Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FODENDO NA SAUNA COM O GRANDAO

Todo mundo que visita este site e lê esses contos bate uma e fantasia muito. Tem uns contos que são contos mesmo, ou seja, não são verdadeiros, mas bem que poderiam ser. No final, acho que são todos já que podem não ter acontecido, mas estão na cabeça das pessoas. Outros contos claramente aconteceram com as pessoas que os mandam. Nesta semana quero postar alguns contos que são todas estárias verdadeiras que eu vivi mesmo. Espero que elas gerem altos tesões e punhetas prá todos.

Tenho 44 anos (alguns acham que tenho menos de 40), casado, 1,75m, 80 kg branco e cabelos castanhos (ficando grisalhos). Adoro trepar com outros caras, gosto a dois, a três, a quatro a cinco... Então vou narrar uma experiência de suruba das boas.

Fui a uma sauna em Sampa, muito bem frequentada, porém hoje em dia, por caras mais velhos na maioria, por mais velhos quero dizer, na faixa média dos 35 anos para mais. A coisa de sempre, chuveiro, sauna, sala de TV, umas punhetas, uns caras olhando, dark room. Ai o bicho pegou. Quando entrei tinha um cara muito alto, grandão, barbudo, meio peludo, completamente pelado no meio da sala. Ele estava de pernas e braços abertos e de pau muito duro. Não era nada fora do normal o pau do cara, mas era um tesão e a cena toda de matar! Havia um cara que chupava e acariciava um peito, outro no outro peito, uns dois que chupavam e davam aquele trato nas costas do grandão, e outro ainda, sentado no chão, debaixo das pernas dele lambendo com avidez o pau e as bolas do cara. Cada vez chegava mais macho, todos tiravam as toalhas e ficavam pelados. Quando um saia de perto do grandão outro ocupava o lugar e, como não dava espaço pra todo mundo, uns iam se atracando com os outros.

O mais gostoso é que o grandão continuava como um poste e apenas gemia, gemia muito. Resolvi me juntar ao grupo e explorei ao máximo aquele corpão gostosudo da porra. Enquanto estava ali, senti uma mão quente pegando minha caceta dura, uma outra mão começou a deslizar pelo meu corpo e um outro cara se ajoelhou na minha frente e engoliu meu pau até o saco. O cara mamava muito gostoso e acariciava minhas bolas com uma mão muito macia e quente. De repente éramos o grandão e eu o centro das atenções num grupo de uns 19 caras pelados e de pau duro, se punhetando, mamando, ou fodendo.... Uma verdadeira putaria. Até que o grandão gozou, esporrou muito e ai foi uma sequencia de porra voando pra todo lado naquele dark. Foi muita mela mesmo já que eram muitos caras cheios de tesão.

Olhei pro meio das minhas pernas e vi que o cara que me mamava era um dentista de um consultário ao lado do prédio em que eu morava. Fiquei de pernas bambas, mas ele não me conhecia, eu sim porque o via sempre. Mas nunca nos falamos.

Passadas umas duas semanas do ocorrido na sauna, resolvi visitar o consultário do dentista para um orçamento básico (segundas intenções rsrsr). Liguei pedi para marcar o ultimo horário. Cheguei e, para minha surpresa, descobri que ele não tinha recepcionista. Faz tudo sozinho. Ele me colocou na cadeira e a deitou muito de modo que eu fiquei bem curvado, com a cabeça e as pernas para baixo (ele faz isso para deixar marcada a mala dos pacientes). Verificou tudo, deu umas roçadas sem querer- querendo, e eu dei corda. Dei umas pegadas e ajeitadas no pau e, com aquela situação comecei a ficar meio alegre.

Como não tinha nada a fazer, ele não teve desculpa para perder muito tempo comigo e levantou a cadeira para me explicar o orçamento. Foi até a mesa dele se sentou, eu fiquei em pé na frente dele com o pau meio bomba. Ele olhou, riu, olhou de novo, pôs a mão e disse: -“acho que preciso dar uma examinada aqui também, né?”. Baixei o zíper e deixei ele enfiar a mão macia dele. Meu pau já era um ferro rígido e a baba já saia da cabeça roxa e inchada. Ele começou a brincar com meu pau, abriu minhas calças que desceram pelas pernas e, então, abocanhou e mamou como se fosse a ultima pica do mundo. Levou-me pra trás de um biombo onde tinha uma sofazinho, abriu as calças, pegou numa gavetinha camisinha e um gel, lambuzou o rabo, rebolou e pediu: -“ me fode forte até as bolas”. Fui obediente. Meti sem dá, até bater o saco na bunda do cara, ele gemeu e quis escapar na hora que sentiu minha pica (tenho 19 x 8cm). Segurei forte na cintura dele, coloquei um pé no sofá e bombei forte. Ficamos ali bastante tempo. Fizemos frango, cavalgada, de quatro de novo, até que eu não aguentei mais e esporrei na barriga do cara litros de porra quente. Acabamos, nos limpamos, ele se vestiu e perguntou: -“ Como é que você faz uma coisa dessas? Você sabia que eu gosto da coisa? Você é meio doido, e se eu não fosse do tipo?” – então respondi: -“ eu sei que você gosta porque você já me mamou muito...”. e contei o evento. Ele ficou meio sem graça, mas agora não adiantava mais chorar né? rsrsrs.

