Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

"EH DO TAMANHO DO MEU ANTEBRAÇO!"

Oi gente! =) Da última vez, eu contei pra vocês que eu estava doidinha pra dar pro meu irmão... Nossa, que cavalo é aquele menino! Tá me dando mais tesão ainda, lembrar desse jeito. Não consigo parar de me tocar! Mas esse conto de hoje é sobre o Izandro. Um negão da minha faculdade que... me ajudou durante o difícil momento que eu estava passando em relação ao cacete gigantesco do Cássio. Pra quem não lembra, eu sou a Maya, sou moreninha, cabelo pretos lisos, tenho seios enormes e uma boca cheia e deliciosa. Adoraria ter um bundão gostoso, mas todos os homens amam meu rabinho do jeito que ele é. ;) Voltando ao assunto, eu estava decidida a dar tudo que eu tinha pro Cássio, mas nada iria acontecer da noite para o dia... Passei uma boa semana na base dos dedos na minha gruta... Foi um inferno. Um dia, eu cheguei mais cedo na facul pra poder juntar uns trabalhos com minhas colegas. Minha surpresa foi que elas tinham adicionado o Izandro ao grupo. Nossa, gente, minha xaninha se comprimiu toda e babou litros de líquido cheiroso de fêmea. Izandro percebeu, pelo que pareceu... ou ele era um gostoso safado mesmo. O negão era um sonho... Careca, olhos penetrantes... pelo menos uns 190cm. Um volume ridículo estava formado nas suas calças. Ele veio me cumprimentar, cheguei mais perto para dar lhe um beijinho no rosto, ele passou a mão pela minha cintura... gozei ali mesmo, sem brincadeiras! "Que tesão de homem é esse, Kaká?!" Cochichei pra Karina, minha amiga super-deliciosa. Ruiva completa, em todo e qualquer cabelo, seios que perdiam apenas pros meus, olhos verdes LINDOS! "Minha querida, ele é seu por hoje. =) Tá vendo aquele volume absurdo nas calças dele?" Fiz que sim, desconfiada. "Pois é... aquilo é o pau dele... MOLE!" Ela quase falou alto. As meninas olharam pra mim e pra Kaká. Izandro olhou e me deu um lindo sorriso. Sorri de volta... O que eu estava fazendo, meu deus?! Assim que a aula acabou, as meninas deram alguma desculpa qualquer e me deixaram com Izandro, que fez questão de me deixar em casa. Sei... "em casa"... Eu estava com tanto tesão que não me importei! Iria ser com aquele negão mágico que eu iria tirar meu atraso! Perguntei para Izandro se ele realmente queria ir agora. Acho que ele ficou um pouco desconfiado de eu querer algo. "Eu queria... estudar... um pouco." Peguei no meio das pernas do negão e apertei o pacote. Agora ele sabia o que eu queria. Aquele membro já estava enorme na minha mão, mas começou a crescer muito rápido. "Puta merda!" Não consegui deixar escapar. "Que foi, é demais? Suas amigas falaram que você sá dava pra cara de pau grande!" Fiquei atônita. Aquelas putinhas fofoqueiras.... Depois eu lidaria com elas. "Eu... não consigo acreditar que você seja tão grande! Vamos pra uma das salas lá de cima?" O andar de cima era basicamente abandonado. Como a facul era enorme, como o pau do Izandro, muito era deixado aos ratos. Izandro me colocou na frente, andou comigo até o elevador e logo estavamos sozinhos indo para o 11ª andar. Lá dentro, Izandro começou a tirar a rola imensa pra fora. "Agora você acredita, putinha arromabada?" MEU DEUS! Perdi o fôlego vendo aquele mastro digno de um Titanic! "Mas... É maior que meu antebraço!" Izandro pegava nas minhas tetas. "Mama no meu cacetão, vadia." Nada me fazia ficar mais molhada do que quando me xingavam. Engoli quase a metade do pau de Izandro. "Você é enorme! Você adora quando eu digo isso né, seu puto, cavalão! Esse pica gigante tem no mínimo 25cm! Seu cavalo! Fode sua eguinha!" Izandro foi a loucura! Por sorte chegamos ao andar a tempo de Izandro tirar minha camisetinha apertada e revelar minha tetas enormes. "Sua vaca! Vou acabar com você!" Levantei minha saia e implorei por pica. "Pelo amor de DEUS, seu cavalo filho da puta, mete esse monstro na minha xana!" Izandro era tudo, menos um cavalheiro. Ele meteu sem dá da minha xoxota! Eu sentia entrar 20cm direto na minha buça! "Seu FILHO DA PUTA! Me destrái!!! Fode a sua vaca!" Em um determinado momento, que eu não me lembro pois desfaleci, senti todos os 25cm de Izandro dentro de mim. Segurei minha boca com as duas mãos e comecei a berrar. Izandro me empurrou pra dentro de uma sala, fechou a porta enquanto ainda me fudia. Depois de terminar de fechar a porta, ele meteu que nem o animal que ele era, um cavalo! Senti minha buça esguichar! "O que aconteceu?" Perguntou ele. "Eu... ejaculei... Foda-se... METE PORRA!!" Ele, num estalo, continuou fodendo minha xaninha linda e raspadinha. Durante duas horas ele arrebentou tudo o que tinha pra me arrebentar. Ele pediu arrego depois da décima vez... Quando chegamos na minha casa, ele queria entrar, queria meu telefone e tudo o mais. "Você é lindo, gostoso, e tem a pica mais absurdamente descomunal que eu já vi, mas você foi sá uma foda. Eu to gostando de um cara." Olhei pela janela da minha casa, pensando no Cassinho. "Tchau Izandro. Manda um beijo pra Bella... Acho que é o turno dela de usar você amanhã." Dei um beijo na buchecha dele, que estava em choque, e fui pra casa. Chegando em casa, vejo Cassinho. "Oi mana, como foi a aula?" Cheguei perto dele, dei um beijão na buchecha, bem perto do rosto, e me encostei nele. "Foi uma delícia!" "Que bom, disse ele." Então, ficou fazendo carinho no meu cabelo... Ficamos assistindo TV. "Você é o práximo, Cassinho." Pensei.