Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PEDI AO MEU MARIDO...UM GAROTO DE PROGRAMA.

Certa noite, eu e meu marido decidimos ir novamente a uma casa de swing e ver se finalmente conseguiríamos realizar a fantasia com que sonhávamos a muito tempo: EU TRANSAR COM OUTRO HOMEM ENQUANTO ELE ASSISTIA.

Decidimos que "teria que rolar naturalmente", que não forçaríamos nada.

Me arrumei com o tesão de quem vai a um primeiro encontro.

Coloquei um vestido preto com um decote profundo nas costas, colado ao corpo e é claro que sem sutiã e sem calcinha.

Sou loira, 1,60 de altura, peso 52 kg ,seios pequenos e com

1,00 de quadril,os quais ficaram bem marcados com o vestido, tanto os bicos do meu seio (que são bem rosados) como a minha bunda, que é bem desenhada.

Já chegamos lá meio alegres, mas confesso que ficamos um pouco decepcionados, pois como chegamos tarde a casa estava bem cheia e a maioria dos presentes estava ocupado ou "muito empolgado", portanto a nossa idéia de "deixar rolar" tinha ído por água abaixo.

Mesmo assim decidimos aproveitar o clima, nos tocamos, assistimos algumas transas loucas, bebemos e fomos nos excitando ainda mais.(a casa estava tão cheia que não dava nem para dançar, nem para ficar andando).

Quando decidimos ir embora, eu que tanto tinha imaginado outra rola me comendo, estava tão cheia de tesão que pedi ao meu marido que fossemos em busca de um garoto de programa.

Fomos a região dos Jardins ele parou o carro práximo a um grupo que estava conversando.

Meu coração estava disparado, um misto de excitação, ansiedade e nervosismo.

Um rapaz veio até o carro e aceitou nossa proposta.

Subiu no carro e começou a acariciar meus seios, enquanto sussurrava em meu ouvido.

Seu nome era Edu e como garoto de programa era bem sexy e atraente, além de ter uma voz que me deixava arrepiada.

Chegamos ao motel e confesso que estava bem nervosa.

Ele conduzia tudo, sugeriu que eu bebesse algo leve para ficar mais relaxada e começou a acariciar mais o meu corpo.

Eu estava ajoelhada na cama, ele atrás de mim e meu marido em pé ao lado da cama.

Comecei a acariciar meu marido enquanto ele me acariciava.

Meus seios ficaram completamente arrepiados enquanto ele me alizava com suas mãos e sua rola,e eu olhando para o meu marido que assistia extasiado.

Foi muito rápido e de repente senti sua rola entrando fortemente em minha buceta, socou bem forte causando até um pouco de dor, mas o meu tesão falou mais alto e não pedi para parar.

Estava de quatro na cama com um homem me fodendo e meu marido assistindo a tudo e perguntando pro Edú se eu era gostosa.

O Edù dizia que muito e me fodia com mais força ainda.

Então meu marido disse que eu gostava de trepar em cima de uma rola, para ele deitar e eu sentar no colo dele.

Sentei naquela rola gostosa e pude controlar melhor os movimentos.Rebolava, me esfregava nele enquanto os dois faziam vários elogios da minha performance.

Olhava para o Edú, enquanto sentia sua rola entrar e sair da minha buceta, que estava completamente molhada, e senti uma vontade louca de beijá-lo.

Meu marido do nosso lado batia alizava sua rola.

O Edú dava uns tapas em minha bunda e me chamva de vadia gostosa, safada e eu simpesmente delirava de tanto prazer.

Confesso que gozei rapidamente alí, sentada naquela rola gostosa que me comia com muita vontade e me dava tanto tesão que eu queria mais.

Então pedi que ele comesse meu cú, ele rapidamente me virou colocando-me na beirada da cama, contornou meu cú com o dedo e me comeu deliciosamente.

Eu pedia Edú come o meu cú e ele o fazia maravilhosamente.

Sei que ele também estava com muito tesão, pois quando a rola dele saía do meu cú ele rapidamente trocava de camisinha e punha de novo.Socava tão gostoso em minha bunda que até hoje bato punheta lembrando dele.

Seu corpo tremia e sua respiração estava bem ofegante, assim como a minha,ele socava a rola cada vez mais gostoso e batia em minha bunda.