Depois disso, ele me ligava toda semana e por uns 3 meses comi o cara toda sexta-feira no final do dia. As fodas mais legais foram na cadeira. Meio desconfortável, mas depois que a gente pega o jeito, é muito bom!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos gay com monstroscontos namorada pau enormeconto garoto esperimentei dar cusubindo na escada de saia para ajuda pintor pornocontos vi minha mulher me ligou me chamando de cornominha mulher me fez corno e viado ao mesmo tempo eu adoreiO amigo do meu namorado me comeuContos erotico de exibi a bunda muito grande de fio dentalContoerotico descabaçando meninas de seis a doze anosContos eroticos de safadas casadas q traicontos eróticos sobrinhavideo de namoradosendo cornocontos eroticos minha cona e cu gosta de piça ggrelatos eroticis minha esposa eu e nossa amiga Luporno contos eroticos comeu priminha inocente nas feriaschupando o padrastoso rendudo socando ni bundao enormeconto erotico sogra chata levou rolafisting enfia ate o cotovelo invercaominha filhinha me viu de pau duro contoscontos eróticos comendo a mulher do irmão na festa do final de anoainda havia dor mamilo grande e pontudo vídeo pornônegao marido de aluguel com casadas contoscasa dos contos incesto carlContos eróticos dei em nova iguaçuComtos casadas fodidas em cima da mesa por desconhecidosSou casada fodida contoconto erotico meu marido quis provocar o porteiroAmante de coxas grossa e bundao contosTennis zelenograd contocontos eroticos de humilhaçãocontos.eroticos.fui arrombada por um velho bem dotadoConto gay comendo a porquinha zoofiliameu amigo cumeu minha mae e minha irma.historias eroticasconto erótico os melhores contos pai fod a filha maeconto enfermaria cheiro sexo intensocontos eroticoscomendo.sograsDei meu cu para um amigo do meu maridocontos eroticoa arronbada pelo titiotravesti.coza.com os.dedos no seu curelato de gêmeos que acabou torando sua sograSou casada trai e dei ate o cu para o garoto da vizinhaContos eróticos de mamãe ensinada a filha ser putaganhei uma calcinha...contos eróticosconto erotico dei para o ex maridoviu de chotinho e ficou com tesao xvidioafeminando o corno contoconto erotico meu compadrer e minha esposacontos erótico fudi uma cabritinhacontoeroticossexoachei que era uma mulherao mas era um travecao que me enganou e socou no meu rabinhogarota pauzeraGostosa inpregada durmino so di caucinha i o patrao tentando comeladepilada pelo amigo contosconto comi minha aluna casadaconto muro eroticocontos porno de garotascontos o patrão me engravidouconto erotico meu marido bebeucontos servente de pedreiroMeu primo que chupa no meu pauConto porno apanhando de cintocontos eroticos a mulher do engenheiro e o servente virgemconto érotico noiva chora pau genroFiz troca troca com meu primo eu com 10 e meu primo mais velho contos erotioscontos eroticos / amigo de trabalho suruba analcu delicioaoConto erotico de sobrinho com tia alicecontos eróticos abusada peli médico dupla penetraçãocorno na minha propria casa contos eroticocontoseroticos minha entiadinha gemia baixinho aiiiiiiiiiiiiiiconto erotico estuprada no terreno baldiocolocando a prizilha na bucetacontos fodi com o meu sogro gstscontos erótico de gay a primeira vez que deu o cucoroa gorda velha umiha o marido fodendo com outrocontos de corno flagrei minha namoradaConto de uma bundinhaconto vilma bety decimo partedei para um cavalo contos eroticona moto contos eróticosdando a buceta na maquina e quase morrendocontos eróticos vc me acha bonitacontos eroticos prazer solitario homemConto papai mg fudeu de jeitocontos erotic quarto empregadaconto farmaceutico me comeu contos eróticos o menino e o negao velhoConto erotico minha mae coroa virou a minha cadelinha.comcontos eroticos pedindo pra ser cadelaquero ver pornô de menininha pequenininha da Angola Angolaeu sou casada eu trabalho como secretária numa empresa eu entrei na sala do meu patrão solteiro ele conversando comigo ele disse pra mim que ele tinha vontade de fuder minha buceta eu disse pra ele patrão vamos pro motel ele no seu carro ele me levou pro motel eu e ele dentro do quarto ele me deu um abraço ele me deu um beijo na minha boca eu tirei minha roupa eu deitei na cama ele chupou meu peito ele disse pra mim sua buceta raspadinha e linda ele começou a chupar minha buceta eu gozei na boca dele eu peguei no seu pau eu disse pra ele seu pau e maior e mais grosso que o pau do meu marido eu chupei seu pau ele começou a fuder minha buceta eu gemia no seu pau ele fundendo minha buceta eu gozei eu sentei em cima do pau dele eu comecei a rebolar no pau dele eu gozei ele começou a fuder minha buceta eu de frango assado eu gozei eu disse pra ele fode meu cu conto eróticoxxvidios defisieticonto sexo minha noiva virgem