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos de incesto com irmã caçulaCoroas boqueteirãscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos eróticos entre mulheres e homens super dotadoscomtos estrupada por pivetescontos eroticos eu e minha filha somos as putas do bairro e meu marido sabecontos eroticos flagrei minha namoradaconto eroticos aniversario da minha esposa de 30 ano na buatewww XVídeo pornô o tio f****** a sobrinha foi bonita e de MenorGozando nas tetinhas contos eróticoscontos comi uma cabritinhadei minha buceta pro traficanteConto erotico mendiga peituda 60 anoscontos flagreii meu subrinho mastubando com calcinhacontos eroticos de tarados em onibusconto erotico loira casada aprendendo a trairIrmas casadas taradas carentes sendo enrabadascanto erótico com amiguinho do meu filho vir para casa e amiguinha delesexo meu irmao quer fazercontos eroticos mulher e dominada por outro caraconto estou apaixonado pelo meu sogroContos erotico menina de nove anos no bosqueo novinho me encoxouconto eróticos esposa fas marido virar mulher dela e do outros machoscontos eroticos incesto pai e filha fistingcontos erótico so na bundinhaconto erotico irmacasadacontos eróticos no colo pra me terjapinha.de.baixo da mesana quarta feira de cinzas contos de sexoputinha corninho contosvamos a mulher Helena chupando sua filha com mulher mulher mulher mulher mulher mulher com mulher chupaViciada em siririca contoscontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacu todo cheio de manteigacontos eroticod minha esposa deeu para o vizinho pausudacontos eroticos familia bi passivabotando a patroa pra gozarfotus de zoofiliaconto erotico rabuda cintura fina peituda casada visitacontos filhanao aguenta a geba d pai no cucontos consolei a mulher do meu amigocontos eróticos adotiva novinhaconto de insesto fode essa buçeta meu filhoContos de ninfetas que levantam com vontade de da o rabocontos de corninhocontos eroticos dei pro amigo do meu marido e ele gosou dentropirokinha com leitinho contos eroticoscontos agora ela so quer se for com duas picasContos fui estud fud mãe e filhacontos esposa bi sexual marido sortudocontos casada viagem trabalho coroaminha filha chantagista contosMinha mulher voltou bebada e sem calcinha em casa contosmeninas dando so uma brexinhas da bucetasarregaçado pelo cachorro contoschantageei e comi a secretariacontos gay comi na lajeminha tia so de roupao contos eroticosentiada mimada pau na conae safadinha é bonitinha ela chegava lá que é grau grau grauporno gey contos eroticos ferias c coleguinhacontos sou baiana e adoro paus grandesContos minha mulher adoracontos eroticos gay hormoniosele ela conto erotico japonesa casada e a reforma da casacontos descobrindo minha xaninhaPuta desde novinha contosContos sou casada com um travecoconto enfermaria cheiro sexo intensoimagens de conto de afilhado macho transando com padrinho machoeu i a neguingo do pornoencontrei minha prima baixinha bunduda sozinha na balada contos eroticos contos eroticos de sao joaoContos vovó no banhominha nora adora dar o cu conto eroticoconto erotico na sala de aulacontos gays teen dando o raboassistir filme pornô mãe então você tá grande meladaContos eroticos casada prostitutaContos eróticos rebolaninfetinhhas dando o cuzinho pra padrastos pai avo padrinho tio cunhado.contos eróticos meu marido me dividiu com meu paiminha sogra viúva ela tava comigo no meu carro ela disse pra meu genro vamos pro motel conto eróticocontos abusadomulher ver pica grande e o cu fc piscado pornocontos eroticos lesbica chineladasporno cm sogra coroa loira ejerocontos eroticos sou ex presidiario e comi sobrinho novinhocontos eroticos de padrinhos super dotados comendo casais e comadrescasa do conto minha filha sentou no meu colo de mini saiameu pai me estruprou odiei contos gayeu e minha cunhada lesbica fizemos um bacanal com sua irma e mae incestocontos eroticos sou casada o velho da chacara sozinhoquero ver no boa f*** de mulheres com shortinho todo enfiado no raboConto so caminhoneiro dei carona uma freira loiraesposa na praia de nudismo passa lama conto