Eu olhava para o meu marido que a essa altura estava deitado na cama e batendo punheta e pedi para o Edú não parar.

Minha buceta estava tão molhada que eu sentia escorrer e molhar o lençol, gozei novamente alí feito uma vadia, com outro homem comendo meu cú e meu marido assistindo a tudo,então ele disse que iría gozar e perguntou aonde eu queria, respondi que nos seios, me virei e pude assistir aquele jato quente e branco que jorrava com tanto força no meu corpo,seios,pescoço e no canto de minha boca.



Bem ainda não foi desta vez que fiz minha primeira DP,nem a filinha (como gosto de dizer para meu marido)sei que acontecerá em breve e depois contarei como foi.



Até mais.

Rebeca.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos gabi putacontos eroticos medica rabuda enrabada por pacienteConto erotico depois que gozei ela gostoumunher ce mastuo eu ficontos eroticosAdoro leitinho na bucetacontos eroticos com objetosfobtos trasado com as duastias gostostroca x troca feito com amigo e dando o cu contosdois primoscontos eroticoscomendo.sograscontos gay meninoContos Meu pai dividiu minha buceta com seus amigosassistimos porno comi gostoso contohomens velho gay contosfudendo a empregada rabuda negra com fotos contoasconto erótico chantagem putinha pobre cu coloConto muito picante de casal brancos bisexual so adoram foder negroscontos eroticos com cu ragadosafastou as carnes do cu piça perfurou minhas entranhas contoscontos eroticos medica rabuda enrabada por pacientecontos eroticos gratis de sexo, casadinha recebendo massagens de uma amigacoroa fundedo realidadee safadinha é bonitinha ela chegava lá que é grau grau graucontos eroticos medica rabuda enrabada por pacienteproctologista me comeu gayconto erotico dei meu cu no meu trabalhoFamilia inteira fodendo com negoes conto biconto erotico n puque esconde comi o cu da menina.que se escondeu comigocontos amante da sogra gorda que metecontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacontos escondido no churrascoFAMÍLIA LINDA CONTOS ERÓTICOStravesti arrombou meu marido contocontos de sexo travesti dominadoradeixa eu te chupa contosyravesti gorda xvidiocontos eroticosiocontos de vizinhos velhoscontos eroticos crossdresseres na escolacutuquei a buceta da mamae contoscontos eróticos eu comi a secretária do meu paiMulher trepano so com caralhudosSendo comida a força pelo neto contos eróticosContos me exibindoxzoofilia animal casaro casadacontos eroticos esposas na praiaconto porno descrobri q minha mulher tinha.umcontos eroticos de menina pobreIniciada pelo minha mae Conto eroticoencoxol com jatos de porraduas irmas com peitinhos crescendo e o irmao chupandoContos mamae e titia e irma bacanal incestoNovinha Bebi porra do meu amigo contocontos eroticos com enteadacontos porno obrigada engolir porra com muito nojocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Contos eroticos casada prostitutaFoderam gente contos tennsconto elotico pai xfilhaconto - ela foi amarrada e fodida sem doconto erótico peguie minha mãe no flacra tocando siririca lésbicasconto erotico com o velho do asilocontos eróticos minha tia me provocaminha mas fodeu meu cu com um consolo conto erotico gaycunhada casada e timida linda contosbatendo uma punhenta para o marido sem calcinhacontos weroticos comi minha sobrinha novinha de calcinha de rendacontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casasogra loira novinha chupa maridos Eugênioconto bundao carnudo exageradoconto erotico viadinho de shortinho e calcinha dando no matosexo.piralho.comendo.o.cu.da.coroa.casadaLindas esposas morenas turbinadada contos eroticosconto gay primos no sitioContoseroticosprimeiravezcontos eroticos de irmã chupando pinto pequeno do irmão novinho de idadecontos de cú de coroa casadaAgostozas trazano porno gey contos eroticos comendo priminho no colegiocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casacasa do conto erotico velhascontos eróticos fiquei só de calção na frente da babáhttp://comto erotico menina com bunda gostosa da faculdadecontos de cú de madrinhatransando pela primeira vez no boa f***Dei pro amigo maconheiro do meu filho contospaguei boquete na infancia contoscontos eroticos trai meu marido com um molequesento desde cedo gay conto