzaquero verq minha sobrinha viu meu pau duro enquanto eu dirmiaacabei comendo meu amigocontos eroticos esposa treina marido voyeurSou casada e bem putawild thermas conto eroticocontos eroticos zoofilia aparelho coletaContos Eroticos a velha Casa dos contos zoofilia o cao que gostava de ser cadelaconto erotico virei cadela barconto.eurotico.homem.ttazando.com.travetisMeu chefe me agarrou e me vomeu adorei - contos gaymetendo na irmã dormindo boa f***contos comedo gay e heterocontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecontos eroticos aventuras com minha namoradairma vagabunda irmao caralhudo contos cunhado corninhoUm tubinho uma menina virgem pode aplicar com ele dentro do burraquinho da vagina ou nao?contos nao tinha camisinhacontos eroticos dei pro amigo do meu marido e ele gosou dentrocontos eroticos minhas filhinhascontos eróticos di mulher tou com fome.di picaSou gay e tranzei com um travest contos eroticocontoseróticos metendo com o bebê no colocontos eroticos- supositorio no cu da filhaconto comendo o casado de calcinhacontos de mulher que fez depilacao para surpreender o maridopaquerei ex nanorada do neu primo é pau?contos meu chefe me comeu e minha filhaVer vidios porno de exetos e contos eroticos somente de pai chupando a bucetinha propria filha, pequenininha da filinha caçula que e pequena de tudo que nem tem penugem na bucetinha ele chupa na mara:) contos eroticos igrejacarlão socando ate as bolas no cu da vadiacontos eroticos casada flagra seu vizinho batendo punhetacontos heroticos de rapazes que foram comidos e descobriram que eram gayscontos eróticos família assistindo televisão na sala coberta com lençol e filho comendo a mãeHistória narrada de sexo- Trepando com a nifeta safada gostosa huummmconto erótico "arrombaram meu"coroa c rabo deflorado contosso puta e dei gostoso a xana contos eroticoscontos eroticos noracontos erotico maridos camaradacontos casada estrupada pelo sindicoconto gay meu tio sacudocontos eroticos meu vizinho roludo me arrombouveati roupa de menina e dei para um coroa contoscontos eróticos deu pra outro não quero maisconto erótico gay acordando com carinhosominha priminha titio contos eróticosmeu professor meu namorado contos gaya puta mulher do meu irmão contos eróticosContos eroticos chapeletaporno contos eroticos filhinhas enrabadascabelos lisos ate na bunda de dar invejabuceta esticada aberta gozandocontos casal nu praiacontos eroticos apanhandocontos eroticos eu e mamãe putas do capataz Minha sobrinha pediu para eu dar um shortinho de lycra pa ela usa sem calsinha para mim contoscomendo a cunhada linda das coxas grossas e peitos lindos contos eroticoscu furico bunda peito pênis contos eroiticoscontos madrasta acediada pelo enteadocomi a adilhada novinha loira olho azul contocontos meu cu e grandeContos vovó no banhocontos eroticos na águaContos eróticos de incesto bi na cachoeiramete mete mete gostoso. contosquadrinho eroticos sarrei a bunda no pau do meu filhinhocontos gay descobri a mulherzinha que havia em mimconto curto mulher contrata traveco pro cornoconto erótico o enfiei a mão na buceta da minha esposavideo porno do sobrinho traindo seu tio jorgecontos eroticos sou viciada na pica do meu filhocomtos de sexoCasada Amigo do meu filho sexo contosContos erotico exibi meus seios enormes pro entregadorContos espiando a sogra lesbicacontos de menininhas sentando no colo de homensconto erotico primeira vez que vi meu pai peladoficou vixiada bo inxestoContos eroticos dei pros mendingosconto enfiado tudo no rabinhocontos enteada pega no pau pretofodida ate desmaiar, conto eroticoxvideo tia estava minjando no mato e estrupada aforçacunhada ariando a calçinha p mimtia ponha pau torto do sobrinho no cuconto sou corno felizConto erotico caipirinhavidio porno mulher enloquede ao ve um pau grossocontos meu padrato comeu meu cuzinho enquanto eu fingia esta dormindocontos eróticos comendo a cunhada gostosa em uma festa de fim de ano com família toda reunidaconto erotico gay com vovocontos hetero oferecendo a bundinhacontos eróticos traindo rexwww.xvideovirei/puta