Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRIANGULO FAMILIAR - FINAL

Eu Bruna(17) quero contar o final dessa experiência maravilhosa com minha mãe Helena(45) e irmão Gabriel(25), depois de termos ido dançar e num motel numa incrível noite de sexo em família.

Sabado de manhã, ainda garoava na cidade, fui a primeira a acordar, me desvencilhei dos braços de mamãe que dormiu agarradinha a mim (e Gabriel agarradinho á ela) e fui ao banheiro, tomei banho e quando voltei me deparei com uma cena muito linda. Gabriel deitado de barriga para cima e minha mãe de bruços, com a cabeça em seu ombro e formando um tipo de 4 com as pernas, com a perna direita esticada e a esquerda dobrada sobre as pernas do Gabriel, com sua vulva ainda inchada e peluda á mostra.

Não resisti e passei a acariciar aquela buceta ensopada e quente. Mamãe dormia pesado mas quendo dei por mim, Gabriel estama de olhos abertos observando minha travessura. Trocamos um sorriso e ele apontou para seu cacete adormecido, dizendo para eu coloca-lo na boca.

Obedeci, fui para o lado dele na cama. me ajoelhei e enquanto passeava com os dedos na xana de mamãe comecei a chupá-lo. Mamãe se mexeu e Gabriel aproveitou para mudá-la de posição, tirando-a de cima dela e colocando ao seu lado com a barriga para cima. Incrivel como ela não acordou mas o fato é que ela havia bebido um pouquinho a mais na boate e depois da noitada de transa, estava mesmo cansada, mas seu corpo ainda estava delicioso.

De repente Gabriel pede para que eu pare, se levanta e vai ao banheiro, pedindo que eu continue "brincando" com a mamãe mas tomando cuidado para não acordá-la.

E assim fiz, começei um banho de gato completo naquela morena de pele muito branca, muito peluda e com mamilos pretos, duros, deliciosos que eu comecei a chupar com mais força enquanto afundava meus dedos na buceta. Quando fui até sua boca e arrisquei um beijo ela correspondeu com sua lingua, estava acordada e passando a mão em minha buceta. Nos abraçamos e trocamos um beijo cheio de lingua e desejo, ela me agarrou com força e foi introduzindo o dedo em meu cu enquanto chupava meus peitos, quando eu ouuvi o Gabriel saindo do banheiro e disse a mamãe:-Xiiiii, ele vai ficar bravo que eu te acordei. No que ela de imediato reajiu:-Então faz e conta que eu ainda estou dormindo. E se colocou na posição oiriginal fingindo estar dormindo, sá prá ver o que Gabriel tinha em mente. Eu estava de 4, lambendo os lábios da xana de mamãe, Gabriel chegou por traz, me penetrou e começou a bombar num ritimo bem lento, fazendo minha xana se umidecer aos poucos e seu pau endurecer o suficiente. Comecei a tremer, mamãe se mecheu levemente virando de lado. Gabriel me puxou para o lado dela e começou a meter com mais força mandando eu lamber o cu dela, empurrei mamãe (que esboçava um pequeno sorriso no canto da boca) delicadamente para que ela ficasse de bruços, ela colaborou e já abriu um pouco mais as pernas deixando seu buraco traseiro á disposição. Abri bem sua bunda e comecei á cuspir e lamber em seu buraco preto e gozei, não consegui evitar um gritinho de prazer, mas mamãe se manteve firme no fingimento. Gabriel saiu de dentro de mim, trouxe seu pau á minha boca para que eu acabasse de molha-lo, e cuidadosamente foi montando em mamãe, enfiando seu cacete grosso naquele cuzão experiente. Mamãe se mecheu novamente, se colocando mais por baixo de Gabriel e sem abrir os olhos se erguendo, se apoiando em seus braços e falando baixinho:-Me agarra os peitos gatão, me fode com vontade. Gabriel percebendo a brincadeia não se fez de rogado, se lançou sobre seu corpo agarrando seus peios super duros, chupando seu pescoço e metendo em seu cu com uma vontade incrivel, urrando como um cavalo e sua fêmea.

-Bruna, ordenou mamãe-lambe as bolas e o cu do Gabriel, enfia um dedo no rabo dele, vai dar mais tesão.

E assim fui para a bunda do Gabriel e começei a lamber seu cu peludo chupar as bolas do se saco que balanava muito na trepara em mamãe, dei meu dedo indicador para ela chupar, ela o deixou ensopado de saliva e aos pouquinhos fui introduzindo no cu de meu irmão, que reajiu exatamente como mamãe esperava, seu pau ficou mais duro e ele passou a foder com mais força. -Tira, tira que eu vou gozar porra! Gabriel mandando livar seu buraco. Levantouu mamãe deixando-a de 4, agarrou nos seus cabelos e encheu seu cu de porra. Quando acabou, mamãe me chamou prá junto dela e juntas acabamos de chupar os restos do gozo do Gabriel.

Tomamos banho, café, nos vestimos, nos abraçamos como uma família e fomos para casa. Conversamos muito sobre o acontecido, que ficou como nosso segredo, e até hoje nunca mais se repetiu...até hoje! FIM.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto erotico da pequena carlacontos de cú de irmà da igrejavirando escrava submissa do traficante contoDei a buceta contoconto erotico gay dando pro pedreiro sarado de 29 anostodos foderam ela contosconto me vingando do namoradoIsac e Hugo- Casa Dos Contos Eróticos |zdorovsreda.ruconto enfiado tudo no rabinhoconto me comeram no trabalhopeguei a vizinha de surpresa de calcinha e sutiã contoscontos eróticos homem de 60conto peguei a coroa dona do cormeciocontos gays teen dando o raboconto erótico com professora de filosofiatransando com a interna contoscontos erotico com mim colega sem calcinhacontos eroticos minha prima esculturalconto erotico ficando com um doente mentalcontos eróticos de experiência bi de ninfetas Contos eroticosSexo com animaisshortinho apertado curto abraçadinhocontos porno gratis evangelicas submissas e chantageadascomi o marido da minha prima bebado contos eroticoschupei dei comi na saunacontos de sobrinhas sem calcinha na igreja sentada no colo do tioConto erotico dei meu cuzinho pela 1vezcontos eroticos homem casado dando ocuTo ferrada fiquei.arrombada contos eroticosvideo erotico"minha primeira vez com travesti"conto eróticos do sobrinho do meu maridopassinho de várias lésbicas se chupando uma volta sem pararconto de meu avô rasgou meu cumeu cachorro tarado.contos sexocontos de fetiches e taras de cheirar o cu rosado da mulherContos irma mais velhamamae e eu na praia de mudismo contoZofilia contos erótico qual a a sensação de sentir uma gozada de um cachorro grande no fundo do útero ? Contos afeminado c shortinho socadoTo ferrada fiquei.arrombada contos eroticosencoleirado contos sex gayele falou que ia me deixar se nao me entregasse virgindadecontos eroticos negao estuprou eu e meu maridomulher de peitao e bundao estrupado por velho conto eroticanovinha pede arrego da piroca do cunhado contos eróticoslesbica minha namorada tirou meu shortscontos eróticos dando o cuzinho no swingMãe ajuda tiho masturbatransando na infancia conto eroticopai minha vi de calcinha e contosComi minha amiga bebada contoscontoseroticosbrincadeirasliga contos de loirinhacontos eroticos de meninas que sua prima ensinou a ser putinha ainda bbmenina santinha contocontos veridicos de sexogorda acima de 100kg rebolando o bumbum bem gostosoEsposa sendo fudida na chacara contoporno gey contos eroticos ferias c coleguinhaesposa perdeu a aposta contosContos meu filho pauzudo me comeu dormindoconto erotico sofreu no anal com outrohttp://contos eroticos com mulheres menstruadasaguemtano. tudo cem chorarconto da safada deu o cuzinho na caronafui olhar a rola enorme do professor e virei viado no vestiario contosnudismo com meu irmaocontos de meninas que adoram ser estrupadas por todos dà casaconto erotico pai e filho novocontos eroticos na viagem comi sogra e mulher no carroconto erotico sou loira olhos azuis tranzei com um negão